Inca Digital anuncia nova série de impressoras UV Onset X

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/10/2015
Onset X3 pode trabalhar na velocidade de 900 metros quadrados por hora

Onset X3 pode trabalhar na velocidade de 900 metros quadrados por hora

A fabricante Inca Digital anunciou a Onset X, nova série de impressoras planas UV composta por três modelos, que podem trabalhar com mídias em formatos acima de 3,22m x 1,6m e espessura de 50mm. As máquinas têm as seguintes configurações:

- Onset X1: trabalha na velocidade máxima de 560m2/h e agrega oito canais: quatro para o CMYK e quatro para configurações ajustáveis de laranja, branco, light magenta e light cyan. A impressora pode receber upgrades;

- Onset X2: produz na velocidade máxima de 725m2/h e incorpora seis canais opcionais. Também pode receber upgrade e apresenta 14 canais de tinta. Oferece modos de produção de alta qualidade e impressão uni ou bidirecional;

- Onset X3: capaz de imprimir a 900m2/h, a impressora apresenta CMYK triplo, opção de tinta branca ou laranja e cabeças de 14 ou 27 picolitros. Com a Onset X3, é possível substituir impressoras serigráficas em produções de grandes tiragens com alta qualidade, consistência e confiabilidade.

Vendidos exclusivamente pela Fujifilm, os modelos da linha Onset X empregam o conceito de arquitetura escalonável, em que a mesa de suporte de mídias agrega 25 zonas de vácuo e sistema de controle UV, que elimina o mascaramento e possibilita que o sistema de impressão incorpore diversos canais de tinta. Isso permite que os clientes personalizem as configurações de produtividade, cor e qualidade.

Segundo a empresa, as zonas de vácuo da mesa de impressão são controladas de forma independente e facilmente geridas pelo operador. Informações sobre formatos de mídias usados com frequência podem ser programadas e armazenadas em um banco de dados. Essa inovação aumenta em até 20% a produtividade da Onset X em relação aos modelos anteriores da série Onset.

Além disso, as impressoras incluem um pacote de ferramentas que aumentam a produtividade. Entre elas estão o sistema que protege as cabeças contra danos durante a impressão de substratos grossos, um opcional de limpeza automática de substratos e um sistema especial de alimentação de mídias corrugadas que melhora o contato dos substratos sobre a mesa de impressão. Além disso, para a linha Onset X, a Inca desenvolveu ferramentas de gerenciamento de trabalhos com as quais o operador pode salvar configurações, criar filas de impressão e otimizar cada etapa do processo de impressão.

Fonte: Inca Digital



RIP VersaWorks Dual será incluído em diversas impressoras Roland

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/11/2016
Diversas impressoras Roland serão vendidas com o RIP VersaWorks Dual

Diversas impressoras Roland serão vendidas com o RIP VersaWorks Dual

A Roland DG, fabricante de plotters e impressoras digitais, anunciou que o RIP VersaWorks Dual passou a suportar diversos outros modelos de equipamentos fabricados pela empresa.

Lançado em 2015, o VersaWorks Dual já vem integrado a impressoras mais recentes da Roland, como a SOLJET EJ-640 e a TrueVIS VG-640/540. A partir de outubro de 2016, os seguintes modelos também serão vendidos com o RIP em questão:

  • SOLJET PRO 4 XR-640;
  • VersaCAMM: VS-640i/540i/300i e SP-540i/300i;
  • VersaSTUDIO BN-20;
  • VersaEXPRESS RF-640;
  • VersaUV: LEJ-640, LEC-540/330 e LEF-20;
  • Texart RT-640.

De acordo com a empresa, o VersaWorks Dual tem plataforma visual intuitiva e fácil de utilizar, além de oferecer novas funções avançadas de processamento e edição. Permite trabalhar com arquivos PostScript e processamento nativo de arquivos PDF, que se tornaram populares no campo da impressão comercial por garantir que os efeitos de transparência sejam processados com precisão. Além disso, as camadas de tinta branca e verniz podem ser geradas automaticamente no RIP. Recursos como deslocamento, posicionamento, rotação e registro de camadas de tinta podem ser facilmente configurados no RIP.

Yuko Maeda, presidente da divisão de desenvolvimento de negócios da Roland DG, declarou: “Há anos desenvolvemos RIPs e softwares de gerenciamento de impressão. Nossos aplicativos são exclusivamente adaptados a impressoras e plotters da Roland DG. Portanto, são otimizados para maximizar a produtividade. Nossas ferramentas proprietárias de gerenciamento de cores e outras funções tornaram-se fatores importantes na popularização dos produtos Roland no mundo”.

Fonte: Roland DG



Gênesis lança tintas Subliplus e Subligen (para sublimação)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/02/2013

Fabricada no Brasil, a Subliplus é linha de tintas para sublimação lançadas pela Gênesis

Fabricada no Brasil, a Subliplus é a linha de tintas sublimáticas lançadas pela Gênesis

A Gênesis, fabricante brasileira de insumos gráficos, passa a vender uma nova linha de tintas digitais para sublimação, a Subliplus. De fabricação própria, a novidade é compatível com impressoras que empregam cabeças Epson DX4 e DX5. Segundo a Gênesis, as tintas (CMYK) foram desenvolvidas para quem trabalha com produtos promocionais de maior tiragem.

Além da Subliplus, a fabricante também comercializa as tintas Subligen. Trata-se de uma linha de insumos importados, também voltados para equipamentos que usam cabeças Epson DX4 e DX5. Porém, essas tintas têm maior concentração, resultando em cores mais vivas e intensas. Ideal para empresas que buscam maior resolução e fidelidade nas cores. Elas estão disponíveis nas cores CMYK, light magenta, light cyan e light preto.

Desde 2009, a Gênesis vem fornecendo materiais para sublimação, como impressoras de pequenos e grandes formatos, acessórios, papéis especiais, softwares, kits, entre outros.

Afirmando-se no segmento de impressão a jato de tinta, a empresa implantou, em 2012, uma nova fábrica de tintas digitais. Nesse mesmo ano, lançou a sua própria linha de insumos à base de solvente. E em fevereiro de 2013, passa a vender uma série de tintas digitais sublimáticas de fabricação própria, que já vinha sendo testada desde o final de 2012.

Fonte: Gênesis Tintas