Mercado de impressão industrial deve atingir 137 bilhões de dólares em 2024

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/10/2019
Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Há novas oportunidades muito interessantes sendo criadas pela impressão industrial e funcional. É o que aponta um estudo recém-lançado pela consultoria norte-americana Smithers. Intitulado “The Future of Functional and Industrial Printing to 2024”, o relatório aponta que o valor atual do segmento é de 97,7 bilhões de dólares, e a previsão é que ele aumente para 137 bilhões de dólares em 2024.

O estudo exclusivo fornece dados de mercado e informações tecnológicas sobre impressão funcional e industrial, segmentadas por processo, aplicações e segmentos.

Segundo a Smithers, a Ásia é a maior região produtora de impressão industrial, o que reflete a posição da China e de outros países vizinhos recém-industrializados. A maioria das inovações técnicas está centrada em máquinas inkjet, que está substituindo impressoras analógicas e mudando a dinâmica das produções.

Outro apontamento contido no relatório mostra que há soluções inovadoras para novas aplicações e setores, como eletrônicos impressos. Além disso, os fornecedores de tecnologias inkjet estão identificando a impressão industrial como um novo segmento. Por isso, têm desenvolvido fluidos, métodos de aplicação e recursos integrados de impressão em muitos setores da indústria.

Os segmentos abaixo foram estudados e retratados na pesquisa:

- Decoração e arquitetura: a inkjet vem sendo adotada por empresas que produzem e estampam aplicações de decoração de interiores como portas, pisos e revestimentos de parede. Novos sistemas inkjet de única passada podem substituir a impressão de rotogravura, pois oferece aos clientes vantagens como a personalização.

- Cerâmica: a inkjet já é amplamente usada na impressão de cerâmica, sobretudo em decoração de interiores. O próximo passo é o desenvolvimento de impressoras que que apliquem vernizes inovadores e produzam efeitos superficiais.

- Eletrônica: novas aplicações estão sendo desenvolvidas com tintas e fluidos funcionais, embora a consistência da impressão continue sendo um desafio na produção de eletrônicos.

- Vidro: impressoras inkjet planas de amplo formato dedicadas a impressão de vidro chegaram para atender ao segmento de arquitetura, sobretudo na produção de projetos exclusivos e personalizados.

- Automotivo: a otimização da produção e a necessidade de diminuir o peso são fatores que estão levando a indústria de carros de luxo a adotar, por exemplo, painéis de iluminação OLED impressos. Porém, o maior volume concentra-se nos materiais impressos para veículos de baixo custo. A inkjet está sendo explorada como substituta de tintas e decalques externos em carros e outros veículos.

- Biomedicina: o envelhecimento da população em vários países aumentou a demanda por serviços de saúde. Há biossensores que monitoram condições geriátricas crônicas sem intervenção direta dos médicos. Muitos desses dispositivos podem ser impressos, especialmente em substratos flexíveis que aderem à pele.

Fonte: Smithers



Mimaki lança série “Plus” de equipamentos para impressão e recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2019
Duas impressoras e uma plotter de recorte fazem parte da nova linha

Duas impressoras e uma plotter de recorte fazem parte da nova linha

A filial europeia da Mimaki, fabricante japonesa de impressoras digitais e plotters de recortes, anunciou o lançamento no mercado local da série “Plus”, composta pelos equipamentos CJV300 Plus, JV300 Plus e CG-FXII Plus.

A CJV300 Plus é uma impressora solvente com recorte integrado. A JV300 Plus é uma impressora solvente e CG-FXII Plus, uma plotter de recorte.

Os equipamentos vêm com uma série de tecnologias, como a versão mais recente do MAPS4 (Mimaki Advanced Pass System), que usa um algoritmo exclusivo para calcular o jeito mais eficaz de disparar gotas de tinta e evitar bandings. Outras tecnologias são a NCU (que verifica o status dos nozzles) e a NRS (que recuperação os nozzles). Um novo dispositivo de alimentação de substratos permite o manuseio de rolos de até 45kg.

Os modelos da série “Plus” também apresentam a nova função ID Cut, que possibilita operações contínuas de corte e diminui a intervenção humana, o tempo de produção e o desperdício de material. Por meio do RasterLink6 Plus RIP, a ID Cut imprime um código de barras exclusivo no layout dos trabalhos. Ao ler o código de barras, o sensor dispara a execução automática do corte.

Uma nova linha de tintas vendidas em embalagens reutilizáveis de 600ml foi desenvolvida exclusivamente para os equipamentos da série “Plus”. Segundo a Mimaki Europe, os insumos garantem processos de impressão mais inteligentes e sustentáveis, e as novas embalagens ecológicas podem economizar até 15% de tinta em relação aos cartuchos de 440ml.

CG-FXII Plus vem com a função ID Cut

Fonte: Mimaki Europe



Impressora Mutoh RJ-900X é lançada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/01/2013

impressora mutoh RJ-900X

Nova impressora da Mutoh usa tinta à base d’água

A Mutoh, fabricante de impressoras digitais, anunciou, nos Estados Unidos, a nova RJ-900X, equipamento de impressão a jato de tinta baseado no antecessor Mutoh RJ-900, porém com recursos aprimorados.

Voltada para empresas de CAD e reprodução fotográfica, a impressora tem um metro de largura. Emprega tintas à base d’água e pigmentadas (no padrão CMYK) e cabeças de impressão piezoelétricas. Também conta com a tecnologia Intelligent Interweave (i²), que elimina os problemas de banding.

Outro recurso interessante é o ValueJet Status Monitor (VSM), um aplicativo de smartphone que monitora tudo o que o equipamento faz.

Em relação ao sistema rolo a rolo (de alimentação de substratos), a impressora Mutoh tem manuseio e controle de pressão do rolo melhorados. Além de conter uma cesta na saída.

Segundo a fabricante, em função do novo design, a máquina cabe facilmente em qualquer sala de impressão.

A RJ-900X será demonstrada, pela primeira vez, no estande da Mutoh na feira ISA Sign Expo (Las Vegas), que ocorre entre os dias 04 e 06 de abril. A impressora está disponível desde 07 janeiro, nos Estados Unidos.

Fontes: Mutoh e WhatTheyThink. Texto: InfoSign