Mercado de impressão industrial deve atingir 137 bilhões de dólares em 2024

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/10/2019
Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Em 2019, o segmento vale quase 100 bilhões de dólares

Há novas oportunidades muito interessantes sendo criadas pela impressão industrial e funcional. É o que aponta um estudo recém-lançado pela consultoria norte-americana Smithers. Intitulado “The Future of Functional and Industrial Printing to 2024”, o relatório aponta que o valor atual do segmento é de 97,7 bilhões de dólares, e a previsão é que ele aumente para 137 bilhões de dólares em 2024.

O estudo exclusivo fornece dados de mercado e informações tecnológicas sobre impressão funcional e industrial, segmentadas por processo, aplicações e segmentos.

Segundo a Smithers, a Ásia é a maior região produtora de impressão industrial, o que reflete a posição da China e de outros países vizinhos recém-industrializados. A maioria das inovações técnicas está centrada em máquinas inkjet, que está substituindo impressoras analógicas e mudando a dinâmica das produções.

Outro apontamento contido no relatório mostra que há soluções inovadoras para novas aplicações e setores, como eletrônicos impressos. Além disso, os fornecedores de tecnologias inkjet estão identificando a impressão industrial como um novo segmento. Por isso, têm desenvolvido fluidos, métodos de aplicação e recursos integrados de impressão em muitos setores da indústria.

Os segmentos abaixo foram estudados e retratados na pesquisa:

- Decoração e arquitetura: a inkjet vem sendo adotada por empresas que produzem e estampam aplicações de decoração de interiores como portas, pisos e revestimentos de parede. Novos sistemas inkjet de única passada podem substituir a impressão de rotogravura, pois oferece aos clientes vantagens como a personalização.

- Cerâmica: a inkjet já é amplamente usada na impressão de cerâmica, sobretudo em decoração de interiores. O próximo passo é o desenvolvimento de impressoras que que apliquem vernizes inovadores e produzam efeitos superficiais.

- Eletrônica: novas aplicações estão sendo desenvolvidas com tintas e fluidos funcionais, embora a consistência da impressão continue sendo um desafio na produção de eletrônicos.

- Vidro: impressoras inkjet planas de amplo formato dedicadas a impressão de vidro chegaram para atender ao segmento de arquitetura, sobretudo na produção de projetos exclusivos e personalizados.

- Automotivo: a otimização da produção e a necessidade de diminuir o peso são fatores que estão levando a indústria de carros de luxo a adotar, por exemplo, painéis de iluminação OLED impressos. Porém, o maior volume concentra-se nos materiais impressos para veículos de baixo custo. A inkjet está sendo explorada como substituta de tintas e decalques externos em carros e outros veículos.

- Biomedicina: o envelhecimento da população em vários países aumentou a demanda por serviços de saúde. Há biossensores que monitoram condições geriátricas crônicas sem intervenção direta dos médicos. Muitos desses dispositivos podem ser impressos, especialmente em substratos flexíveis que aderem à pele.

Fonte: Smithers



EFI lança diversas impressoras digitais na SGIA 2015

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/11/2015
Fabricante norte-americana apresentou amplo portfólio de produtos e impressoras digitais, como a EFI Vutek HS125 Pro

Fabricante norte-americana apresentou amplo portfólio de produtos e impressoras digitais, como a EFI Vutek HS125 Pro

Durante a SGIA 2015, feira internacional de comunicação visual que ocorreu entre os dias 4 e 6 de novembro, nos EUA, a EFI, fabricante de equipamentos para impressão, exibiu uma série de novos modelos das linhas Reggiani (têxtil) e Matan (UV), ambas incorporadas recentemente ao portfólio da EFI. Além disso, a empresa levou ao evento soluções de softwares, impressoras Vutek e materiais para acabamento superficial.

Scott Schinlever, vice-presidente e gerente geral da EFI Inkjet Solutions, declarou: “Em 2014, a EFI investiu muito em aquisições e em pesquisa e desenvolvimento de produtos, para que nossos clientes continuem a ter desempenho superior no setor”.

Impressão têxtil

Para o público interessado em produção industrial de estamparia têxtil digital, a EFI apresentou o Reggiani One 180, equipamento de impressão direta em tecido, com 1,8m de largura e capaz de trabalhar na velocidade de 310m2/h e resolução de 2.400dpi. Outro modelo apresentado na SGIA 2015 foi a Reggiani Pro 180, usada para impressão sublimática. Segundo a empresa, a máquina produz na velocidade máxima de 600m2/h e oferece qualidade superior e alta produtividade em aplicações de sinalização.

