Imprimax lança série de vinis para recorte eletrônico

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/12/2019
Silver Max tem 39 opções coloridas para quem trabalha com plotters de recorte

Silver Max tem 39 opções coloridas para quem trabalha com plotters de recorte

A fabricante Imprimax lançou uma série de vinis adesivos desenvolvidos para quem trabalha com plotters de recorte. É a Silver Max, composta por películas de PVC polimérico calandrado de 80 micra, cola reposicionável e liner de papel couché siliconado de 120g/m².

A fornecedora indica a linha Silver Max para a composição de peças de sinalização interna e externa, como banners, faixas, estandes de eventos, fachadas, frontlights, painéis, totens, displays de pdv e vitrines. As mídias também podem compor decorações de frota de carros, embarcações, jet skis, aeronaves, entre outros veículos.

Vendidas em rolos de 1,22m x 50m, as películas duram seis anos depois de aplicadas em ambientes internos ou externos. As opções metálicas e perolizadas têm durabilidade de dois anos em instalações outdoor e quatro, em indoor. A validade da mídia cai para um ano no caso de ser usada no envelopamento automotivo.

Os vinis Silver Max podem receber impressão digital (ecossolvente, solvente, UV e látex), serigráfica (UV e solvente), flexográfica UV e impressão offset UV.

Para a correta aplicação, a superfície deve ser lisa e plana e estar limpa com álcool isopropílico, para evitar impurezas, oleosidade e outros químicos que possam colocar em risco a qualidade da instalação.

A linha Silver Max divide-se entre as opções semibrilhantes e foscas. Confira:

- Semibrilho: Amarelo Gengibre, Amarelo Médio, Amarelo Ouro, Azul Allure, Azul Marinho, Azul Médio, Azul Noturno, Bege Taupe, Branco, Cinza Claro, Cinza Escuro, Cobre Vecchio, Coral Dourado, Laranja, Magenta, Magnólia, Prata Infinito, Preto Rosa, Ternura, Verde Bandeira, Verde Menta, Vermelho Fogo, Vermelho Granada, Vermelho Tomate e Vermelho Vivo.

- Fosco: Amarelo Gengibre, Azul Allure, Bege Taupe, Branco, Cobre Vecchio, Coral Dourado, Magnólia, Prata Infinito, Preto, Rosa Ternura, Verde Menta e Vermelho Vivo.

Fonte: Imprimax



MTEX lança tecnologia digital de produção de amostras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/11/2015
Mini-Lab foi desenvolvido para produzir amostras de tecidos estampados digitalmente

Mini-Lab foi desenvolvido para produzir amostras de tecidos estampados digitalmente

Durante a ITMA 2015, feira internacional que ocorre entre os dias 12 e 19 de novembro, na Itália, a MTEX, fabricante de equipamentos para estamparia têxtil, apresentará em primeira mão o Mini-Lab, sistema de produção de amostras de tecidos. A tecnologia é composta por um conjunto de equipamentos (coater, vaporizador, lavadora e secadora) combinado com uma impressora digital (com tinta pigmentada, ácida ou reativa).

Segundo a empresa, o Mini-Lab funciona da seguinte forma: o coater reveste a superfície de tecidos (algodão, linho e seda), a fim de prepará-los para a impressão digital. Depois de revestido, o material passa através de dois rolos para que o excesso de líquido seja retirado.

O tecido é então introduzido na secadora, para que fique pronto para a impressão. Logo após receber as imagens, o material é inserido no vaporizador, que possui um gerador de vapor embutido usado para manter a umidade sob controle.

No processo seguinte, o tecido é lavado em tanque específico e, finalmente, o material segue para o secador. Todo o fluxo de trabalho leva entre 20 e 30 minutos, dependendo do tipo de corante e do tempo no vaporizador.

Eloi Ferreira, CEO da MTEX, declarou: “Este é um dos lançamentos de 2015 mais importantes para a indústria. Trata-se de um sistema de estamparia digital têxtil de fácil operação e baixo custo, para produzir amostras sem comprometer o fluxo de trabalho”.

Fonte: MTEX



Ricoh apresenta nova impressora digital para vestuário

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/01/2018
Ricoh Ri 100 não requer treinamento especial para que seja operado

Ricoh Ri 100 não requer treinamento especial para que seja operado

A fabricante Ricoh apresentou no mercado internacional a Ricoh Ri 100, impressora DTG (Direct to Garment) de mesa indicada para negócios de pequeno ou médio porte. A máquina é capaz de estampar camisetas e outras peças de tecido em produções de curto prazo e baixa tiragem.

A Ricoh Ri 100 incorpora um sistema de aquecimento que elimina rugas e mantém o tecido liso para a impressão. Há também um dispositivo para a cura da tinta, que ajuda a conservar as estampas coloridas. Trata-se de uma unidade de aquecimento, que foi projetada com a simplicidade.

Os operadores da impressora podem escolher entre o software Ricoh Design (para criar e imprimir projetos) ou o driver RPCS (para criar projetos com outro software da preferência do usuário).

Segundo a empresa, a máquina imprime na resolução de 1.200 x 1.200dpi e emprega cabeças da marca Ricoh e tecnologia drop-size.

A Ricoh Ri 100 junta-se às impressoras Ricoh Ri 3000 e Ri 6000. A nova impressora estará disponível nos EUA ainda no primeiro semestre de 2018, e foi exposta pela primeira vez na CES, feira de tecnologia que ocorreu em janeiro em Las Vegas.

Fonte: Ricoh