Fespa Madrid 2020 será realizada em outubro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2020
Pandemia de covid-19 foi a causa da reprogramação de data

Pandemia de covid-19 foi a causa da reprogramação de data

A Fespa anunciou que sua principal exposição, a Global Print Expo 2020, está agendada para ocorrer entre os dias 6 e 8 de outubro, na IFEMA - Feria de Madrid, na Espanha. Originalmente, o evento estava programado para março. Porém, teve que ser adiado devido à pandemia de covid-19.

Segundo a organizadora, apesar do impacto que o coronavírus está causando no setor de impressão, a Fespa está extremamente satisfeita em confirmar que suas exposições ocorrerão em novas datas.

Neil Felton, CEO da Fespa, declarou: “Durante esse período difícil, permanecemos em diálogo com os nossos expositores para estabelecer a melhor maneira de apresentar os lançamentos deles para 2020, além de nutrir perspectivas para o setor de impressão especializada e alimentar seu crescimento”.



Adesivação: o que acontece quando o clima está muito frio ou quente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/12/2012

Quando o tempo esfria, os envelopadores devem tomar alguns cuidados para que a adesivação saia como esperado. É sempre muito importante que o veículo esteja limpo. Antes de chegar ao local de adesivação, ele deve ser lavado (apenas com detergente) e desengraxado. Depois, recomenda-se esperar para que o carro seque e esquente. Além disso, procure fazer a instalação em locais fechados onde as temperaturas são mais elevadas.

Veja o que pode acontecer se o vinil for aplicado em locais com temperatura (muito) baixa:

  • A película pode não alongar, já que, logo após aquecê-la, ela vai esfriar;
  • O tack inicial do adesivo pode ser insuficiente para garantir a adesão da película;
  • A umidade pode condensar-se na superfície do veículo, complicando a adesivação;
  • A película pode ficar dura e frágil, e não vai aderir. Se isso acontecer, o adesivador vai, naturalmente, forçar a espátula, para promover a adesão do filme, e isso pode causar danos ao vinil;
  • Em condições muito úmidas, pode ser difícil manter o substrato seco.

Promover um pós-aquecimento também é fundamental para reduzir a tensão do vinil, manter a sua memória e mantê-lo no lugar correto.

ferramenta para adesivação

Para moldar a película, use ferramentas

Dicas para a adesivação em climas quentes

Atente-se quando o clima esquentar demais. Com o calor, o vinil fica mais maleável, o que dificulta o seu reposicionamento. Além disso, ele tende a distorcer e criar rugas.

A temperatura da superfície jamais deve exceder os 40ºC. Verifique as informações sobre temperaturas mínima e máxima dadas nos manuais dos produtos (se o veículo de cor escura estiver submetido a um calor de 32ºC, então a sua superfície pode estar acima dos 70ºC — tome cuidado).

Se a aplicação tiver de ser feita em ambiente externo, tente começar o trabalho o mais cedo possível. Faça o que puder para não deixar o carro sob o sol.

Em um clima quente e úmido, ocorre a condensação pela manhã. A aplicação nessa condição também deve ser evitada.

Artigo técnico originalmente publicado pela 3M dos EUA. Tradução e adaptação: InfoSign



Azonprinter lança impressora Azon Matrix

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/12/2016
Equipamento é capaz de trabalhar com mídias de até 200mm de espessura

Equipamento é capaz de trabalhar com mídias de até 200mm de espessura

A fabricante Azonprinter anunciou no mercado internacional a Azon Matrix, impressora plana UV LED com mesas opcionais nos formatos de 700mm x 1.900mm, 700mm x 25.000mm e 1.200mm x 3.300mm. Capaz de trabalhar com mídias de até 100kg e 200mm de espessura, o equipamento estampa diretamente materiais como PET, ABS, TPU, policarbonato, madeira, pedra, vidro, lona, cerâmica, alumínio e couro.

De acordo com a empresa, a impressora é indicada para empresas de couro, eventos, decoração interna, sinalização e móveis, para a produção de peças como painéis diversos, sinalizações ambientais, displays para bares e restaurantes, entre outras aplicações indoor e outdoor.

Com software Azon RIP e tintas Azon TurboJet, a impressora também possui ferramenta de segurança que detecta automaticamente a espessura de mídia, para evitar que as cabeças sejam danificadas durante a produção. Além disso, um sistema de vácuo mantém as mídias planas e permite a impressão em materiais macios e finos com precisão.

Para manter a produção por longos períodos, a Azonprinter incorpora seis tanques de tinta com 500ml, projetados com sensores de monitoramento. A tinta branca, inclusive, pode ser utilizada como base para a impressão das cores CMYK de alta densidade, para proporcionar texturas diferenciadas às mídias.

A fabricante também disponibiliza um sistema opcional rolo a rolo, o adaptador Azon Rotax, para a impressão de mídias em bobinas.

Fonte: Azonprinter