Gênesis Tintas publica perfil técnico de impressora para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/11/2012

Conheça detalhes da Xerox 7142TEX, impressora para sublimação digital

Opção interessante para quem está pensando em ter uma impressora de sublimação, a Xerox 7142TEX ganhou um detalhado perfil técnico. Nele, há informações sobre a tecnologia de impressão e sistemas de alimentação (substratos e tintas), bem como indicações e procedimentos de instalação e assistência técnica.

A máquina, vendida pela Gênesis Tintas desde julho de 2012, é voltada tanto para iniciantes (em busca de empreender novos negócios) quanto para grandes serigrafias (que precisam complementar seus trabalhos).  A impressora vem equipada com cabeça Epson Micro PiezoTM do modelo DX5, que contém oito módulos (fileiras de nozzles), para o disparo das quatro tintas de processo (CMYK). Dentre as opções de resolução de imagem, estão: 360x360dpi, 360x720dpi e 540x720dpi.

Para rodar a impressora, a Gênesis recomenda o uso do software RIP Wasatch 7.0. Ele vem com ferramentas básicas para o trabalho de impressão digital de grande formato, além de possibilitar a calibração e a criação de perfis

Impressora vem equipada com cabeça Epson Micropiezo

Para que a impressora funcione como esperado, a fornecedora do equipamento envia ao comprador uma documentação, a qual contém todas as condições e procedimentos de instalação e funcionamento. Controle de temperatura, por exemplo, é um dos requisitos básicos listados na cartilha.

A instalação da máquina é fácil e pode ser feita pelo comprador. No entanto, a Gênesis oferece treinamentos a fim de garantir que o usuário tire o melhor proveito da impressora. A orientação é realizada em apenas um dia, e pode ocorrer tanto na empresa compradora do quanto na sede da fornecedora.

Fonte: Gênesis. Texto: InfoSign



HP lança no Brasil as impressoras HP PageWide XL

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/05/2017
Três modelos compõem o portfólio HP PageWide XL

Três modelos compõem o portfólio HP PageWide XL

A fabricante HP anunciou a disponibilidade da linha de impressoras HP PageWide XL no Brasil. Indicadas a copiadoras, birôs digitais, gráficas rápidas, fornecedores de serviços de impressão e departamentos centrais de cópias, as máquinas produzem aplicações convencionais em CAD, mapas de sistemas de informação geográfica (GIS) e aplicações de sinalização, como cartazes e peças de PDV. Os interessados poderão adquirir os seguintes modelos:

- HP PageWide XL 5000 (e sua versão multifuncional – MFP): indicada para a produção de médio volume de documentos técnicos em até 14 impressões de tamanho D/A1 por minuto. A máquina emprega dois cartuchos de tinta de 400 mililitros, sistema de troca automática e quatro rolos de mídia para agilizar o trabalho;

- HP PageWide XL 4500: permite que equipes de arquitetos e engenheiros imprimam até 12 impressões D/A1 por minuto;

- HP PageWide XL 4000: permite que equipes de trabalho técnico e copiadoras produzam 8 impressões de tamanho D/A1 por minuto.

Os equipamentos rodam com o software HP SmartStream, capaz de reduzir o tempo de preparação e processamento de trabalhos. O aplicativo também reduz as reimpressões com o gerenciamento de PDF alimentado pelo Adobe PDF Print Engine 3 e oferece pré-visualização de cores por meio da HP Crystal.

A HP também disponibiliza soluções de digitalização e acabamento, como os scanners HP Designjet HD e SD Pro e os novos acessórios HP PageWide XL, como a dobradeira em linha de alta capacidade, o empilhador superior e o empilhador de alta capacidade.

Fonte: HP Brasil



Envelopamento de carros: com ou sem emendas

Por Eduardo Yamashita em 20/11/2014

Envelopamentos de veículos sem emenda exigem planejamento e são desafiadores. Muitos instaladores de vinil não possuem habilidades para colocar isso em prática corretamente. Muitos prometem envelopamento sem emendas, mas não conseguem entregá-lo. E uma coisa é certa: com um envelopamento autêntico, é possível se diferenciar da concorrência. E, sim, os melhores instaladores conseguem realizar instalações com poucas emendas.

Planejamento

O sucesso do envelopamento está diretamente ligado ao planejamento e a mãos firmes. Quanto mais bem planejado, mais fácil será a aplicação. É uma medida que serve para qualquer trabalho. No entanto, evitar emendas exige mais cuidado.

No envelopamento sem emendas, há algumas complicações. Você tem de entender os baixos-relevos e como eles afetam a aplicação. Antes de começar o trabalho, saiba como abordar o consumo de vinil e as condutas com eles.

Pergunte-se: Antes de aplicar o vinil no veículo, terei a cobertura que preciso? Depois de considerar cuidadosamente a resposta, faça outra pergunta: O que é necessário fazer para preparar esta área do veículo de modo que pareça uma peça única?

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Combinação de cores

Por exemplo, se depois de aplicar um vinil vermelho e preto sobre um carro branco surgirem espaços brancos, vai parecer um trabalho desleixado. Para evitar isso, é preciso embutir componentes dentro de algumas das áreas de baixo-relevo (acabamentos) para que a cor original do carro não seja revelada. E não esqueça de considerar essas questões antes de projetar o envelopamento.

Pergunte-se: Os acabamentos (baixos-relevos) serão um problema? O que vou fazer com eles? Se essas áreas são pintadas de preto e a imagem é composta de preto e vermelho, então você não tem de se preocupar em combinar o gráfico.

Provavelmente, a melhor cor para trabalhar em cima em um veículo é a preta, porque ela "desaparece" e não chama atenção. Num mundo utópico, haveria apenas carros pretos, para facilitar o trabalho dos instaladores. E, nesse caso, o envelopamento sem emenda seria muito mais fácil, porque é possível transformar o preto em qualquer cor. Mas a realidade é diferente: há uma série de pinturas variadas.

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Envelopamento parcial

Em alguns casos, a cor é tão diferente que, dependendo do projeto, deve-se usá-la em conjunto com o projeto e fazer um envelopamento parcial.

Envelopamento parcial pode ser a melhor solução em muitos casos, porque é possível que o instalador não possua as habilidades necessárias para obter uma cobertura completa e executar o trabalho corretamente.

Se você não tem as habilidades para fazer um envelopamento sem emendas, não hesite em realizar o parcial. Por exemplo, é muito mais fácil aplicar imagens de chamas nas laterais do veículo do que envolver todo o veículo.

Quando você não pode fazer um envelopamento total, às vezes, envelopamentos parciais funcionam bem.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual