SAi lança Flexi 21

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/03/2021
Aplicativo vem com novas ferramentas de impressão com tinta branca

Aplicativo vem com novas ferramentas de impressão com tinta branca

A desenvolvedora SAi lançou a versão 21 do Flexi, software RIP indicado para fluxos de trabalho de design, impressão digital e corte em vinis.

Uma das novidades do Flexi 21 é o suporte para impressão de verniz e branco. Com esta ferramenta, o usuário pode controlar a tinta por meio das funções Flexi Design e Flexi RIP Production Manager, que viabilizam a aplicação de várias camadas, como por exemplo, uma camada inferior de branco sobreposta com tintas coloridas e verniz. Com a capacidade de visualizar o canal branco com antecedência, os usuários economizam tempo de RIP e de impressão e evitam desperdício de materiais.

O software também vem com a ferramenta de dados variáveis, que permite a criação de um arquivo de amostra, com elementos que podem ser alterados no documento. Este recurso oferece suporte a imagens de dados variáveis, como arquivos raster, pngs transparentes, textos, códigos QR, matrizes de dados, códigos de barras e braille.

O Flexi 21 inclui ainda uma série de recursos avançados:

- Templates: crie e salve gabaritos que corresponderão com precisão aos gabaritos usados na mesa de impressão, para estampar como capas de celular, por exemplo;

- Impressão aprimorada no RIP: não é preciso esperar que o trabalho termine de ripar para iniciar a impressão;

- Nomes e linhas de corte personalizados: defina suas próprias cores especiais de linha de corte e dê nomes personalizados, no processo de corte;

- Suporte de camada do Adobe Illustrator: separe arquivos com várias camadas do Illustrator ou PDF em trabalhos processados como cores especiais, branco ou verniz;

- Conjunto de tintas personalizado: personalize canais e perfis de tintas, para diferentes modos de cores, se a impressora oferecer suporte a tintas especiais;

- Certificação G7: essa ferramenta reconhece o equilíbrio de cinza e gera linearização em conformidade com os padrões de cores G7.

Fonte: SAi

 

Tags: SAi, Flexi 21,


Fespa Brasil 2019: números, congressos e Cambea9

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/04/2019
Evento atraiu quase 19 mil visitantes em 2019

Evento atraiu quase 19 mil visitantes em 2019

A APS Eventos Corporativos, organização da Fespa Brasil 2019, feira que ocorreu entre os dias 20 e 23 de março, em São Paulo, divulgou os números da exposição. Foram 18.645 visitantes únicos que passaram pelo Pavilhão Azul do Expo Center Norte durante os quatro dias do evento. A área de exibição de tecnologias foi ampliada e registrou crescimento superior a 30%.

Alexandre Keese, diretor da Fespa Brasil e da APS Eventos Corporativos, declarou: “Apresentando as transformações dentro do mercado de impressão digital, a Fespa Brasil 2019 reuniu novas tecnologias, aplicações, substratos, acabamentos, softwares para a parte de gestão e tudo o que existe de mais moderno, para que o profissional da área ganhe eficiência. A feira demonstrou o quanto a impressão digital agrega valor e abre oportunidades. Foram quatro dias de novidades, tendências e debates. O visitante encontrou soluções que podem ser aplicadas e introduzidas em suas empresas”.

O CEO da Fespa Global, Neil Felton, também ficou exultante em relação aos resultados da feira realizada em março: “Estamos extremamente felizes com o sucesso da edição de 2019. A visitação foi fantástica, todos os dias com corredores lotados e negócios gerados. E novamente cumprimos nossa missão através do programa Profit for Purpose (Lucro por um Propósito), de reinvestimento dos lucros da Fespa no mercado de impressão, ao promover novamente os congressos gratuitos. Estamos plenamente satisfeitos com o resultado alcançado e na expectativa de superar as marcas em 2020”.

Os preparativos para a Fespa Brasil 2020 já começaram. Sob o tema “O Poder da Impressão”, a feira será realizada no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo, de 18 a 21 de março.

Congressos técnicos

A Fespa e a APS Eventos Corporativos ofereceram aos visitantes uma série de iniciativas gratuitas durante a feira. Por dois dias, o congresso Inteligência Gráfica tratou das questões estratégicas do negócio de impressão. Na Academia de Impressão Digital, em parceria com o Senai, foi possível conhecer práticas de pré-impressão, impressão e acabamento. O Fespa Digital Textile Conference foi promovido pela quinta vez. Tratou de conceitos relevantes para quem atua com estamparia digital, nos segmentos de moda, sinalização e decoração.

Alexandre Keese falou sobre o objetivo das iniciativas: “Acreditamos que o conteúdo de alta relevância agrega muito aos novos profissionais que estão visitando a feira. Por isso, convidamos empresários e pessoas renomadas para compartilhar conhecimento e trazer oportunidades de negócio. Tivemos a parte técnica com a Academia da Impressão Digital; o congresso Inteligência Gráfica com novos modelos de gestão; a estamparia digital e a impressão direta no tecido cobertas pelo Digital Textile Conference, uma iniciativa Fespa que acontece ao redor do mundo e ganha cada vez mais importância. Outro ponto forte foi a Ilha da Sublimação, com palestras e soluções sendo demonstradas”.

Evento oefereceu palestas grátis sobre tecnologia e gestão

Ilha da Sublimação

Na Ilha da Sublimação, os visitantes acompanharam palestras por quatro dias em um auditório sempre lotado. Alex Falcão, sócio-proprietário da ComunidadeWEB, parceiro na organização da Ilha, declararou: “Nosso propósito em participar de feiras voltadas ao grande formato é mostrar a crescente importância do pequeno formato, que vem sendo inserido com o peso que merece no mercado, em sublimação, transfer e artesanato. O segmento vem apresentando resultados diferenciados, com um produto final de excelência. A Ilha da Sublimação unificou e fortaleceu este movimento.”

