Summa lança mesas de corte com 3,2m de largura

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/12/2018
Modelos F3232 e F3220 são indicadas para cortar tecidos

Modelos F3232 e F3220 são indicadas para cortar tecidos

A Summa, fabricante de plotters de corte, anunciou no mercado internacional dois novos modelos de mesas de corte para acabamento. São os F3232 e F3220, com largura de 3,2m e base tecnológica da série Summa F.

Com previsão de começar a serem comercializadas entre fevereiro e abril de 2019, as máquinas são indicadas para birôs que estampam materiais de tecidos de grandes formatos.

Geert Pierloot, gerente de marketing de produto da Summa, declarou: “Além do recém-lançado Módulo Rotativo de Alto Torque (HT RM), o F3232 e o F3220 atendem ao mercado têxtil no processamento de todos os tipos de tecidos, para aplicações como bandeiras e banners”.

Segundo a fabricante, as máquinas também são indicadas para cortar mídias rígidas no formato de 3m x 2m. Além disso, o F3232, com área de trabalho de 3,2m x 3,2m, oferece o modo “Tandem”, que aumenta a produtividade do fluxo de trabalho por trabalhar com zonas frontais e zonas traseiras alternadamente. O modo tandem processa placas de 1,5m x 3m.

As ferramentas da série Summa F são projetadas para oferecer alta versatilidade no processamento de diversos tipos de materiais.

Fonte: Summa



Imprimax apresenta nova linha de vinis adesivos Gold Savana

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/09/2017
Vinis são indicados para decoração de ambientes

Vinis são indicados para decoração de ambientes

A Imprimax, fabricante nacional de películas adesivas, anunciou o lançamento do Gold Savana, linha de vinis compostos por frontal de PVC polimérico calandrado de 120 micra, cola acrílica aquosa permanente e liner de papel couché 120g/m2.

Com durabilidade de até sete anos, os materiais são indicados para decoração de ambientes, comunicação visual, sinalização, recorte eletrônico e corte/vinco.

Vendidos em bobinas de 1,22m × 25m, os vinis podem receber impressão digital (ecossolvente, solvente, UV e látex), impressão serigráfica (UV e solvente), impressão flexográfica UV e impressão offset UV.

Fonte: Imprimax



Mercado global de grande formato valerá 11,2 bilhões de dólares até 2025

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/05/2020
Relatório aponta os segmentos que estimularão crescimento do setor

Relatório aponta os segmentos que estimularão crescimento do setor

A consultoria norte-americana MarketsandMarkets publicou recentemente um estudo sobre o crescimento do mercado global de impressoras de grande formato, que deverá expandir de 9,3 bilhões de dólares (em 2020) para 11,2 bilhões de dólares (até 2025), com uma taxa de crescimento CAGR de 3,8%.

De acordo com o relatório, os fatores que determinarão o crescimento desse mercado são:

- Aumento da demanda por impressão em grande formato nas indústrias têxtil, de publicidade e de embalagens;

- Adoção crescente de tintas UV em publicidade externa, CAD e aplicações técnicas;

- O aumento da produção de documentos digitais em aplicações de impressão comercial.

- O aumento da demanda por impressões de grande formato para aplicações de mobiliário doméstico, decoração e envelopamento de veículos, bem como a disponibilidade de modelos e preços de impressoras, que geram oportunidades de crescimento em muitos negócios.

Durante o período previsto no relatório (de 2020 a 2025), as empresas do segmento de softwares RIP deverão ter um crescimento maior. Isso porque as novas soluções de RIP tem oferecido ferramentas que automatizam e melhoram a produtividade de gráficas e birôs. Esses fatores de aumento de eficiência impulsionam o segmento.

Em 2019, as impressoras de grande formato com larguras entre 24 e 36 polegadas representaram a maior participação de mercado. Espera-se que esses modelos continuem sendo responsáveis pela maior participação de mercado, devido à sua versatilidade em várias aplicações.

O relatório também indica que o segmento de impressoras UV terá um crescimento acima dos demais, em função das vantagens oferecidas pelas suas tintas, como o rápido tempo de secagem, a resistência UV e o baixo impacto ambiental.

Entre as várias aplicações, a comunicação visual representou a maior fatia do mercado, em 2019. Entre os itens mais produzidos estão placas de vias (rodovias e estradas), grandes emblemas corporativos e anúncios promocionais de varejo.

Estima-se que o mercado da Ásia-Pacífico cresça mais que os demais. Nessa região, é provável que os equipamentos de grande formato tenham alta demanda entre os segmentos de impressão gráfica, têxtil e técnica. Austrália, América do Sul, África e EUA são algumas das outras áreas que devem crescer. Além disso, nos próximos anos, a indústria de publicidade deve continuar crescendo e demandando a impressão de anners, outdoors, peças de pdv, pôsteres e displays.

Fonte: MarketsandMarkets