Metalnox lança prensas térmicas na Fespa Brasil 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/04/2016
Metalnox apresentará novas soluções para impressão sublimática

Metalnox apresentará novas soluções para impressão sublimática

A Metalnox, fabricante nacional de equipamentos para estamparia têxtil, lançou na Fespa Brasil 2016, feira que ocorreu entre os dias 6 e 9 de abril, a PTS 12000 Smart e a PTI 350, prensas usadas para transferência térmica.

A PTS 12000 Smart é um modelo semiautomático com sobreposição de bandejas de 70cm x 110cm, no qual é possível obter uma redução de layout de até 30%, além de otimizar mão de obra. O equipamento conta com CLP digital e três pontos de temperatura, para garantir uniformidade em toda área da forma térmica.

Para o visitante que procura produtividade e menor custo de investimento, a Metalnox lançará a PTI 350, prensa térmica manual com duas bandejas de 35cm x 45cm; enquanto uma bandeja prensa a estampa, a outra pode ser abastecida pelo operador.

Todos equipamentos Metalnox possuem CLP digitais (que realizam aferição de tempo e temperatura) e forma térmica com resistências fundidas em alumínio com dupla camada de teflonização.

A Metalnox também exibiu na Fespa Brasil 2016 o ePrint, equipamento de impressão digital para sublimação que pode estampar em tamanhos e velocidades variáveis. Caroline Odorizzi, gerente de marketing da Metalnox, declarou: “A ePrint oferece às indústrias têxteis uma das melhores qualidades de impressão digital sublimática. Além de ser um equipamento que contém as melhores tecnologias de cabeça de impressões e software, ela tem fabricação 100% nacional, possibilitando financiamento através de BNDES, Finame, leasing, entre outras modalidades”.

Há pouco mais de três anos, a Metalnox passou a vender impressoras digitais e oferecer soluções completas para as indústrias têxteis.

Fonte: Fespa Brasil



Durst apresenta nova série de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/11/2015
Anúncio foi realizado na feira ITMA 2015

Anúncio foi realizado na feira ITMA 2015

A Durst, fabricante de equipamentos, anunciou o lançamento da série Alpha, composta por impressoras digitais para estamparia têxtil. Fazem parte da linha máquinas com larguras de 1,9m a 3,3m, as quais podem ser configuradas com até 8 cores e 64 cabeças de resolução nativa de 600dpi. Além disso, as máquinas podem trabalhar na velocidade de até 460 metros lineares por hora.

O modelo Alpha 330 é indicado para impressão de tecidos para decoração e sinalização. Já a Alpha 180 TR, que emprega tinta sublimática, é recomendada para estampar tecidos confeccionados com misturas de poliéster.

As impressoras também contam com tecnologia de circulação de tinta, para garantir estabilidade e segurança no fluxo do processo. O sistema de emergência evita contratempos, pois, caso uma cabeça de impressão falhe, automaticamente o modo de emergência é acionado, para que o processo não seja prejudicado. Se necessário, as cabeças podem ser fácil e rapidamente substituídas pelos usuários.

A série Durst Alpha conta ainda com sistema inteligente de alimentação de mídia que permite ao equipamento se adaptar automaticamente a diferentes tipos de tecidos. Um sistema integrado de spray realiza pré-tratamento no material antes da impressão.

O usuário pode optar por empregar a tinta Alpha Ink P, que não exige pré nem pós-tratamento quando usada em algodão e poliéster.

Com as impressoras da série Durst Alpha, é disponibilizado o sistema de gerenciamento de produção Durst Textile Workflow System, que simplifica o processo de gerenciamento e uso de cores.

Martin Winkler, gerente para o segmento de impressão têxtil da Durst, declarou: “A família Alpha combina tecnologia de impressão, sistema de cabeças, tinta e fabricação, bem como tratamento de pré e pós-impressão gerenciável. Além disso, a nova tinta pigmentada oferece uma solução para diferentes padrões de mídia, aumentando a flexibilidade e a eficiência na produção”.

Fonte: Durst



Konica Minolta lança equipamento para impressão têxtil industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2014

Nassenger Pro 1000 pode imprimir a mil metros quadrados por hora

Nassenger PRO 1000 pode imprimir a mil metros quadrados por hora

A Konica Minolta, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento internacional do Nassenger PRO 1000, equipamento de alta produtividade indicado para indústrias de estamparia têxtil.

Segundo a empresa, a máquina emprega cabeças capazes de imprimir na velocidade máxima de 1.000m2/h (na resolução de 540 x 360dpi). As peças exclusivas e desenvolvidas pela própria Konica Minolta apresentam um total de 1.024 nozzles, cada um com densidade de 360npi.

Manutenção

Para a limpeza e manutenção das cabeças, o equipamento serve-se de dispositivo que verifica e limpa regularmente os nozzles, o que permite uma produção ininterrupta e automatizada. Além disso, o equipamento tem função que possibilita a realização remota de procedimentos de limpeza.

Sistema de alimentação de substratos

A impressora possui função que detecta  automaticamente amassos e vincos nos tecidos e apresenta cabeças com design de superfície côncava. Ambas as ferramentas foram desenvolvidas para prevenir a colisão entre o substrato e o sistema de impressão, evitando falhas e interrupções durante a produção.

Cores e tintas

A máquina emprega nove cores de tinta, paleta que serve para aumentar a capacidade de reprodução tonal do equipamento. Os insumos empregados são à base de corantes dispersos, reativos ou ácidos. Segundo a empresa, essas tintas passaram por testes e demonstraram ser seguras para o corpo humano, além de terem resistência a lavagem e abrasão. A fim de melhorar o desempenho produtivo, a máquina possui dois tanques de tinta de 20 litros para cada cor.

Fazem parte da linha de impressoras têxteis da Konica Minolta outros equipamentos como o Nassenger PRO 60 (para pequenas tiragens) e o Nassenger PRO 120 (de médio porte).

Fonte: Konica Minolta