Review: Impressora de resina Epson SureColor R5070L

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/04/2021
Lançamento conta com um novo tipo de tinta

Lançamento conta com um novo tipo de tinta

Em 2021, a Epson está fazendo jus ao seu amplo histórico de inovação no mercado das inkjet. Nesse ano, no Brasil, a fabricante anunciou, até o momento, quatro lançamentos para o setor. Além da menor impressora sublimática e de um modelo de entrada para estamparia digital têxtil, a marca apresentou um equipamento UV plano e a nova tecnologia de tinta de resina, a SureColor R5070L, que pode personalizar vinis adesivos, cartazes, tecidos, papéis de parede, papéis não revestidos e todos os substratos com base de celulose e até 1mm de espessura.

Com sistema rolo a rolo e seis canais de tinta colorida, a SureColor R5070L entra para competir no segmento acirradíssimo das impressoras de 1,6m, dominado atualmente pelas tecnologias solvente, látex e UV. Porém, a nova aposta da Epson tem qualidades únicas para se destacar entre seus concorrentes. A mais significativa, certamente, é a sua tinta de resina à base d'água, que entrega impressões de alta qualidade e prontas para laminação imediata, em mídias duráveis e resistentes a arranhões.

Tinta de resina

Com a primazia de utilizar tinta inkjet de resina multiuso, a SureColor R5070L vem com sistema alimentador composto por duas entradas de bags por cor. Cada bolsa, que pode ser substituída durante o funcionamento da impressora, contém 1,5 litro de tinta, em um total de 3 litros por canal. A fabricante garante que essa configuração aumenta a eficiência produtiva e reduz os custos operacionais da máquina.

Desenvolvidas e fabricadas pela Epson, as tintas empregadas na SureColor R5070L fazem parte da linha UltraChrome RS, que contém sete opções: preto, cyan, magenta, amarelo, light magenta, light cyan e otimizador. A descarga de otimizador cria uma camada base estável no substrato, para a subsequente impressão das tintas coloridas, com o fim de reproduzir imagens de alta qualidade, com linhas nítidas e detalhes excepcionais. Há também um canal exclusivo para o líquido de manutenção. 

Projetado para utilizar apenas as tintas originais da Epson, o equipamento dá saída a impressos que duram pelo menos três anos.

Além das opções CMYK, light cyan e light magenta, a impressora utiliza um otimizador e um líquido de manutenção

Tecnologia de impressão

Capaz de rodar em modos que variam entre 9,5m²/h e 34,3m²/h, a SureColor R5070L pode trabalhar na resolução máxima de 1.200 x 2.400dpi. A peça que garante a alta qualidade das imagens é a cabeça PrecisionCore Micro TFP de 2,6 polegadas e 1.600 nozzles. Exclusividade da Epson, essa tecnologia é outro diferencial da máquina, por disparar gotas de volumes variáveis e ser facilmente substituída pelo operador, que também não precisa se preocupar com a manutenção das cabeças. Isso porque um sistema automático, composto por um rolo de tecido (fabric wiper), executa a higienização da superfície delas antes do início das impressões.

Lançada em 2013, a PrecisionCore consolidou-se em diversos segmentos da inkjet de uso profissional, especialmente por proporcionar um controle preciso das gotas de tinta (Precision Droplet Control) nas impressões de qualidade superior. Além disso, é uma tecnologia estável e não aquece.

Outro recurso que torna a impressora mais produtiva é o seu sistema de secagem em três fases (pré, central e pós-aquecimento). O mecanismo promove a cura uniforme das tintas durante a impressão e ajuda a dar saídas prontas para o acabamento. Os aquecedores são controlados por meio do visor touch de 4,3 polegadas, que também oferece acesso a outras funções do equipamento, como a seleção de mídias, o modo de cor e o tempo estimado para cada trabalho.

O operador faz toda a interação com a impressora por meio do Epson Edge, software de fluxo de trabalho Print que inclui um motor Adobe PostScript 3, para o gerenciamento de todas as etapas integradas de design e impressão. O aplicativo também oferece ferramentas para que os usuários possam controlar a impressora remotamente.

