Epson lança no Brasil impressora de camisetas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/05/2014

Epson SureColor F2000 faz impressão direta em camisetas

Epson SureColor F2000 faz impressão direta em camisetas

A Epson, fabricante de equipamentos digitais, anuncia o lançamento nacional da SureColor F2000, máquina que imprime diretamente sobre tecidos e peças de vestuários de algodão.

       Leia também:

Ideal para a impressão de camisetas, a impressora estampa uma peça em 27 segundos e conta com a tecnologia PrecisionCore.

Segundo a empresa, a impressora tem baixo consumo de tinta e garante rápido retorno do investimento, sendo uma ótima opção para quem quer iniciar um negócio ou incrementar opções de impressão.

A Epson Brasil também apresentou recentemente a calculadora sublimática, um aplicativo que simula o custo de impressão por metro quadrado das impressoras SureColor Série-F. A calculadora compara o custo e a economia que se pode obter frente a diferentes soluções do mercado.

O interessado em adquirir a impressora SureColor F2000 pode obter mais informações técnicas e comerciais através do site da Epson.

Fonte: Epson Brasil



d.gen lança equipamento para estamparia têxtil digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/01/2016
Teleios Grande G5 possui largura de 3,3m e imprime diretamente em tecidos

Teleios Grande G5 possui largura de 3,3m e imprime diretamente em tecidos

A d.gen, fabricante coreana de eletrônicos, anunciou a Teleios Grande G5, impressora têxtil com 3,3m de largura e conjunto de oito cores (CMYK, Lc, Lm, laranja e azul). O equipamento emprega tintas pigmentadas e cabeças industriais Ricoh Gen5, para trabalhar na velocidade máxima de 185m2/h.

Além da Teleios Grande G5, a d.gen anunciou os modelos da linha Artrix G5, composta por equipamentos que utilizam cinta no sistema de alimentação de substratos. A empresa recomenda que as impressoras da série trabalhem em conjunto com o CaP, sistema multifuncional de pré-tratamento e fixação fabricado pela Cibitex, empresa italiana especializada em fornecer máquinas para a indústria têxtil.

Disponível em larguras entre 2m e 3,5m, o CaP emprega uma unidade de imersão e um módulo de compressão, além de dispositivos de pré-secagem e fixação final com dois cilindros aquecidos. Por trabalhar em altas temperaturas, o equipamento é indicado para a fixação de tecidos impressos com pigmentos.

Além do CaP, a d.gen fornece vaporizadores, lavadoras e outros equipamentos da Cibitex.

Fonte: d.gen



Esko lança mesa de corte Kongsberg C66

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2017
Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

A Esko, fabricante de equipamentos para produção digital, anunciou a Kongsberg C66, mesa de corte e acabamento de mídias corrugadas para sinalização e embalagens.

Com área de trabalho de 3.210mm × 4.800mm, a máquina pode rodar na velocidade de 100m/min e, segundo a empresa, oferece desempenho até 40% maior que outros equipamentos similares com 3m de largura.

A Kongsberg C66 suporta a produções de múltiplas zonas, que asseguram o processamento ininterrupto dos materiais. Isso porque enquanto uma zona da mesa está em ação, o operador pode configurar a outra zona, limpando a peça acabada e carregando uma nova peça. Assim, a máquina pode trabalhar com mídias de 2,2m × 3,2m ou chapas de 2,5m × 4,8m.

O equipamento roda com o software i-cut Production Console (iPC), que controla as funcionalidades da máquina e inclui recursos como controle de câmera, configuração de produção e reconhecimento, calibração e ajustes de ferramentas. Projetado para orientar o operador, o aplicativo incorpora uma série de recursos lógicos e de fácil utilização, como a interface gráfica baseada em ícones. Combinado com o Device Manager, ele oferece o gerenciamento remoto de produção e fornece estimativas do tempo de corte com base nas características dos trabalhos.

A Esko também fornece uma grande variedade de ferramentas opcionais, que podem ser montadas rapidamente e preparadas para cortar e terminar um trabalho específico.

Tom Naess Esko, gerente de produto da Esko, declarou: “A Kongsberg C66 foi projetada para atender a demanda materiais rígidos de grande formato. Ela aumenta a produtividade e, quando combinada a recursos robóticos, garante produção ininterrupta, o que permite a realização rápida e eficiente de embalagens em tiragens mais curtas, sem comprometer a qualidade”.

Fonte: Esko