Fujifilm adquire controle da Xerox

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/02/2018
Acordo movimentou cerca de 6,1 bilhões de dólares

Acordo movimentou cerca de 6,1 bilhões de dólares

A Fujifilm anunciou um acordo para adquirir a participação majoritária (50,1%) da Xerox Corporation. Será usada dívida bancária para o investimento de cerca de 6,1 bilhões de dólares.

A relação entre as empresas é de longa data. Em 1962, ambas criaram a Fuji Xerox, uma joint venture que atualmente tem sedes nos Estados Unidos e no Japão. Ela manterá a Xerox na Bolsa de Valores de Nova York e será liderada por Jeff Jacobson (atual CEO da Xerox) e Shigetaka Komori (presidente da Fujifilm).

A Xerox tem registrado queda em suas receitas nos últimos quatro anos. Por isso, o acionista Carl Icahn, que possui cerca de 9,7% das ações da companhia, esteve por trás da desagregação recente dos negócios de processos outsourcing, para que a empresa se concentrasse em seus produtos principais. Além disso, Icahn tem sido o motivador de mudanças no conselho de administração da Xerox.

O negócio abrirá oportunidades para a redução de custos e alavancagem de tecnologia básica. Em seu anúncio de ganhos trimestrais, a Xerox prevê a economia de 1,7 bilhão de dólares nos próximos quatro anos. Os relatórios também sugerem que, em função da consolidação das funções de fabricação e administrativas, cerca de 10 mil empregos serão eliminados da Fuji Xerox.

Em anúncio oficial, a Xerox declarou: “A Fuji Xerox estará bem posicionada para liderar em áreas como impressão inkjet de alta velocidade, embalagens, impressão industrial e automação, bem como abrirá oportunidades de desenvolvimento em inteligência artificial, internet das coisas e realidade aumentada”.

Fonte: InfoTrends



Epson apresenta novas impressoras da linha SureColor SC-S

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2016
Três novos modelos passam a compor a série Epson SureColor SC-S

Três novos modelos passam a compor a série Epson SureColor SC-S

A filial britânica da Epson, fabricante de eletrônicos, anunciou ao mercado europeu três novas impressoras com tinta à base de ecossolvente com 1,6m de largura da linha SureColor (SC-S80600, SC-S60600 e SC-S40600). Segundo a empresa, os equipamentos empregam de 4 a 10 cores (incluindo branco e metálico) e podem trabalhar na velocidade de 95m2/h.

A fabricante enfatiza que todos os componentes das impressoras são projetados e fabricados pela própria Epson, expediente usado para assegurar a qualidade dos produtos. Além disso, a concepção dos novos equipamentos da série SureColor SC-S foi pensada para melhorar a experiência de impressão e reduzir o custo de aquisição. Confira as principais características das novas máquinas:

- SC-S80600: apresenta duas cabeças de impressão PrecisionCore TFP e emprega conjunto com 9 ou 10 tintas (CMYKLcLmL, vermelho e laranja ou CMYKLcLmLk, branco e prata). Pode imprimir a 95m2/h (em modo “banner”) ou a 12,5m2/h (em modo “film”). Trata-se de um modelo para empresas que reproduzem imagens com cores especiais e alto padrão de qualidade;

- SC-S60600: também apresenta duas cabeças de impressão PrecisionCore TFP (CMYKx2) e imprime com alta qualidade em vinis a 29,4m2/h;

- SC-S40600: de entrada, a impressoras emprega 4 cores e uma cabeça de impressão PrecisionCore. Pode trabalhar na velocidade de 58,4m2/h.

Segundo a Epson, os novos modelos SureColor SC-S podem imprimir em diversos substratos revestidos e não revestidos, para aplicações como displays, cartazes, painéis, pontos de venda, envelopamentos de veículos, papéis de parede e fotos. Além disso, as impressoras empregam um novo sistema de alimentação de mídia, que facilita a manipulação dos rolos por meio de um controle automático de autotensão, tanto na entrada quanto na saída dos substratos. Cilindros de pressão antiestáticos ajudam na aderência da mídia, feitos para suportar bobinas de até 45kg.

As novas impressoras SureColor SC-S empregam tintas originais UltraChrome GS3, vendidas em cartuchos com 700ml. De acordo com a empresa, as tintas secam rapidamente, têm baixo odor e alta resistência à abrasão e duram em exposições outdoor por três anos sem laminação.

A última geração das cabeças PrecisionCore TFP utiliza tecnologia de pontos variáveis e trabalha na resolução de 1440 x 1440dpi. Um novo hardware aperfeiçoado protege as cabeças, que também empregam a Precision Dot, tecnologia que ajuda a reproduzir imagens mesmo em mídias difíceis, como vinis monoméricos baratos.

Fonte: Epson UK



Kodak e Uteco Group lançam impressora digital para etiquetas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/05/2018
Sapphire EVO trabalha com substratos com até 650mm de largura

Sapphire EVO trabalha com substratos com até 650mm de largura

As fabricantes Kodak e Uteco Group anunciaram o Sapphire EVO, sistema de impressão digital de etiquetas e embalagens flexíveis.

Com tecnologia inkjet Kodak Stream e tintas à base d’água não agressivas ao meio ambiente, a Sapphire EVO produz mais de 900m lineares por hora e suporta uma ampla variedade de filmes e papéis com até 650mm de largura. Oferece, ainda, padrão de impressão CMYK e opções para laminação e aplicação de verniz em linha.

Capaz de imprimir em substratos como BOPP e PET, o equipamento cumpre todos os requisitos da legislação para o contato indireto com alimentos da União Europeia e dos Estados Unidos, além dos requisitos específicos de algumas marcas.

Stefano Russo, diretor de operações da Uteco Group, declarou: “À medida que cresce a demanda por personalização e versões diferentes de um mesmo produto, a impressão flexográfica híbrida, a gravação e a impressão digital tornam-se muito importantes na oferta dos fornecedores de embalagens. A combinação das tecnologias Uteco e Kodak não apenas oferece uma opção competitiva para impressão digital em pequenas tiragens como também concorre com tiragens médias e longas”.

Fonte: Kodak