Tendências da impressão digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/03/2019
Estudos internacionais apontam expansão do segmento

Estudos internacionais apontam expansão do segmento

A estamparia digital têxtil está em voga. Hoje, a maioria dos grandes fabricantes de impressoras de grande formato oferece um equipamento com o fim de estampar tecidos. Algumas marcas desenvolveram suas próprias tecnologias para o segmento. Outras marcas absorveram empresas de soluções têxteis.

Um estudo de 2018 da Fespa, federação internacional voltada para o mercado de impressão, revelou alguns dados sobre o segmento de estamparia têxtil digital:

- 56% das empresas de impressão em tecido investiram em tecnologia digital de grande formato. Outros 19% planejam fazê-lo nos próximos dois anos;

- Mais de 80% das impressoras têxteis estampam em roupas esportivas e tecidos para vestuário;

- Velocidades de produção mais rápidas impulsionam o investimento das empresas de impressão têxtil;

- 9% dos produtores gráficos procuram impressão têxtil na hora de investir em novas tecnologias.

Atualmente, o mercado têxtil tem sido impulsionado pela personalização e pela demanda por produções rápidas. Para tanto, a digital está se tornando uma boa opção tecnológica, sobretudo para a produção de pequenos lotes e amostras.

No mercado internacional, até 2017, as impressoras de 3,2m eram as maiores no segmento. Porém, a partir de 2018, os equipamentos com 5m passaram a ser tendência, e muitas empresas começaram a fabricar máquinas com essa dimensão, principalmente porque está mais fácil encontrar tecidos, papéis transfer e matérias com 5m de largura.

De acordo com a WTiN (World Textile Information Network), a taxa de crescimento anual composta (CAGR) dessa indústria global está projetada para ser de 20% durante o período entre 2017 e 2021. Portanto, podemos dizer com segurança que a impressão digital têxtil está se consolidando e continuará a crescer nos próximos anos.

Fonte: Flaar Reports



Curitiba recebeu especialistas do Fespa Brasil Fórum

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
Próximas etapas do fórum serão realizadas em Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Próximas etapas do fórum serão realizadas em Belo Horizonte e Rio de Janeiro

No dia 26 de outubro, o auditório do Sigep, em Curitiba, foi sede da primeira etapa do Fespa Brasil Fórum 2016, iniciativa gratuita que visa compartilhar informações com os profissionais do mercado de impressão digital e comunicação visual.

A primeira palestra do evento foi ministrada pelo diretor da Fespa no Brasil e da APS Feiras, Alexandre Keese. O especialista apresentou o portfólio de iniciativas da empresa, como a ExpoPrint Latin America e a Fespa Brasil/ExpoPrint Digital, feira que será realizada entre os dias 15 e 18 de março de 2017. Alexandre apresentou também uma pesquisa feita pela Fespa e ressaltou que há um otimismo dos empresários no mercado global de impressão.

Luciana Andrade, especialista em comunicação visual, também palestrou na etapa de Curitiba do Fespa Brasil Fórum. Ela destacou que a melhor forma para atingir novos mercados é a mudança do pensamento das empresas.

Os participantes do Fórum ficaram satisfeitos com o conteúdo apresentado, como destacou Lucilla Bark, do marketing da VinilSul: “A troca de conhecimento foi enriquecedora. Os dados e números sempre auxiliam nas tomadas de decisões. Os profissionais presentes puderam acompanhar dados e refletir sobre o atual mercado de impressão digital”.

O evento contou também com a apresentação de especialistas de empresas que patrocinaram a iniciativa. Marcelo Dutra (Mimaki), Tiago Barbosa (Roland) e Bruno Ayala (Caldera) destacaram tecnologias de impressão digital para comunicação visual e estamparia têxtil.

O fórum se repetirá em Belo Horizonte (no dia 9 de novembro, no Senai Cecoteg, rua Santo Agostinho, 1717 - Horto Florestal) e no Rio de Janeiro (no dia 22 de novembro, no Senai Maracanã, rua São Francisco Xavier, 417 - Maracanã).

Para se inscrever no fórum grátis, basta entrar no site e preencher os formulários.

Fonte: Fespa Brasil



Versão 12 do software Onyx é lançada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/08/2015
Onyx 12 apresenta novas ferramentas e interface simplificada

Onyx 12 apresenta novas ferramentas e interface simplificada

A Onyx, desenvolvedora de aplicativos, anunciou a versão 12 do software homônimo. Baseado no RIP Onyx 11 e no fluxo de trabalho Onyx Thrive, o Onyx 12 oferece maior velocidade de produção, interface simplificada e ferramentas avançadas de acabamento.

A versão 12 do software poderá ser adquirida a partir de 31 de agosto de 2015. Para obter uma licença ou atualizá-la por meio do programa de manutenção de softwares da Onyx, os clientes devem entrar em contato com revendedoras autorizadas.

De acordo com a desenvolvedora, o Onyx 12 otimiza o uso de memória e hardware ao rodar na versão mais recente do Windows. Além disso, utiliza plataforma de 64 bits (no RIP e nos módulos) para melhorar o processamento, oferecendo maior velocidade e capacidade de resposta.

Produção simplificada

A interface redesenhada do Onyx 12 exibe listas interativas que permitem aos operadores encontrar trabalhos, visualizar informações de impressoras e fazer edições rápidas. Informações sobre os trabalhos podem ser personalizadas para atender as necessidades de cada operação.

Por meio de prévias de trabalho, os usuários podem ver exatamente onde marcas, sangrias, cores especiais e espelhamentos serão colocados. Esse recurso intuitivo economiza tempo e reduz o desperdício, eliminando reimpressões.

O Onyx 12 também permite que modelos de produção simplifiquem tarefas rotineiras. Com o “Quick Sets”, os operadores podem mudar as configurações de um trabalho existente sem a necessidade de reabri-lo.

Ferramentas avançadas

Com o Onyx 12, é possível adicionar bordas para impressão em lonas, guarnições para banners ou extensões para pop-ups sem a necessidade de redesenhar a arte original. Os usuários podem combinar sangrias com a função “Automatic Cut Path Generation” para eliminar espaço em branco em trabalhos de impressão e corte.

A função de controle para posicionamento de imagens permite realizar o acabamento total de rolos em equipamentos de corte da Fotoba e da Zünd. Trata-se de um recurso que elimina o posicionamento manual e reduz desperdício de tempo e material.

Saiba mais sobre o Onyx 12:

Fonte: Onyx