d.gen lança impressora têxtil Teleios Grande H12

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/07/2018
Novo modelo de impressora emprega tinta pigmenta ou dispersa

Novo modelo de impressora emprega tinta pigmenta ou dispersa

A d.gen, fabricante coreana de impressoras, anunciou no mercado internacional a expansão da série Teleios, composta por equipamentos de estamparia têxtil digital. A linha recebeu o acréscimo do modelo Grande H12, capaz de rodar com tinta dispersa e pigmentada, em velocidade de 228m2/h (no modo de 600dpi), 142m2/h (1.200 dpi) ou 97m2/h (1.800dpi).

Com largura de 3,2m, a impressora emprega seis cores e 12 cabeças que disparam gotas de 7 picolitros.

A tinta pigmentada imprime diretamente em tecidos de algodão e poliéster, além de ser capaz de evitar o entupimento das cabeças. O insumo também apresenta intensidade da cor, exigida pela exigente indústria têxtil.

Confira a Teleios Grande H12 em funcionamento:

Fonte: d.gen



Cientista europeu cria processo para recuperar cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2013

Um cientista europeu afirma ter descoberto um novo processo de recuperação para cabeças de impressão entupidas. Com a novidade, as peças que seriam descartadas, ganhariam uma nova chance.

"É certo que nós, na Europa, criamos o primeiro processo deste tipo. Desenvolvi um químico capaz de remover a tinta de forma a não causar degradações nas cabeças de impressão", revelou Phil Keenan, atual diretor da Camscience, e com passagens em empresas como a HP e a Xennia.

Com sua tecnologia atualmente utilizada por empresas como HP, Ricoh e outras que usam cabeças para disparo de tinta UV, Keenan pretende expandir os negócios, atingindo outras marcas como Mimaki e Roland. Segundo o cientista, a novidade é capaz de restaurar as peças a fim de fazê-las trabalharem como novas, evitando que sejam enviadas para aterros.

Keenan disse ao site britânico SignLink como funciona o químico: "Ele provoca uma separação entre a tinta UV curada e as superfícies da cabeça de impressão. Usando solventes leves e surfactantes, o químico quebra a tinta em partículas tão finas que são facilmente removidas", explicou.

É esperar para ver se o produto chega ao Brasil e, principalmente, se cumpre com o esperado.

reaproveitar cabeça de impressão

O cientista Phil Keenan afirma ter desenvolvido químico que reaproveita cabeças de impressão já gastas

Fonte: SignLink. Texto: InfoSign



Imprimax anuncia novo vinil branco Adesimax

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/03/2018
Nova mídia é indicada para impressão digital e comunicação visual

Nova mídia é indicada para impressão digital e comunicação visual

A Imprimax, fabricante brasileira de películas autoadesivas, anunciou o lançamento da Adesimax, mídia composta por frontal de PVC monomérico calandrado, cola permanente e liner siliconado de 140g/m2.

Com durabilidade esperada de até dois anos, o vinil é indicado para decoração de ambientes, comunicação visual, sinalização, recorte eletrônico e corte/vinco. Pode receber impressão digital (ecossolvente, solvente, UV ou látex), serigráfica (UV ou convencional), flexográfica UV e offset UV.

Por apresentar liner encapsulado, a mídia proporciona maior qualidade e estabilidade na impressão.

Com acabamento nas opções fosca e semibrilhante, a película é vendida em bobinas com 50m de comprimento e larguras de 1m, 1,07m (apenas a semilbrilhante), 1,24m ou 1,40m.

Fonte: Imprimax