Mercado de impressão industrial deve atingir 137 bilhões de dólares em 2024

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/10/2019
Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Há novas oportunidades muito interessantes sendo criadas pela impressão industrial e funcional. É o que aponta um estudo recém-lançado pela consultoria norte-americana Smithers. Intitulado “The Future of Functional and Industrial Printing to 2024”, o relatório aponta que o valor atual do segmento é de 97,7 bilhões de dólares, e a previsão é que ele aumente para 137 bilhões de dólares em 2024.

O estudo exclusivo fornece dados de mercado e informações tecnológicas sobre impressão funcional e industrial, segmentadas por processo, aplicações e segmentos.

Segundo a Smithers, a Ásia é a maior região produtora de impressão industrial, o que reflete a posição da China e de outros países vizinhos recém-industrializados. A maioria das inovações técnicas está centrada em máquinas inkjet, que está substituindo impressoras analógicas e mudando a dinâmica das produções.

Outro apontamento contido no relatório mostra que há soluções inovadoras para novas aplicações e setores, como eletrônicos impressos. Além disso, os fornecedores de tecnologias inkjet estão identificando a impressão industrial como um novo segmento. Por isso, têm desenvolvido fluidos, métodos de aplicação e recursos integrados de impressão em muitos setores da indústria.

Os segmentos abaixo foram estudados e retratados na pesquisa:

- Decoração e arquitetura: a inkjet vem sendo adotada por empresas que produzem e estampam aplicações de decoração de interiores como portas, pisos e revestimentos de parede. Novos sistemas inkjet de única passada podem substituir a impressão de rotogravura, pois oferece aos clientes vantagens como a personalização.

- Cerâmica: a inkjet já é amplamente usada na impressão de cerâmica, sobretudo em decoração de interiores. O próximo passo é o desenvolvimento de impressoras que que apliquem vernizes inovadores e produzam efeitos superficiais.

- Eletrônica: novas aplicações estão sendo desenvolvidas com tintas e fluidos funcionais, embora a consistência da impressão continue sendo um desafio na produção de eletrônicos.

- Vidro: impressoras inkjet planas de amplo formato dedicadas a impressão de vidro chegaram para atender ao segmento de arquitetura, sobretudo na produção de projetos exclusivos e personalizados.

- Automotivo: a otimização da produção e a necessidade de diminuir o peso são fatores que estão levando a indústria de carros de luxo a adotar, por exemplo, painéis de iluminação OLED impressos. Porém, o maior volume concentra-se nos materiais impressos para veículos de baixo custo. A inkjet está sendo explorada como substituta de tintas e decalques externos em carros e outros veículos.

- Biomedicina: o envelhecimento da população em vários países aumentou a demanda por serviços de saúde. Há biossensores que monitoram condições geriátricas crônicas sem intervenção direta dos médicos. Muitos desses dispositivos podem ser impressos, especialmente em substratos flexíveis que aderem à pele.

Fonte: Smithers



Enfocus promove webinar gratuito sobre criação e envio de arquivos PDF

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/10/2013

Enfocus ministrará aula grátis sobre fechamento de PDFs

Enfocus ministrará aula grátis sobre arquivos PDF

A Enfocus, desenvolvedora de softwares gráficos, ministrará um webinar (seminário pela internet) grátis sobre criação e padronização de arquivos PDF. Indicado a profissionais de pré-impressão e recepção de arquivos, o curso online tem o objetivo de mostrar ferramentas e procedimentos que facilitem o envio de arquivos digitais (do cliente para a gráfica ou o birô).

O palestrante do seminário é o gerente de desenvolvimento da Enfocus, Heysler Hey, que tem mais de 12 anos de experiência no suporte e treinamento de softwares voltados à indústria de impressão. Ele é atualmente o responsável pelo desenvolvimento de mercado na América Latina.

Veja as datas e os horários do webinar:

Para aqueles que desejam adquirir versões mais recentes das soluções da companhia, como o PitStop, a empresa recomenda a revendedora Cor e Processo, autorizada no país a comercializar os produtos da Enfocus.

Fonte: Enfocus



Graphtec lança série de plotters de recorte CE7000

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2020
Linha substitui a Graphtec CE6000

Linha substitui a Graphtec CE6000

A Graphtec lançou no mercado europeu a série CE7000, composta por quatro modelos de plotters de recorte, com larguras de 40cm, 60cm, 130cm e 160cm.

A CE7000 substitui a linha CE6000 e oferece recursos melhorados, como a versão mais recente do sistema ARMS (Advanced Registration Mark Sensing), usado para o rastreamento de corte.

Capazes de produzir na velocidade máxima de 1.000mm/s e força de até 450g, as plotters CE7000 trabalham com diversas mídias flexíveis e semirrígidas, como vinil, heat transfer, papel e cartão, para a confecção de peças de sinalização, etiquetas, rótulos, decalques, envelopamento de veículos e produtos promocionais.

As máquinas também incluem um sistema servoconversor digital e um painel de controle LCD, além de uma opção de modos de operação ajustáveis de acordo com os tipos e as espessuras dos materiais. É possível adquirir opcionais como as canetas com ponta de fibra.

As plotters CE7000 rodam com o pacote de softwares de design e produção da Graphtec, que inclui o Pro Studio e o opcional Cutting Master 4, que permite a integração com aplicativos como o Adobe Illustrator e o CorelDRAW.

Fonte: Graphtec GB