Dufaylite lança substrato de polipropileno

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/12/2013

Ultra Board Polyprop, chapa de polipropileno da Dufaylite

Ultra Board Polyprop, chapa de polipropileno da Dufaylite

A Dufaylite, fabricante europeia de materiais reciclados, lançou no mercado internacional a Ultra Board Polyprop, chapa ondulada de polipropileno para instalações externas e displays de PDV. Segundo a empresa, a mídia é uma alternativa a substratos como MDF e PVC.

Termomoldada, a mídia tem durabilidade de três anos (aplicações outdoor) ou cinco anos (indoor). Está disponível em peças de 8kg, com 2,5m x 1,25m e 11,6mm de espessura.

Ashley Moscrop, diretora do grupo, disse: "As empresas compravam chapas onduladas por ser possível a reciclagem. Mas elas não eram adequadas para aplicações externas, pois eram compostas por papel. Agora, temos uma chapa ondulada de polipropileno, indicada para uso outdoor e impressão digital".

Fonte: Printweek



Hexis lança vinil adesivo HX190WG2

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2014

HX190WG2 é uma película cast

HX190WG2 é uma película cast

A Hexis, fabricante norte-americana de vinis adesivos, apresenta no mercado internacional o HX190WG2, filme cast indicado para envelopamento de carro, aplicações em curvas complexas e adesivação em aço, alumínio, PVC, entre outras superfícies.

De acordo com a empresa, a película tem formulação mais versátil e mais "tolerante" às imperfeições dos diferentes tipos de impressoras de grande formato.

A estrutura da película assegura que a tinta não cause prejuízos às propriedades adesivas do substrato, mantendo a integridade do material. Consequentemente, o filme é compatível com a maioria das impressoras solvente e látex disponíveis atualmente no mercado.

Além disso, o vinil contém um adesivo com microestruturas, o HEX’Press, que facilita o reposicionamento do vinil. A empresa também vende o PC190G2, filme usado para a laminação do HX190WG2.

Fonte: My Print Resource



Fotobras apresenta nova impressora solvente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2013

Impressora solvente pode ser financiada pelo BNDES

Impressora solvente pode ser financiada pelo BNDES

Durante a Fespa Brasil 2013, a Fotobras apresentou a CIRRUS, impressora digital solvente de 3,2m de largura de impressão, que emprega quatro cabeças Xaar Proton 382.

De acordo com a Fotobras, a impressora, que tem um ano de garantia, trabalha na resolução de 720dpi e velocidades de 27m²/h, 35m²/h e 45m²/h.

O equipamento suporta substratos como vinil, lona, perfurado, mesh, entre outros materiais flexíveis.

Segundo os representantes da máquina, ela tem baixo custo de impressão e, por ser fabricada no Brasil, pode ser financiada pelo BNDES.

Fonte: Fotobras