MTEX lança três equipamentos de impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2017
Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

A fabricante MTEX anunciou três novas máquinas para impressão direta em tecidos. Indicados para produção de grandes tiragens, os equipamentos são capazes de trabalhar na resolução de 1.440dpi e disparar gotas com 3 a 24 picolitros.

Segundo a empresa, as impressoras são modulares e podem ser configuradas para atender às necessidades de negócios. Por exemplo, novas cabeças podem ser adicionadas para aumentar a capacidade produtiva das máquinas, que são:

MTEX Dragon: com 1,9m de largura, vem com oito cabeças, para trabalhar com 4 ou 8 cores. Indicada para sinalização e decoração interna, a máquina pode imprimir na velocidade de 137m2/h, em 720dpi;

MTEX Scorpion: com 1,9m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Com 16 ou 32 cabeças, a máquina é indicada para o mercado de moda, por empregar tintas ácidas, pigmentadas e reativas. Trabalha na velocidade de 550m2/h;

MTEX Eagle: com 3,2m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Capaz de produzir a 543m2/h, é indicada para empresas de sinalização e decoração que empregam tinta dispersa ou pigmentada.

Eloi Ferriera, CEO da MTEX, declarou: “Investimos milhões nas instalações de P&D, de modo que agora fabricamos tudo internamente. Investimos em corte de aço, usinagem de aço, router CNC, pintura robótica, controle de produção, controle de qualidade, montagem de hardware, testes de equipamentos e muito mais. Agora, temos total controle sobre planejamento, produção, fabricação e teste, permitindo o desenvolvimento de produtos de ponta”.

Fonte: Fespa



Feira Serigrafia Sign terá circuito completo de estamparia têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/05/2018
Circuito de Impressão Digital Têxtil contará com todas as etapas para produção, do planejamento ao produto final

Circuito de Impressão Digital Têxtil contará com todas as etapas para produção, do planejamento ao produto final

A organização da feira Serigrafia Sign anunciou a segunda edição do Circuito de Impressão Digital Têxtil, cujo objetivo é apresentar, na teoria e na prática, os sete pilares do processo fabril digital têxtil: pesquisa e mercado, tendência e foco da empresa, criação de produto e imagem, teste, pré-tratamento, impressão e pós-tratamento. Cada área será apresentada por um especialista do mercado.

O Circuito, que conta com 220m², funcionará com visitas guiadas a cada uma hora, durante os quatro dias da feira. Os visitantes deverão se inscrever no local.

Para que os empreendedores possam ter uma ideia de como é a implantação de uma área digital têxtil, ao final do Circuito será apresentada uma mesa digital touch com a qual será possível construir o layout de uma empresa real, conforme espaços pré-determinados, com cálculos de custos e condições aproximadas. A experiência é ideal para aqueles que pensam em ampliar seus negócios.

Pedro Dupláa, do Circuito de Impressão Digital Têxtil, declarou: “Depois de conhecer o dia a dia de uma produção digital têxtil, os visitantes poderão conversar com os consultores para sanar suas dúvidas. Além disso, a troca de informações proporcionada pelos especialistas de mercado é enriquecedora”.

Direcionada aos profissionais da impressão digital, serigrafia, sublimação, envelopamento, estamparias, produtos promocionais, sinalização, além de agências de publicidade, gráficas, birôs de impressão, revenda e distribuição a Serigrafia Sign ocorre entre os dias 25 e 28 de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Fonte: Serigrafia Sign



Agfa lança duas impressoras de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/04/2015

Jeti Tauro imprime substratos com até 2,5m de largura

Jeti Tauro imprime substratos com até 2,5m de largura

A Agfa, fornecedora de equipamentos gráficos, anunciou a Jeti Tauro e a Jeti Mira, impressoras UV para produção de peças para sinalização e ponto de venda.

Plana, a Jeti Mira tem construção robusta e está disponível em duas versões (2,7m x 1,6m ou 2,7m x 3,2m). A mesa apresenta seis zonas de vácuo com controle automático e independente. O modo "Imprima e Prepare" permite impressão sem paradas. Com isso, os operadores podem carregar um lado da mesa enquanto o outro imprime.

A Jeti Tauro apresenta sistema híbrido e oferece opções para automação parcial ou total de alimentação de mídias. Imprime materiais rígidos e flexíveis em bobinas de até 2,5m de largura e pode ser totalmente operada por meio do software de fluxo de trabalho Asanti.

O Asanti está atualmente na versão 2.0. Trata-se de um software que controla todo o processo, da pré-impressão ao acabamento. É capaz de simplificar, otimizar e automatizar a produção.

Jeti Mira apresenta seis zonas de vácuo para fixação de mídias

Jeti Mira apresenta seis zonas de vácuo para fixação de mídias

A versão 2.0 do Asanti apresenta novas opções para impressão de branco em substratos transparentes. A integração completa do Asanti para manipular arquivos, gerenciar cores e preflighting reduz o risco de erro e torna o sistema mais produtivo. O Asanti integra-se ao Asanti StoreFront, solução web-to-print que gerencia lojas online e processa pedidos de impressão automaticamente.

Paulo Amaral, diretor comercial da Agfa Graphics do Brasil, declarou: "Com a inclusão de mais duas impressoras em nossa linha Jeti e as atualizações do software Asanti, aumentamos o grau de automação e flexibilidade do processo de impressão, fundamentais para quem busca soluções realmente eficientes. O cliente Agfa tem a garantia de uma impressão eficaz graças à integração completa entre nossas soluções".

Fonte: Agfa