Akad lança impressora 3D

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/06/2014

UP! Mini apresenta estrutura metálica e compacta

UP! Mini apresenta estrutura metálica e compacta

A Akad, fornecedora de equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento da UP! Mini, impressora 3D para confecção de protótipos, maquetes, brindes, peças técnicas, moldes, brinquedos e peças de eletrodomésticos.

Com a máquina, pode-se trabalhar com programas CAD 3D que exportem arquivos STL (SketchUp, SolidWorks, Inventor, Revit, Maya, Catia, Rhino, OpenSCAD e FreeCAD). É possível também reproduzir objetos escaneados em 3D.

Compacta, a máquina pesa 5kg e apresenta plataforma aquecida, conexão USB  e compatibilidade com sistemas operacionais Windows (XP, Vista, 7, 8, 8.1) e Mac OSX.

O equipamento imprime com camada de 0,2mm a 0,35mm e utiliza filamentos termoplásticos ABS ou PLA de várias cores e diâmetro de 1,75mm.

A UP! Mini emprega software Smart 3D Visual Print, que tem funções como redimensionamento e rotação. Além disso, a função Smart Support gera a construção automática de apoio para a peça, no mesmo material utilizado.

A impressora vem acompanhada de luvas, rolo de filamento ABS, espátula, alicate, manual do usuário e fonte elétrica com seleção automática de voltagem.

Fonte: Akad



Esko lançará mesas de corte na Fespa 2014

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2014

Mesa de corte Kongsberg C64 é uma das novidade da Esko

Esko apresentará na Europa novas mesas de corte da linha Kongsberg

A Esko, fabricante de equipamentos para comunicação visual, estará presente na Fespa 2014, que acontecerá de 20 a 23 de maio, em Munique (Alemanha). No estande da empresa, os visitantes poderão ver a nova linha de mesas de corte Kongsberg V-Series.

Indicada para empresas de sinalização, embalagem e comunicação visual, a nova série é composta por dois equipamentos de diferentes configurações técnicas.

Armand Gougay, vice-presidente da Esko Europa, declarou: "Na Ásia, onde testamos inicialmente as novas mesas, tivemos uma grande demanda pelos equipamentos. Agora, estamos ampliando nossa produção para disponibilizar esses novos modelos em todos os canais Esko".

Fonte: Large Format Review



Mimaki lança JFX500-2131, equipamento UV de impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/11/2012

Mais uma impressora UV de cura LED no mercado internacional, a Mimaki JFX-500-2131 conta com seis cabeças (de 1.280 nozzles), que disparam gotas de 4 picolitros, permitindo a produção de imagens mais suaves e tipos de até 2 pontos.

A impressora também possui o Intelligent Microstepping System (Sistema Inteligente de Micropassos), que permite maior exatidão no endereçamento dos pontos no impresso. Outra tecnologia incorporada na máquina é a Mimaki Advanced Pass System (Sistema Avançado de Passada da Mimaki), que promete reduzir bandings, por meio de passadas mais graduais.

Cura LED e tinta branca: diferenciais da nova  Mimaki

A nova máquina de impressão digital opera com as tintas LUS-150 e LH-100. A primeira foi desenvolvida para uma cura (por LEDs) mais rápida. Segundo a Mimaki, a LUS-150 também confere uma sensação táctil menos pegajosa e tem alta flexibilidade (para ser aplicada em substratos elásticos e muito flexíveis). Já a tinta LH-100 tem uma formulação que garante melhor desempenho em superfícies rígidas.

Outra agregada ao equipamento é a Mimaki Circulation Technology (Tecnologia de Circulação da Mimaki). Trata-se de um dispositivo que garante a circulação da tinta branca nos tanques do insumo. Ele evita a sedimentação do pigmento desse insumo. Além disso, a nova JFX vem com o Degassing Module (Módulo de Desgaseificação), responsável por eliminar gases e bolhas da tinta, reduzindo o entupimento das cabeças e aumentando a qualidade dos disparos das gotas.

O equipamento de impressão digital tem área de impressão de 2,1 x 3,1m. Vem como uma mesa equipada com pinos e uma escala, para o posicionamento alinhado dos substratos.

Segundo a empresa, a cura LED tem muitas vantagens (em relação às lâmpadas): maior durabilidade, economia de energia, menos calor gerado e a capacidade de usar substratos mais finos e sensíveis à alta temperatura.

Fonte: Mimaki Europa. Texto: InfoSign