GCC lança alimentador de folhas para plotters de recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/11/2019
Aparelho executa a entrada automática de mídias

Aparelho executa a entrada automática de mídias

A GCC, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou o novo AFR-24S, alimentador automático de folhas para plotters de recorte. Ele otimiza a produção de pequenas tiragens a simplifica as operações do fluxo de trabalho.

O AFR-24S também oferece a função de vinco com força de corte de 600gsm e velocidade de 1.530mm/s. Portanto, é possível dobrar e cortar ao mesmo tempo folha por folha, o que descarta as operações manuais.

Indicada para a produção de amostras, embalagens, dobrável, cartões de personalização, etiquetas e adesivos, o AFR-24S vem com um sistema adicional que permite trabalhar com folhas de até 620mm x 710mm.

O alimentador também tem uma bandeja de coleta de mídia. Seu design de dobradiça rotativa permite o ajuste da bandeja, para que ela fique na posição adequada para receber os trabalhos concluídos.

Com mecanismo de separação de mídia para evitar congestionamento de papel, o alimentador é capaz de empilhar até 50mm de substratos (ou 250 folhas).

Além do sistema de alinhamento automático (AAS II), o aparelho tem quatro ventosas, para mover corretamente as mídias para a plotter de recorte.

Fonte: GCC



Inx lança tintas digitais têxteis e impressora cilíndrica

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/05/2019
Fabricante ampliou seu catálogo de tintas da linha Triangle

Fabricante ampliou seu catálogo de tintas da linha Triangle

A fabricante Inx apresentou a impressora digital cilíndrica CP100 UV e anunciou as novas tintas digitais têxteis Triangle DT8 e DT8-PRO.

A DT8 e a DT8-PRO são tintas à base d’água indicadas para impressão direta ou transferência em tecidos de poliéster (ou materiais sintéticos mistos que contenham, pelo menos, 60% de poliéster). Os insumos são compatíveis com cabeças Epson DX4, DX5, DX7 e TFP.

A impressora digital CP100 UV vem recursos de prova e prototipagem para pequenas produções em latas, garrafas e outros objetos cilíndricos. Com tintas CMYK e branca e verniz, a máquina utiliza sistema de cura UV de longa duração.

As peças estampadas pela CP100 UV podem ser testadas pela SLED, máquina que examina tintas, produtos químicos e cabeças de impressão. Ela mostra como as tintas respondem a uma ampla gama de substratos e materiais.

Jim Lambert, vice-presidente da divisão digital da Inx, declarou: “Quando a impressão digital direta em objetos começou, era mais ou menos colocar uma tinta e uma cabeça que já existiam, e ver se elas funcionariam. Mas elas avançaram muito e há cabeças específicas. Estamos agora no ponto em que os proprietários de marcas estão impulsionando a impressão digital de garrafas e embalagens cilíndricas em grandes volumes. E uma das coisas impressionantes da impressão direto em objetos é que você pode reduzir desperdícios e custos”.

Fonte: Inx



Pré-requisitos para o serviço de envelopamento de frotas

Por Eduardo Yamashita em 23/02/2016
O envelopamento transforma o veículo em um outdoor em movimento

O envelopamento transforma o veículo em um outdoor em movimento

Está pensando em instalar imagens em veículos ou atualizar um projeto antigo? Aqui vão alguns conselhos: procure simplificar, trabalhe com marketing e planeje com antecedência.

Consideradas “painéis ambulantes”, as imagens em veículos ajudam a identificar frotas, construir marcas e podem até aumentar o valor de revenda dos veículos. No entanto, existem fatores a considerar antes de iniciar a produção das aplicações de imagens.

A primeira coisa a fazer é rever o valor de potenciais gráficos e tipos de veículos da frota. Isso pode ajudar a identificar as melhores opções para a frota antes de prosseguir. Os gestores devem avaliar os benefícios que as imagens poderão gerar para a empresa que elas representam. Deve-se considerar que as imagens depois de aplicadas tornam os veículos outdoors “em movimento”.

Tenha em mente que quando um veículo está em movimento as imagens e mensagens aplicadas nele devem ser absorvidas rapidamente. Entender isso é fundamental para a criação correta dos layouts. Além disso, leve em consideração o tempo de duração do envelopamento. Isso influenciará no tipo de vinil adesivo escolhido para o serviço. Há diferentes tipos de mídias para diferentes aplicações. Você pode precisar de um material removível ou um vinil que dure 12 anos.

Certifique-se de manter a marca da empresa e use palavras e imagens aprovadas também pelo pessoal de gestão e vendas. Muitos gestores de frota também são responsáveis pela contratação do serviço de criação e instalação dos layouts.

Saber o tempo de duração do envelopamento é fundamental na hora de escolher o vinil adesivo para o serviço

Sempre mantenha padrões em toda a frota, como a inserção dos logotipos em pontos específicos dos veículos. Os gestores devem ser responsáveis por garantir que as instalações beneficiem sua frota em termos de proteção de superfície. Além disso, devem garantir que as medidas apropriadas sejam tomadas para assegurar a qualidade do envelopamento e eventuais remoções.

A identificação de frota pode ser muito benéfica por diversas razões. No entanto, antes de a empresa começar a implementar imagens, o gestor da frota deve entrar em contato com fabricantes para especificar os vinis adesivos mais adequados aos projetos. Prestadores de serviço de sinalização podem não ser o caminho mais indicado para obter informações qualificadas sobre as características técnicas dos vinis. Eles podem pecar oferecendo materiais de desempenho inadequado ou podem não seguir a impressão correta para as necessidades da frota. Vale a pena consultar sempre as informações técnicas fornecidas pelos fabricantes.

Os veículos de uma frota podem ser diferentes em termos de tamanho, forma e marca. Portanto, sempre considere a variedade de tipos e estilos de carros. Saiba trabalhar bem com os modelos mais usuais, no entanto, esteja preparado para envelopar qualquer tipo de veículo.

Ao considerar envelopamentos totais ou parciais, não esqueça de levar em conta itens como maçanetas e para-choques, que aumentarão o custo do serviço. O envelopamento completo pode elevar o valor de revenda dos veículos da frota. Isso porque a pintura fica mais protegida, o que diminui danos na lataria.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual