NoeCha apresenta nova impressora sublimática industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
NoeCha Roll2 Sublimation trabalha na velocidade linear de 850m/h

NoeCha Roll2 Sublimation trabalha na velocidade linear de 850m/h

A NoeCha, fabricante italiana de impressoras planas industriais, anunciou o NoeCha Roll2 Sublimation, equipamento que estampa papéis para transferência por sublimação.

Indicada para a indústria têxtil e de moda, particularmente para roupas esportivas, a máquina imprime em rolos de até 1,8m de largura a uma velocidade linear de até 850m/h. A máquina vem com um suporte modular que pode ser equipado com até cinco cabeças de impressão.

Recomendada para impressão industrial ininterrupta e produções de alto volume, a máquina faz parte da série de impressoras NoeCha Roll2, que também inclui a NoeCha Roll2 Textile, indicada para estamparia direta em diferentes tecidos.

Marco Baio, fundador e CEO da NoeCha, declarou: “Com o lançamento da série Roll, a NoeCha está ampliando e diversificando seu portfólio, o que nos coloca em um lugar importante no mercado de impressão de inkjet de ponta. Esse sistema pode ser empregado pelos segmentos de moda, decoração de interiores e aplicações de sinalização”.

Fonte: NoeCha



Smithers Pira publica estudo sobre o mercado global de sinalização impressa

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/05/2019
Em 2018, o mercado global de sinalização impressa foi avaliado em 43,34 bilhões de dólares

Em 2018, o mercado global de sinalização impressa foi avaliado em 43,34 bilhões de dólares

A Smithers Pira, consultoria internacional da área de impressão, publicou recentemente o estudo “The Future of Printed Signage in an Electronic World to 2024”, que apresenta dados atuais e projeta tendências para o mercado global de sinalização impressa. Entre as principais informações do relatório está a avaliação do mercado supracitado, que em 2018 atingiu a marca de 43,34 bilhões de dólares. Para 2019, há uma projeção de queda, para 43,30 bilhões de dólares. E para 2024, projeta-se um crescimento de 0,2% CAGR e o montante passará a ser de 43,73 bilhões de dólares.

O relatório também cobre uma série de tópicos importantes, como:

- Perspectivas econômicas mundiais: a demanda por sinalização impressa promocional será afetada pelo desempenho econômico global e local. Quando os consumidores se sentem mais confiantes, eles gastam mais em produtos e serviços, o que aumenta a demanda por sinalização. Além disso, à medida que as economias crescem, o investimento governamental e privado em infraestrutura também cresce, o que aumenta a demanda por sinalização ambiental.

- Sinalização em varejo: mudanças na estrutura e nas estratégias do setor de varejo terão um efeito direto sobre as demandas por sinalização impressa. Com o aumento da concorrência provocado pelas lojas on-line, as lojas físicas são forçadas a inovar e criar ambientes mais estimulantes ao consumo.

- Avanços tecnológicos: todos os aspectos das tecnologias de impressão digital, sobretudo a tecnologia inkjet, estão em contínua evolução, o que tem gerado economia de custos nas produções de sinalização.

- Plataformas web-to-print: estão mudando a maneira como as gráficas processam seus pedidos e permitem que os clientes façam pedidos por meio da internet, os quais fluem diretamente para a produção.

Fonte: Smithers Pira



Epson Brasil promove trade in de impressoras sublimáticas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2014

Clientes podem ter até 25% de desconto na compra de uma nova Epson F6070

Clientes podem ter até 25% de desconto na compra de uma nova Epson F6070

Até o dia 28 de fevereiro de 2014, a Epson Brasil está promovendo um trade in de impressoras sublimáticas. Podem participar da promoção os clientes que desejam trocar um modelo Stylus Pro 7700 ou um Stylus Pro 9700 (usado) por uma SureColor F6070 (nova). A troca garante o desconto de 25% na aquisição da máquina original.

A fabricante enfatiza que, para cada impressora usada, o desconto será aplicado na compra de somente um equipamento novo. Além disso, o cliente deve permitir que um Centro de Serviço Autorizado (CSA) da Epson remova determinadas peças da impressora cedida na troca. Esse procedimento serve para desativar a máquina. O descarte do restante do equipamento é de responsabilidade do cliente e só poderá ser realizado após a visita do técnico de um CSA Epson. A visita do profissional será agendada de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.

É também necessário informar, por meio do formulário de garantia personalizada, o número de série da impressora Epson que será desativada.

Fonte: Epson Brasil