Nova ferramenta de gerenciamento de produção

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/05/2020
SideKick, da SAi, ajuda na administração total da empresa

SideKick, da SAi, ajuda na administração total da empresa

A desenvolvedora SAi anunciou a nova SideKick, ferramenta de organização de trabalho específica para empresas de impressão de grande formato. Por meio dela, é possível gerenciar todas as operações da produção, do orçamento ao faturamento.

Fácil de usar, a SideKick vem com um banco de dados de aplicações e custos médios da indústria, usados para a criação de orçamentos, considerando materiais, mão de obra, comissões, descontos e impostos. Os usuários também podem personalizar valores de acordo com os seus negócios.

Por meio do sistema de cotação, os birôs e gráficas podem criar orçamentos em apenas alguns minutos, com base no tamanho, quantidade e acabamento das aplicações.

A SideKick também permite que os usuários organizem as contas, convertam cotações em pedidos e acompanhem os trabalhos. Isso permite que os dados do jobs sejam exportados rapidamente para o faturamento, o que agiliza os pagamentos.

Annette Plummer, vice-presidente de marketing da SAi, declarou: “Ninguém gosta de burocracia, mas ela é necessária se você estiver administrando um negócio. Nossos clientes menores costumam nos dizer que as tarefas administrativas consomem muito tempo. A SideKick foi criada para ajudá-los e garantir um gerenciamento sem complicações e debaixo custo”.

Acessível por assinatura mensal ou anual aos clientes da SAi, a SideKick é uma ferramenta independente dos softwares Flexi e EnRoute.

Fonte: SAi



MTEX lança três equipamentos de impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2017
Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

A fabricante MTEX anunciou três novas máquinas para impressão direta em tecidos. Indicados para produção de grandes tiragens, os equipamentos são capazes de trabalhar na resolução de 1.440dpi e disparar gotas com 3 a 24 picolitros.

Segundo a empresa, as impressoras são modulares e podem ser configuradas para atender às necessidades de negócios. Por exemplo, novas cabeças podem ser adicionadas para aumentar a capacidade produtiva das máquinas, que são:

MTEX Dragon: com 1,9m de largura, vem com oito cabeças, para trabalhar com 4 ou 8 cores. Indicada para sinalização e decoração interna, a máquina pode imprimir na velocidade de 137m2/h, em 720dpi;

MTEX Scorpion: com 1,9m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Com 16 ou 32 cabeças, a máquina é indicada para o mercado de moda, por empregar tintas ácidas, pigmentadas e reativas. Trabalha na velocidade de 550m2/h;

MTEX Eagle: com 3,2m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Capaz de produzir a 543m2/h, é indicada para empresas de sinalização e decoração que empregam tinta dispersa ou pigmentada.

Eloi Ferriera, CEO da MTEX, declarou: “Investimos milhões nas instalações de P&D, de modo que agora fabricamos tudo internamente. Investimos em corte de aço, usinagem de aço, router CNC, pintura robótica, controle de produção, controle de qualidade, montagem de hardware, testes de equipamentos e muito mais. Agora, temos total controle sobre planejamento, produção, fabricação e teste, permitindo o desenvolvimento de produtos de ponta”.

Fonte: Fespa



Enquete: as dificuldades técnicas em birôs e gráficas digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/11/2014

Leitores do portal enfrentam mais dificuldades na reprodução de cores

Leitores do portal enfrentam mais dificuldades na reprodução de cores

No dia 24 de novembro de 2013, o InfoSign lançou uma enquete que permaneceu aberta ao longo de mais de 12 meses. Nela, perguntamos sobre as principais dificuldades técnicas que os leitores mais enfrentam dentro de birôs e gráficas digitais. Com 1.400 participações, a pesquisa obteve o seguinte resultado:

  1. Gerenciamento de cores: 33% dos votos;
  2. Falhas de impressão: 30% dos votos;
  3. Adesivação de vinis: 22% dos votos;
  4. Problemas de acabamento: 15% dos votos.

A principal dificuldade dos leitores (gerenciamento de cores) tem relação direta com a reprodução de imagens e a repetibilidade dos padrões de cores. Acompanhe as novidades sobre o assunto em nossa página especialmente criada para ele.

Sobre o gerenciamento de cores, o InfoSign também já publicou diversos artigos técnicos. Veja abaixo:

Na próxima pesquisa, perguntamos qual tipo de impressora de grande formato sua empresa pretende adquirir em 2015. Basta clicar na sua opção no quadro da enquete, que fica na lateral direita do site.

Não deixe de votar. Participe!