Kornit apresenta a nova impressora DTG Vulcan Plus

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/01/2020
Equipamento é indicado para estamparias e serigrafias de médio ou grande porte

Equipamento é indicado para estamparias e serigrafias de médio ou grande porte

A fabricante Kornit anunciou no mercado internacional a nova Vulcan Plus, impressora DTG industrial que estampa por hora até 235 imagens de 33cm x 33cm em roupas escuras. De acordo com a empresa, a máquina pode executar de 550 mil a um milhão de impressões anualmente.

A Vulcan Plus é indicada para estamparias que dominam a tecnologia digital e buscam ampliar suas capacidades produtivas. Também é indicada para serigrafias de médio e grande porte (que operam cinco ou mais impressoras automáticas) que procuram otimizar a produção.

Segundo a empresa, a Vulcan Plus é uma evolução da plataforma Vulcan, mais produtiva e menos onerosa. O sistema emprega tintas NeoPigment Eco-Rapid e opera com o RIP ColorGATE, que oferece correspondência de cores, bibliotecas Pantone, efeitos de semitransparência e fluxos de trabalho em PDF.

A Vulcan Plus rende aproximadamente 50% mais que o Atlas, equipamento que também faz do portfólio da Kornit.

Fonte: Kornit



Amari Digital passa a vender novo filme eletrostático

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/04/2014

Película eletrostática apresenta superfície branca ou transparente

Película eletrostática apresenta superfície branca ou transparente

A Amari Digital Supplies (ADS), fornecedora de mídias, passou a vender no mercado internacional um novo filme eletrostático fabricado pela finlandesa Stafix. A película, que pode receber impressão digital, dispensa adesivo (cola) e fixa-se às superfícies por meio de carga estática armazenada em bolhas microscópicas. Disponível em acabamento branco ou transparente, a mídia é composta por polipropileno reciclável.

O filme é indicado para aplicações indoor ou outdoor de curta duração, em displays de PDV, displays promocionais, campanhas, decalques, pôsteres e banners. Pode ser aplicado e removido de materiais como vidro e acrílico, bem como de superfícies como mármore, madeira, metal, tijolo e pedra.

Dependendo das condições ambientais, a adesão do filme dura até três meses.

Fonte: Large Format Review



Esko apresenta novidades na Drupa 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/05/2016
Esko foi à Drupa para apresentar novas ferramentas para aumento de produção no acabamento

Esko foi à Drupa para apresentar novas ferramentas para aumento de produção no acabamento

A Esko, fabricante de equipamentos de corte e acabamento, apresentará na Drupa 2016, feira que ocorre na Alemanha entre os dias 31 de maio e 10 de junho, uma série de novas ferramentas desenvolvidas para melhorar o desempenho e o controle da produção do acabamento em birôs e gráficas digitais. Conheça as novidades:

Sistema robótico de alimentação de mídias

Trata-se de um sistema em forma de guindaste que carrega e descarrega substratos nos equipamentos Kongsberg. Com um alcance de 2,8m, o robô consegue manusear mídias de vários paletes, além de poder ser configurado para trabalhar com duas mesas de corte simultaneamente.

O sistema também integra tecnologia de scanner a laser que protege o operador e reduz a necessidade de barreiras de segurança física.

Há uma câmera inteligente para garantir a precisão e a capacidade de repetição, assegurando a colocação precisa das mídias sobre a mesa.

O sistema de produção demonstrado na Drupa 2016 opera com a nova Esko Kongsberg C24, equipada com capacidade multizonas. Essa configuração aumenta em 80% a produtividade do equipamento.

Sistema robótico ajuda a aumentar a produtividade no acabamento

Múltiplas zonas de carregamento de mídia

Para eliminar o tempo ocioso da máquina e revelar o potencial produtivo das mesas Kongsberg, é possível programá-las para funcionar com várias zonas, que podem ser carregadas independentemente. Isto é, enquanto o substrato está sendo processado em uma zona, o operador (ou robô) pode carregar e preparar a outra zona. O tempo ocioso do operador é drasticamente reduzido e a mesa de corte funciona quase sem parar.

Novos alimentadores automáticos de mídias

Outra novidade da Esko é a série iBF, composta por três modelos de alimentadores de substratos, que combinam com as mesas Kongsberg C e X. Os dispositivos movimentam paletes de materiais com várias pilhas e permitem o acesso por empilhadeira. O alimentador pode ser usado em conjunto com uma alimentadora de rolos para materiais flexíveis.

Novo gerenciador de equipamentos Esko

Segundo a empresa, o novo software gerenciador permite realizar o planejamento preciso da produção e a priorização das operações de acabamento. O andamento dos trabalhos, o status e as filas de todos os dispositivos conectados podem ser facilmente visualizados na tela do computador.

O software também determina o melhor agrupamento das folhas, para aumentar a capacidade de produção.

Os operadores contam com uma interface intuitiva para priorizar as filas da mesa, inserir trabalhos urgentes e equilibrar as cargas de trabalho entre as mesas.

Fonte: Esko