Xaar anuncia tecnologias inkjet para impressão de rótulos e papéis-cartão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
High Laydown e Xaar 2001+ foram desenvolvidas para o mercado de rótulos e embalagens

High Laydown e Xaar 2001+ foram desenvolvidas para o mercado de rótulos e embalagens

A desenvolvedora Xaar anunciou a High Laydown (HL), tecnologia de impressão de verniz UV, para a criação de efeitos texturizados em rótulos, papéis-cartão e outras embalagens. Também chamados de táteis ou dimensionais, os efeitos destinam-se a melhorar e destacar o produto impresso.

Desenvolvida para ser incorporada às cabeças Xaar 1003 e Xaar 2001+, a HL aplica uma camada de verniz de 80 micra (na velocidade de 25m/min) ou de 50 micra (a 50m/min), em uma única passada. Ela também pode criar efeitos de informação táctil, como os triângulos de aviso exigidos em produtos perigosos, sem a necessidade de um processo adicional de produção. Segundo a Xaar, a HL é uma alternativa às tecnologias serigráficas usadas para imprimir tiragens pequenas e médias de rótulos texturizados. O uso da impressão digital evita a necessidade de matrizes, que podem ser demoradas e dispendiosas.

A textura confere um efeito que transforma rótulos e cartonados em embalagens de maior valor. A consultoria internacional InfoTrends realizou um estudo (CMYK: The Use of Special Effects in Digital Printing) que revela que os compradores de impressões estão dispostos a pagar até 89% a mais por efeitos texturizados, em comparação com um trabalho que emprega apenas CMYK.

Além disso, a empresa anunciou a extensão da linha de cabeças Xaar 2001+, que pasou a incluir uma tecnologia para aplicações UV em etiquetas e cartões. Uma impressora UV com cabeças Xaar 2001+ pode trabalhar na resolução de 720dpi e velocidade de até 60m/min, e dispara gotas com volumes variáveis, de 6, 12 e 18 picolitros.

Fonte: Xaar



Sihl apresenta nova coleção de papéis fotográficos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/02/2016
Mídias podem ser usadas para reprodução de imagens fotográficas e fine arts

Mídias podem ser usadas para reprodução de imagens fotográficas e fine arts

A Sihl, fabricante de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional o lançamento da Masterclass, coleção de papéis profissionais fotográficos para reproduções artísticas em impressoras inkjet de grande formato.

Vendida em bobinas com largura de 24 ou 44 polegadas, a Masterclass é composta por oito tipos de papéis:

- Metallic Pearl High Gloss: para reprodução de cores brilhantes e detalhes nítidos;

- Lustre Photo: apresenta acabamento brilhante e é indicado para reproduções de imagens de alta resolução e densidade de cor;

- Lustre Photo Paper Duo: pode receber impressão em ambos os lados e é indicado para criar álbuns de fotografias e apresentações;

- Satin Baryta: reproduz as qualidades dos clássicos papéis fotográficos e apresenta profundidade e luminescência;

- High Gloss: apresenta acabamento de brilho extremo e pode receber altas cargas de tinta;

- Smooth Matte Cotton: com acabamento suave, é composto por pigmentos superfinos, para permitir gradações de cores suaves;

- Textured Matte Cotton: com acabamento texturizado e pigmentos superfinos;

- Matt Photo Canvas: com acabamento suave e brilhante, trata-se de um canvas para reproduzir imagens com tons de pele uniformes. Tem grande resistência quando esticado.

Fonte: Sihl



Pacote de softwares Roland PrintStudio é lançado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/04/2017
Suite é indicada para rasterização e gerenciamento de cores em grandes formatos

Suite é indicada para rasterização e gerenciamento de cores em grandes formatos

A Roland DG, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento do Roland PrintStudio (RPS), pacote de softwares RIP e de gerenciamento de cores desenvolvido pela Caldera, para otimização de processos de impressão de grande formato.

Segundo a empresa, os aplicativos oferecem recursos avançados para a geração de cores especiais, com suporte a amostras RAL, HKS e Pantone e a bibliotecas de cores Roland Color & Metallic.

Os usuários também podem criar templates de saída personalizados que lhes permitam produzir materiais para atender às diversas necessidades de seus clientes.

Capaz de criar perfis ICC e dar suporte a espectrofotômetros, o RPS também oferece ferramentas de aproveitamento de mídia (para diminuir desperdícios) e de criação de sangrias, que elimina linhas brancas nas arestas de corte.

Para auxiliar no acabamento, o aplicativo disponibiliza ferramentas para adicionar marcas de ilhós e executar a panelização automaticamente.

O Roland PrintStudio pode ser encomendado através da rede de distribuidores autorizados da Roland DG.

Fonte: Roland