Fujifilm lança impressora Acuity LED 1600R

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/02/2018
Acuity LED 1600R é rolo a rolo capaz de trabalhar na velocidade de 33m²/h

Acuity LED 1600R é rolo a rolo capaz de trabalhar na velocidade de 33m²/h

A fabricante Fujifilm anunciou o lançamento no mercado internacional da Acuity LED 1600R, impressora UV rolo a rolo que emprega cabeças Dimatix Q-class e quatro canais de tinta (com opcional de upgrade para oito).

Segundo a empresa, o equipamento pode trabalhar na velocidade máxima de 33m²/h, produz baixos níveis de calor e exige menores volumes de tinta e menos energia. Além disso, possui start-up instantâneo e lâmpadas UV LED de longa duração, que não emitem ozônio ou componentes orgânicos voláteis.

A Acuity LED 1600R utiliza tintas da linha Uvijet RL, disponíveis nas cores em CMYK, light cyan, light magenta e branco. Projetados para estampar mídias em rolo, os insumos são fabricados pela Fujifilm Specialty Ink Systems, no Reino Unido.

Tudor Morgan, gerente de sinalização da Fujifilm Graphic Systems Europe, declarou: “A Fujifilm estabeleceu um negócio forte com a Acuity LED 1600 e a Acuity LED 1600 II, com cerca de mil unidades instaladas no mundo. Para aproveitar esse sucesso, estamos oferecendo um modelo igualmente robusto e de baixo custo, a Acuity LED 1600R, que pode oferecer uma ótima oportunidade de investimento para as empresas que procuram produzir trabalhos de grandes formatos”.

A Acuity LED 1600R estará comercialmente disponível no mercado internacional a partir do dia 1º de março.

Fonte: Fujifilm



Como são reproduzidas cópias oficiais das obras de Van Gogh

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2019
Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Localizado em Amsterdã, na Holanda, o Museu Van Gogh abriga a maior coleção de obras do pintor homônimo. O visitante da exposição pode admirar uma coleção permanente de obras-primas de um dos pintores mais famosos e apreciados no mundo.

O museu abriga uma loja de lembranças onde é possível comprar objetos temáticos e itens colecionáveis. Entre ele, estão reproduções autenticadas (com certificado) e de alta definição das pinturas de Van Gogh.

Todas as imagens das obras-primas foram digitalizadas com scanners de alta resolução, que capturaram detalhes finos, texturas de pinceladas, protuberâncias de tinta e texturas das superfícies dos quadros. Por isso, as reproduções são quase idênticas aos originais.

Para estampar as imagens, o Museu Van Gogh utiliza uma Canon imagePrograf, capaz de produzir impressões de alta qualidade (na resolução de 2.400 x 1.200dpi) em papel ou canvas. A máquina emprega um conjunto de 12 tintas inkjet pigmentas, nas cores: preto fotográfico, preto fosco, ciano, magenta, amarelo, ciano fotográfico, magenta fotográfico, cinza, fotográfico cinza, vermelho, azul e otimizador cromático.

Para proteger reproduções de obras de arte, recomenda-se usar um vidro de proteção em cima das impressões, para para protegê-las da luz. Pode-se optar por envernizar o material com um revestimento que ressalte as cores e proteja a peça contra arranhões.

Após a impressão e o envernizamento, as imagens são montadas em uma base. As impressões em papel podem ser fixadas em poliestireno, papelão, placas de alumínio ou qualquer outra superfície plana. As telas tambpem podem ser esticadas à mão sobre uma moldura de madeira, para que o quadro fique com um aspecto mais artesanal. É aconselhável que as molduras de madeira tenham certificação PEFC e FSC, para garantir o manejo florestal sustentável. Existem muitos tipos de molduras, mas o mais importante é que ela reflita a qualidade da impressão.

Qualquer um pode adquirir uma reprodução autenticada das obras de Van Gogh

Fonte: Flaar



RIP Colorgate chega à versão 8

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/01/2014

Nova versão do RIP Colorgate tem compatibilidade com diversas impressoras de grande formato

Nova versão do RIP Colorgate tem compatibilidade com diversas impressoras de grande formato

A Colorgate, desenvolvedora de softwares gráficos, anunciou o lançamento da oitava versão de seu software RIP homônimo. A solução é indicada para quem trabalha com pré-impressão e impressão comercial, de grande formato ou de embalagens.

Os destaques do RIP são a ferramenta Output Management Sets (que realiza os ajustes de saída da impressora), a Ink Saver Module (que pode reduzir a quantidade de tinta consumida) e a nova Container+ (que melhora o nesting, com funções de centralização e margens).

Para o gerenciamento de cores, o RIP tem a Linearization Assistant e a Profiler Module PFM, que realizam respectivamente a linearização e a criação de perfis (o Colorgate 8 suporta ainda a linearização de cores especiais).

Ao pagar uma taxa anual, o cliente tem acesso a todas as atualizações do software Colorgate, além de contar com um tratamento especial do suporte técnico e descontos exclusivos.

Entre as impressoras que o Colorgate 8 suporta, estão:

  • Canon iPF6400;
  • Canon iPF8400;
  • Gongzheng Thunderjet A2502S;
  • Gongzheng Thunderjet A2602S;
  • HP Latex 3000;
  • Inca Onset S70;
  • Mimaki JFX 500;
  • Roland VS 300i;
  • Roland VS 540i;
  • Roland VS 640i;
  • Seiko ColorPainter M-64S;
  • Vutek QS2 Pro;
  • Vutek QS3 Pro;
  • Vutek GS2000 Pro;
  • Vutek GS2000Lx Pro;
  • Vutek GS3250 Pro;
  • Vutek Gs3250Lx Pro;
  • Vutek GS3250R.

Fonte: Colorgate