Cambea9: WS Adesivações é bicampeã

Sediado dentro da Fespa Brasil 2019, o Cambea9 revelou um time bicampeão, da WS Adesivações, formado por Francisco Wellington da Silva e José Rafael Xavier, de Fortaleza. Além do troféu da competição nacional, a equipe ganhou a vaga para disputar o World Wrap Masters Series, durante a Fespa Global, que ocorrerá na Alemanha, no mês de maio.

Wellington comemorou: “Realmente é um grande evento, uma satisfação enorme poder participar e conquistar o título. Só temos a agradecer a todos que sempre nos apoiaram. Estamos muito felizes”.

Por uma diferença muito apertada, o vice-campeonato ficou com o time da Gênesis Envelopamento, do Rio Grande do Sul. Na terceira posição, ficou a dupla da GRC Adesivação, do Paraná.

O diretor da Fespa Brasil comentou sobre o Cambea: “A nona edição do campeonato teve um brilho todo especial. Estamos falando da maior competição automotiva que existe hoje e que reuniu competidores de todo o Brasil, e até outros países. Além das provas criativas, tivemos o vencedor que vai competir no Wrap Masters que acontece na Fespa da Alemanha”.

Dupla da WS Adesivações subiu ao ponto mais alto do podium 

Fonte: Fespa Brasil



Fotoprodutos e brindes com impressão por sublimação (Parte 1)

Por Jimmy Lamb em 21/05/2013

Amplie seus negócios fazendo fotoprodutos decorados com impressão por sublimação

Amplie seus negócios fazendo fotoprodutos decorados com impressão por sublimação

Fato: você precisa reinventar constantemente o seu negócio. Certamente você pode gerar mais receitas ao diversificar os seus serviços, ampliando a sua gama de clientes. Mas custa fazer mudanças. Então, como aumentar o seu negócio sem drenar a sua conta bancária? Uma das sugestões é entrar para o mercado de sublimação, que é um grande exemplo de alto RDI (retorno do investimento), não só porque é um processo de baixo custo, mas também porque abre as portas para um espectro grande de produtos rentáveis, como os fotoprodutos, por exemplo.

      Saiba mais sobre sublimação:

Definição de fotoproduto

Então vamos começar por definir o que é fotoproduto. Com certeza, não são fotos de familiares que se coloca na carteira. Num trabalho típico, temos imagens, textos ou gráficos personalizados, que são impressos digitalmente por meio da sublimação em substratos especiais, como o fotoproduto abaixo, que contém imagens relacionadas a esportes.

Exemplo de fotoproduto feito com impressão por sublimação

Exemplo de fotoproduto, com imagens de esporte

Fotoprodutos: como eles são impressos

Como esses itens são produzidos? Com sublimação. Sem dúvida, a sublimação é um método muito eficaz para a criação de fotoprodutos, porque o processo tem a capacidade de reproduzir imagens fotográficas com muitos detalhes e alta resolução.

Fotoprodutos sublimados podem ter várias formas, tamanhos, formatos e conceitos — o que significa muitas oportunidades. Sem contar que o custo dos substratos, produção e equipamentos é baixo.

Exemplos de prensas térmicas usadas para sublimação

Exemplos de prensas térmicas usadas para sublimação

Para começar na sublimação, você vai precisar de uma impressora desktop, tintas, papel transfer e prensa térmica. E os custos de produção são bem razoáveis ​​também. É claro que o preço que você vai cobrar nos fotoprodutos vai variar de acordo com o tamanho da imagem e das configurações que usou na impressora. Mas, em geral, a sublimação é um método de impressão de baixo custo.

Impressão por sublimação

Se você não está familiarizado com o processo de sublimação, saiba que ele é muito rápido e simples. Você pode criar uma imagem usando o software gráfico como o CorelDraw™ ou Photoshop™. Em seguida, basta imprimi-la no papel transfer, usando uma impressora que seja capaz de processar tintas de sublimação.

Você, então, usa o papel transfer e o coloca sobre o item a ser decorado. Usando uma prensa térmica, você deve aplicar calor de 200ºC, por cerca de um minuto. A combinação de tempo, pressão e temperatura promovem a transformação das sólidas tintas do papel transfer para um gás, o qual, em seguida, impregna nas fibras de polímero do substrato.

A sublimação permite a reprodução de imagem com alta definição

A sublimação permite a reprodução de imagem com alta definição

O resultado final é uma imagem permanente que não vai arranhar, descascar ou rachar (no caso de artigos de vestuário, a sublimação não vai desaparecer quando peça for lavada).

Então, obviamente, a sublimação só funciona com fibras de polímero, o que parece algo limitador. Mas não tenha medo, pois existem centenas de produtos especialmente preparados para esse fim, como painéis de fotos, telhas cerâmicas, garrafas de alumínio, placas metálicas, entre outros materiais. Enfim, há uma série de oportunidades de mercado para produtos sublimados, especialmente fotoprodutos.

Confira a segunda parte desse artigo.
 
Sobre o autor: Jimmy Lamb escreve e palestra sobre sublimação e impressão em tecidos mundo afora. Tem mais de 20 anos de experiência no negócio de vestuário e decoração. Atualmente, é o gerente de comunicação na Sawgrass Technologies.
 
Esse artigo técnico foi cedido, com exclusividade, pela Sawgrass ao portal InfoSign, que traduziu e adaptou o texto.