Impressora digital (grande formato): dicas para escolher a ideal

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

Não, escolher uma impressora digital não é fácil. O empresário, além de correr inúmeros riscos ao investir num equipamento, depara com centenas de modelos, entre novos e usados, na hora de adquirir a máquina. O assédio dos fornecedores é grande. A concorrência é acirrada. Então, o que fazer para acertar — ou diminuir as incertezas — na hora de escolher a impressora? O InfoSign mostra algumas dicas rápidas, mas não rasteiras, principalmente para os empresários iniciantes.

Conheça a sua clientela

Comprar uma nova impressora para quê? Fazer e responder a essa questão é o primeiro passo. A sua empresa tem essa necessidade para atender quais clientes e demandas? Se você não souber, corra imediatamente atrás dessas informações. Quanto mais foco e clareza você tiver, melhor. Há muitas possibilidades de aplicações. E saiba que não existe uma impressora que dê conta de todas elas.

Qual é o tipo de serviço que o seu cliente demanda? PDV é opção

A verba que você dispõe para o investimento

Ok, você já conhece o seu foco. Por exemplo: estamparia e personalização de tecidos. Ao saber disso, você naturalmente vai restringir as suas possibilidades de investimento (o que aumenta as suas chances de acerto). Porém, há outras limitações, como o montante que a sua empresa dispõe para o investimento.

E mais: não pondere apenas o preço da máquina. O investimento vai além: há gastos com periféricos (no-break e computador, por exemplo) e instalação (aterramento, ar condicionado, sala de impressão, entre outros). Se você dispõe de 50 mil reais, por exemplo, gastará aproximadamente 20 mil reais para a correta acomodação do equipamento. O restante do valor fica para a impressora (esse é apenas um exemplo; há muitos outros).

Conheça as impressoras e as tecnologias agregadas

Aprenda o máximo possível sobre impressoras digitais e suas aplicações. Aos olhos do leigo, parece não haver muita diferença entre as tecnologias UV e látex. Mas quem as conhece a fundo sabe que ambas têm características bem particulares.

É fundamental dominar informações sobre dispositivos, auxiliares, periféricos, softwares, tipos de tintas, sistemas de alimentação de substratos, entre outros elementos essenciais de uma impressora. Saiba, também, que a tecnologia digital está em evolução constante e que as máquinas entram em rápida defasagem. Portanto, use mídias, como o InfoSign, para conhecer mais a tecnologia e se manter atualizado.

Conheça o mercado: fabricantes, distribuidores, concorrentes e parceiros

Procure empresas com as quais você possa fechar uma parceria. Tenha em vista que a compra de uma impressora não envolve apenas a negociação, mas também toda uma série de atividades pós-venda, como entrega, instalação, assistência técnica entre outros serviços.

Busque conhecer empresas que tenham credibilidade e solidez. Para tanto, consulte empresários que já adquiriram impressoras digitais. Colha informações. Não hesite em ir aos show rooms das fornecedoras. Converse com os vendedores e técnicos. Visite feiras de negócios e eventos nos quais você possa ter contato com profissionais da área, além de poder ver as impressoras em ação.

Feiras oferecem ótimas oportunidades para pesquisar e comprar impressoras



Aslan apresenta novo filme metálico para sinalização

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/09/2017
Rosegold é filme adesivo de poliéster indicado para decoração

Rosegold é filme adesivo de poliéster indicado para decoração

A Aslan, fabricante alemã de películas para comunicação visual, anunciou no mercado internacional que expandiu sua linha de filmes adesivos de poliéster com acabamento metálico, a MetalEffect. A série, além de mídias com efeito polido e escovado, ganhou a opção Rosegold.

Indicada para as indústrias de decoração, joias, eletrônicos, moda e design de interiores, a Rosegold pode ser integrada em projetos de janelas, merchandising visual e montagem de lojas. Por ser um filme altamente brilhante, pode servir para a criação de letras plotadas, logotipos e desenhos em superfícies lisas.

De acordo com a empresa, por ter efeito idêntico em ambos os lados, o filme é sobretudo indicado para aplicações em vidro, além de garantir uma durabilidade externa mínima de dois anos.

Vendido em rolos de 25m x 1,25m e 50µm de espessura, o filme pode ser aplicado facilmente.

Fonte: Aslan



Durst anuncia novidades para a Drupa 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/05/2016
Durst lançará linha de impressoras única passada para mídias corrugadas

Durst lançará linha de impressoras única passada para mídias corrugadas

A fabricante Durst anunciou, em coletiva internacional à imprensa especializada, novidades para a Drupa 2016. Entre os lançamentos exclusivos para o evento está a Rho 130 SPC, impressora única passada que pode produzir na velocidade de 9.350m2/h.

Indicada para empresas de embalagens e displays, a nova impressora pode produzir amostras, personalização e diferentes versões de um mesmo produto. Além disso, incorpora a Durst Water Technology, nova geração dos sistemas Durst que possibilita impressão em mídias preparadas para setores específico, como o alimentício.

Segundo a Durst, a Rho 130 SPC foi construída com base na linha de impressoras única passada Tau 330, que também estará entre os destaques na Drupa 2016. A empresa também anunciou para o evento o lançamento da Tau 330E, que incorpora tecnologia de tinta pigmentada para a produção de rótulos e etiquetas.

Outro equipamento que estará em exposição na feira será a Rho 1330, impressora UV plana indicada para trabalhos com diferentes tipos de mídias flexíveis e rígidas.

Chrisroph Gamper, CEO da Durst Phototechnik AG, declarou: “O tema digital estará no topo da agenda da Drupa 2016. A Rho 130 SPC e sua altíssima velocidade de produção impressionarão os visitantes do evento. Também iremos expor outros modelos de nosso variado portfólio, apresentando soluções para gerenciamento de fluxo de trabalho. Como especialistas na fabricação de soluções inkjet, abriremos um novo capítulo no processo de digitalização da impressão”.

Fonte: Durst Brasil