Para a feira Serigrafia Sign 2013, Gramonn levará camisetas para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/06/2013

Camisetas para sublimação no estande da Gramonn

Camisetas para sublimação no estande da Gramonn

Se você trabalha com sublimação, vai poder contar com o estande da Gramonn Confecções na feira Serigrafia Sign 2013. A expositora promete apresentar diversas camisetas (brancas, amarelas e verdes) que podem ser estampadas por meio da impressão sublimática. A sugestão é que as camisetas sejam decoradas com motivos esportivos, como os relacionados à Copa de 2014.

Confira mais informações e novidades sobre a Serigrafia Sign e seus expositores.

Fonte: Gramonn



Estamparia digital têxtil na Mimaki Week

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/08/2015
Mimaki Week contou com palestras sobre o mercado de impressão digital

Mimaki Week contou com palestras sobre o mercado de impressão digital

Entre os dias 3 e 7 de agosto, na filial recifense da Mimaki Brasil, foi realizado o Mimaki Week, evento que reuniu clientes, empresários e técnicos para discutir a impressão digital em tecidos. Na ocasião, Marcelo Ribeiro, da Mimaki, ministrou a palestra “Estamparia Digital”, na qual foram apresentados processos de impressão em poliéster, algodão e poliamida, além de novas tecnologias para o ramo.

Além disso, foram apresentados equipamentos Mimaki (CJV150 e JV300) e atuações da impressão sublimática. Outro ponto frisado durante o evento foi a impressão em banners de tecidos, que estão substituindo banners de lonas.

Segundo Ribeiro, para a preparação da palestra, “foi necessário colocar em pauta dados da indústria têxtil nacional, compilando informações do setor em 2012, 2013 e 2014 e projeções para 2015. Mostramos também os polos têxteis brasileiros e mensuramos a capacidade produtiva de cada um”.

Tecnologias de impressão digital em tecidos

Na palestra apresentada na Mimaki Week, foram discriminadas as tecnologias de estamparia têxtil digital, que podem ser divididas em impressão direta (para bases naturais) e sublimação (normalmente utilizada para poliéster).

As bases naturais são estampadas com pastas (tintas) reativas ou ácidas. Para tanto, são necessários tratamentos prévios e posteriores realizados por meio de equipamentos como rama, lavadora, vaporizador, entre outros. São máquinas consolidadas que se encontram instaladas em muitas empresas do país.

A estamparia em tecidos com base sintética poliamida é realizada com impressão direta e pasta (tinta) ácida. Por reter calor, a poliamida exige processos mais complexos de estamparia. Porém, há empresas que adaptaram a sublimação para obter resultados aceitáveis nesse tipo de substrato.

Para o caso das bases sintéticas (PES), o processo é definitivamente mais simples e demanda impressão em papel e termotransferência (calandra ou prensa térmica). Trata-se de uma solução popular entre as estamparias brasileiras, que contam com uma grande variedade de bases PES, como PV, PA e bases mistas.

Fonte: Mimaki Brasil



Comunicação visual da Samsung reproduziu imagem de Deus

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/11/2012

Comunicação visual de grande formato reproduziu a famosa obra do pintor Michelangelo

Foi em Auckland, Nova Zelândia. O birô Osmand Signs, que desde 1954 trabalha com comunicação visual e envelopamento de carros, recebeu um pedido inusitado da Samsung. A fabricante de aparelhos eletrônicos solicitou a reprodução (no formato: 6 x 13,5m) da famosa obra "Criação de Adão", pintada por Michelangelo, para que fosse instalada no centro comercial da cidade — uma espécie de adesivo de parede tamanho família.

Não obstante a dificuldade em reproduzir a obra de arte, a Samsung impôs mais um desafio ao birô: dar a impressão de que a imagem havia sido pintada diretamente no muro (de tijolos). Pois a Osmand conseguiu o feito.

A imagem foi reproduzida com uma impressora HP látex. O vinil utilizado foi o Arlon 6000XRP, com laminação fosca. O acabamento da peça levou tinta acrílica lavável.

Uma das dificuldades do serviço foi reproduzir a imagem de tal maneira que ela parecesse ter sido pintada diretamente na parede de tijolos

Michelangelo levou quarto anos para concluir a obra-prima, pintada na Capela Sistina. A Osmand, no entanto, imprimiu a "Criação de Adão" em apenas oito horas. A instalação ocorreu no dia seguinte ao da reprodução da imagem. "Poderíamos ter impresso e instalada no mesmo dia, mas não sabíamos ao certo quanto tempo levaria para estampar todos os adesivos", disse Keith Ellis, um dos diretores da empresa, que acompanhou de perto o trabalho.

A comunicação visual foi tão bem-sucedida que o dono do prédio achou melhor manter a adesivação, mesmo depois do término da campanha. Isso porque a "reprodução de Deus" enalteceu e valorizou o edifício, que fica localizado numa região bastante movimentada da cidade.

Fonte:  HP. Texto: InfoSign