Reggiani Pro 180 é indicada para altas tiragens de impressões em tecidos

Impressão UV

A tecnologia UV esteve em peso no estande da EFI na feira SGIA 2015. Entre as principais atrações estava a EFI Vutek HS125 Pro, lançada durante o evento. O equipamento híbrido possui largura de 3,2m e pode trabalhar na velocidade de 125m2/h. A máquina imprime em diversas mídias, como papelão corrugado, e foi desenvolvida para substituir impressoras de tecnologias gráficas analógicas, como offset e serigrafia.

Outro lançamento foi a EFI H1625-SD, impressora híbrida de pequeno porte (1,65m de largura), que emprega a tinta EFI SuperDraw UV, para reproduzir imagens diretamente em substratos de termoformagem.

EFI H1625-SD apresenta sistema híbrido de alimentação de mídias

A EFI também usou a SGIA 2015 como oportunidade para lançar a Vutek GS3lx Pro, impressora híbrida de 3,2m, que opera em altas velocidades e possui tecnologia LED (cura fria). A máquina emprega o UltraFX, recurso de impressão avançado que melhora o impacto visual das imagens impressas e reduz a aparência de elementos visuais indesejados.

Do portfólio consolidado de impressoras EFI Vutek foi apresentada a GS5500lxr Pro LED, indicada para empresas de gigantografia. A máquina possui 5m de largura e sistema rolo a rolo. Além disso, emprega a tecnologia UltraDrop, capaz de disparar gotas de tinta de 7 picolitros. A impressora opera com tinta altamente flexível, a 3M SuperFlex, e pode trabalhar com a 3M Printable Fabric 9100, mídia têxtil que dura até seis anos em aplicações verticais externas.

Da linha de tecnologias Matan, recém-adquiridas pela EFI, a empresa apresentou a impressora Matan Quantum LED, que emprega sete cores e tinta branca como opcional. O equipamento reproduz imagens de alta qualidade e dispara gotas de tinta de 7 picolitros, em resoluções de até 1.200dpi. Além disso, possui recursos de manuseio de mídia com um único operador e acabamento em linha, que economizam mão de obra.

Matan Quantum é indicada para empresas de sinalização

Softwares

A EFI desenvolveu recentemente o Vutek Go, aplicativo para plataforma Android de monitoramento remoto. Usado para gerenciar modelos da série Vutek HS Pro, o app exibe informações sobre produção e status da impressora em tempo real. Também faz notificações automáticas de alertas e erros do equipamento.

Por meio do app Vutek Go, é possível fazer o gerenciamento remoto de impressoras Vutek 

A empresa também atualizou o Fiery ProServer, que chegou à versão 6.2. Trata-se de uma plataforma front-end digital para impressoras Vutek, as quais podem processar arquivos até 60% mais rápido do que as versões anteriores da ProServer.

Outro destaque da empresa é o EFI Midmarket Productivity Suite, fluxo de trabalho de gerenciamento de produção e negócios modular que inclui software EFI Pace MIS e tecnologias para automação de marketing, comércio eletrônico, web-to-print, planejamento, imposição, agendamento, coleta de dados de chão de fábrica, processamento, estocagem, transporte e integração direta com os produtos EFI Fiery habilitados para JDF.

Acabamento

Entre os produtos para acabamento superficial, a EFI exibiu na SGIA 2015 a linha EFI Armor, composta por materiais para revestimento de substratos rígidos e flexíveis impressos com tintas inkjet e de termoformagem. À base d’água, os produtos oferecem proteção de três a cinco anos contra intempéries e produtos químicos.

Fonte: EFI Brasil



Imprimax promove curso de envelopamento nos dias 25 e 26 de março

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/03/2014

No curso, profissionais aprendem a fazer envelopamento com vinil e Power Revest

No curso, profissionais aprendem a fazer envelopamento com vinil e Power Revest

A Imprimax, fabricante nacional de películas adesivas, realizará um treinamento de aplicação de vinil e Power Revest (envelopamento líquido), nos dias 25 e 26 de março, das 9h às 18h.

O objetivo do curso é capacitar profissionais a trabalhar com envelopamento de carros. Nas aulas, tanto práticas quanto teóricas, serão apresentadas técnicas de aplicação e uso de materiais como vinis e Power Revest.

O participante receberá:

  • certificado de participação do curso;
  • uma bobina de 25m x 1,22m de Gold Tuning;
  • ¼ de Power Revest (lata);
  • maleta "kit adesivador".

O curso ocorre na sede da Imprimax: Rua Karan Simão Racy, 49 – Km 11 da Via Anchieta – São Paulo.

As vagas são limitadas e as inscrições vão até o dia 21 de março. Para se inscrever, entre em contato com Vanessa Vitorino pelo e-mail: vanessa.vitorino@imprimax.com.br.