Dois bags de 1,5 litro são usados por cor

Manutenção e instalação

Além de utilizar cabeças substituíveis pelo operador, a SureColor R5070L requer pouca manutenção. Isso porque ela conta com diversos sistemas automáticos de limpeza. No entanto, uma vez por mês, é necessário higienizar manualmente a região onde ficam instaladas as cabeças — procedimento fácil e que não toma muito tempo.

Para instalar a impressora, é preciso providenciar uma sala com temperatura e umidade controladas e um computador com sistema operacional Windows 8.1 (mínimo). Entre as condições elétricas básicas, o equipamento exige duas tomadas, para consumir aproximadamente 4,6kW (em funcionamento) e 1,0W (quando desligado).

A SureColor R5070L tem um ano de garantia oferecida pela Epson. A marca também disponibiliza serviços de suporte e indica assistências técnicas autorizadas de seus produtos.

Vantagens

A SureColor R5070L cai bem em fluxos de trabalho de birôs e gráficas que precisam de dinamismo e oferecem diferentes tipos de serviços. Segundo a fabricante, trata-se de um equipamento econômico, prático, produtivo e que permite estampar diferentes tipos de substratos. Além disso, sua principal vantagem é a produção de impressões com cores vivas e qualidade superior.

Montado com todos os componentes produzidos pela Epson, o equipamento está disponível no Brasil por meio dos revendedores oficiais da marca. A empresa, que está no país desde 1982, inaugurou uma fábrica em Barueri (SP) em 1997 e atualmente possui unidades em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Manaus.



Curso de sublimação na ABTG será promovido no final de novembro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/11/2013

Não perca a próxima edição do curso sublimação da ABTG

Não perca a próxima edição do curso de sublimação na ABTG

No dia 30 de novembro, das 9h00 às 16h00, na sede da ABTG (Rua Bresser, 2315 – São Paulo), vai ocorrer o curso Como obter sucesso com a sublimação.

A fim de capacitar profissionais (do setor gráfico, têxtil e de comunicação visual) para trabalhar com os processos de sublimação em tecidos, o treinamento será ministrado por Cássio Arrizabalaga Rodrigues e custa 180 reais (para assinantes) ou 200 reais (não assinantes).

Inscrições pelo: http://www.abtg.org.br/digitec/inscricoes-cursos-digitec-

Veja o conteúdo do curso:

  • Teoria de impressão;
  • Processo de sublimação;
  • Equipamentos e materiais utilizados;
  • Aplicações;
  • Custos envolvidos no processo;
  • Tratamento de imagens;
  • Problemas e soluções;
  • Aspectos comerciais;
  • Eliminando dúvidas e mitos.

 



3M lança mais cinco vinis para envelopamento de carro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/02/2014

A linha de vinis da 3M para envelopamento automotivo segue crescendo

A linha de vinis da 3M para envelopamento automotivo segue crescendo

A 3M, fabricante de películas, incrementou a série 1080 de vinis adesivos para envelopamento de carros. Foram acrescentadas cinco opções coloridas. Agora, a linha é composta por 55 filmes, com acabamentos, texturas e tons diferentes. As novidades são:

  • Satin White Aluminum 1080-S120;
  • Matte Indigo 1080-M27;
  • Matte Deep Black 1080-M22;
  • Gloss Deep Blue Metallic 1080-G217;
  • Gloss Charcoal Metallic 1080- G211.

De acordo com a fabricante, os vinis são dual cast, apresentam 3,5mil de espessura e prescindem de impressão e laminação. Os materiais podem ser reposicionados durante a instalação, graças aos canais de liberação de ar e ao adesivo que evita a formação de bolhas.

Vendidos em rolos com largura de 1,52m (60 polegadas), os novos filmes apresentam o certificado 3M MCS, o qual garante a qualidade dos vinis.

Fonte: My Print Resource