Transfer em camiseta: como aplicá-lo com filme PU (impressão digital)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2013

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Você tem uma impressora solvente (grande formato) e uma plotter de recorte? Ou mesmo um equipamento com as duas tecnologias conjugadas? Uma boa pedida para ambos os casos é o transfer, em camiseta, realizado com filme de PU. Para trabalhar com ele, não tem muitos segredos.

Confira, na galeria a seguir, como fazer a transferência com filme de PU (indicado para tecidos sintéticos). O material utilizado para o procedimento foi o PUFilm, da Imprimax, que é indicado para aplicações de curto ou médio prazo. O frontal, que tem aparência fosca e sem textura, é de PU branco (com 120 micra de espessura). Já o liner (papel protetor) é de poliéster (com 75 micra).

Fonte: Imprimax. Edição: InfoSign



Esko anuncia nova série de ferramentas para corte e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/05/2015

Ferramentas foram desenvolvidas para equipamentos Kongsberg

Ferramentas foram desenvolvidas para equipamentos Kongsberg

A Esko, fabricante de máquinas para corte e acabamento, anunciou no mercado internacional o lançamento de três ferramentas para as mesas de corte Kongsberg. As novidades (listadas abaixo) serão apresentadas na Fespa 2015, feira que ocorre de 18 a 22 de maio, na Alemanha.

- Faca Psaligraphy: corta detalhes finos em papel e cartolina dobrável. Indicada para produção de cartões, itens promocionais e amostras em cartão dobrável.

- Roda de perfuração de 60mm: cria perfurações auxiliares de abertura e vinco em cartão corrugado de até 4mm de espessura. É indicada para a produção de PDV e embalagens.

- Ferramenta Braille: carregada com "esferas Braille"’ de acrílico transparente. Funciona na maioria dos materiais rígidos com mais de 1mm de espessura e é usada para produzir sinalizações.

As três ferramentas estão disponíveis para equipamentos Kongsberg das séries XN, V e XL. Atualmente, a Esko oferece mais de 100 lâminas, para cortar plásticos, vinil adesivo, papelão corrugado e cartão dobrável, vidro, madeira, alumínio e tecido, o que abre novos mercados e novas aplicações para os usuários da tecnologia.

Fonte: Esko



Caldera desenvolve RIP para estamparia têxtil digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/12/2015
TextilePro tem ferramentas específicas para impressão têxtil industrial

TextilePro tem ferramentas específicas para impressão têxtil industrial

A Caldera, desenvolvedora de softwares, apresentou o TextilePro, RIP voltado para indústrias de estamparia digital têxtil. Segundo a empresa, o software possui interface com ferramentas de ajuste de cores e desenhos, criação de configurações de tintas, cálculos de gasto de tinta, entre outras funções para garantir a reprodução de imagens em diversos tecidos. O aplicativo também ajuda a simplificar o processo e eliminar erros comuns, algo crucial para manter as margens na produção de grandes volumes.

Os designers podem utilizar um plug-in específico no Photoshop para colorir padrões e trocar amostras, mantendo todas as cores em RGB, para garantir a fidelidade tonal. Outro diferencial é o módulo Tex&Repeat, com o qual é possível criar padrões alinhados e repetidos.

Ao criar aplicações não retangulares, o TextilePro calcula a sangria total da superfície da mídia, garantindo que bordas brancas sejam evitadas. Os usuários também podem utilizar métodos de geração de pretos para obter texturas que se adaptem às imagens.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: “As parcerias com grandes fabricantes de impressoras e a nossa experiência em reprodução acurada de cores estão na base do desenvolvimento do TextilePro”.

Fonte: Caldera