Mactac apresenta novo vinil estático para janelas e vidros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/10/2016
Vinil estático da Mactac é oferecido nas versões branca ou transparente

Vinil estático da Mactac é oferecido nas versões branca ou transparente

A Mactac, fabricante de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional um novo vinil estático para aplicações em vidros e janelas. Disponível nas versões branco (VCL0034) e transparente (VAL0034), a mídia apresenta um revestimento superficial que pode receber impressão flexográfica, serigráfica e offset.

Com um liner que também pode ser impresso, o filme é indicado para aplicações como decalques promocionais e de ponto de venda, etiquetas de indicação de mudança de óleo em automóveis, etiquetas de preço, gráficos licenciados, decalques sazonais reutilizáveis, entre outras.

Flexível, a mídia autoadesiva pode ser rapidamente aplicada e removida dos vidros e outras superfícies lisas e polidas. Além disso, é protegida por um liner que proporciona estabilidade e facilidade de manuseio.

Segundo a empresa, a mídia tem excelente resistência a produtos químicos, como limpadores de janelas. Além disso, oferece durabilidade de dois anos (em aplicações internas) ou de seis meses (em instalações externas).

Kim Hensley, gerente de marketing da Mactac, declarou: “Nosso novo vinil estático oferece aos nossos clientes uma solução de excelente qualidade, especialmente atraente para aplicações no setor automotivo e em sinalização nos segmentos promocional e de varejo”.

Fonte: Mactac



Sawgrass e Kiian assinam acordo de licença para fabricação de tinta sublimática

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2014

Sawgrass fecha mais uma parceria para vizbilizar produção de tintas para sublimação

Kiian renova parceria para continuar a produzir tintas para sublimação

A Sawgrass e a Kiian, fabricantes de tintas para impressão, firmaram um novo acordo de licenciamento, que permite à Kiian continuar a fabricar tintas digitais sublimáticas patenteadas pela Sawgrass.

O portfólio da Sawgrass tem mais de 160 patentes e cresceu consideravelmente na última década. O CEO da empresa, Nathan Hale, declarou: "A Kiian foi uma das nossas primeiras licenciadas, validando nosso portfólio de propriedade intelectual. Estamos sempre trabalhando para oferecer alta tecnologia de sublimação para a indústria".

Dennis Wilby, presidente da Kiian, declarou: "A Kiian tem sido muito bem-sucedida no mercado de sublimação e decidiu continuar a licenciar as patentes da Sawgrass".

Fonte: Sawgrass



RIP da Caldera chega à versão 11.2

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
Software será demonstrado na feira C!Print 2018

Software será demonstrado na feira C!Print 2018

A desenvolvedora Caldera anunciou a versão 11.2 de seu software RIP homônimo, que será exibida na C!Print, feira que ocorrerá entre os dias 6 e 8 de fevereiro, na França.

Segundo a empresa, três novos recursos foram inseridos no aplicativo: o HelpLinks, o ContourNesting 180º e o MultiLayer. Além disso, o RIP passou a suportar a plataforma para espectrofotômetros TotalColor qb.

O HelpLinks permite que os usuários adicionem links nas páginas do CalderaDesk por meio dos módulos Caldera RIP. A ContourNesting 180º é uma ferramenta que ajuda a economizar o gasto com mídias por executar a impressão seguindo a direção da fibra, uma característica especialmente útil para clientes que trabalham com tecidos. A MultiLayer é capaz de imprimir várias camadas com imagens diferentes. Esse recurso, indicado para aplicações retroiluminadas, permite que diferentes versões da mesma imagem apareçam de acordo com a iluminação do espaço onde a mídia foi instalada.

A versão 11.2 do Caldera também recebeu aprimoramentos nos recursos de corte, como a nova opção Background, que define a cor em torno das marcas de registro, para ajudar a detecção das próprias marcas. O software também oferece a capacidade de adicionar um quadro cortável em torno de códigos de barras ou QR codes. Outra função de corte é a Rewind At End, que permite rebobinar a mídia (ou não) após o corte, para mudar a lâmina ou terminar o trabalho.

A empresa também destacou aperfeiçoamentos em algumas ferramentas de cores, como os mapas Rosing Overinking e Flower Bleeding, que podem ser usados para melhorar a limitação das tintas, e a opção Spot Channels permite o carregamento de cores especiais duas vezes mais rápido em arquivos Tiff e PSD.

Fonte: Caldera