Fespa Brasil 2020 ocorrerá em setembro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/03/2020
Evento foi reagendado

Evento foi reagendado

As organizadoras APS e Fespa anunciaram a nova data para a Fespa Brasil 2020, que ocorrerá entre os dias 23 e 25 de setembro, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo.

A feira ampliou os horários de visitação: no dia 23 de setembro, será das 12h às 21h; e nos dias 24 e 25, das 11h às 21h.

Após a decisão de adiar o evento a fim de preservar a saúde de todos os envolvidos com a feira, as organizadoras estudaram cuidadosamente a nova data para a exposição.

Segundo comunicado oficial, as organizadoras estão retomando os preparativos para o evento e todos os congressos técnicos estão mantidos.

A APS e a Fespa agradecem o apoio neste momento crítico.

Fonte: APS



Mercado global de inkjet emergente crescerá 24,6% entre 2016 e 2021

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/11/2019
Pesquisa cobre segmentos incipientes da tecnologia inkjet

Pesquisa cobre segmentos incipientes da tecnologia inkjet

A Trends, consultoria de inteligência de mercado sediada no Reino Unido, publicou recentemente um estudo sobre o crescimento das tecnologias emergentes do mercado global de inkjet. Intitulado "Emerging Inkjet Printing Technologies, Applications and Global Markets", o relatório aponta que haverá crescimento (CAGR) de 24,6% entre 2016 e 2021.

A consultoria avalia que o mercado estudado deve atingir 12,6 bilhões de dólares até 2021. Em 2016, ele valia 4,2 bilhões de dólares.

O relatório também aborda tendências tecnológicas e mercadológicas e cobre os seguintes ramos:

  • Aromas e fragrâncias;
  • Eletrônicos;
  • Energia;
  • Estamparia de produtos como tecidos, cerâmicas, vidros e alimentos;
  • Impressão 3D;
  • Medicina e ciências da vida;
  • Óptica;
  • Produtos químicos.

O estudo, porém, não cobre aplicações tradicionais, como artes gráficas. Esse segmento é abordado em outro relatório recente da BCC Research, o “SMC036D Microfluidics: Technologies and Global Markets”.

A pesquisa inclui os seguintes tópicos:

  • Desenvolvimentos da tecnologia inkjet que devem influenciar o mercado até 2021;
  • Projeções de mercado detalhadas para cada tecnologia e aplicação, durante o período entre 2015 e 2021;
  • Tendências tecnológicas e de mercado esperadas a longo prazo;
  • Descrições dos principais players do setor.

O relatório ainda inclui:

  • Visão geral do mercado global de tecnologias e aplicações inkjet emergentes;
  • Análises das tendências do mercado global, com dados de 2015 e 2016 e projeções de taxas de crescimento anuais (CAGRs) até 2021;
  • Tendências e desafios específicos para diferentes segmentos;
  • Definições de tecnologias como microfluídica, nanotecnologia e outras. Segmentos de tecnologia, como cabeças de impressão, tintas e fluidos;
  • Discussão dos problemas envolvidos na tecnologia da cabeça de impressão, como fabricação, considerações sobre design e desempenho;
  • Análises de patentes;
  • Perfil das principais empresas do setor.

Fonte: Trends



Review: Impressora de resina Epson SureColor R5070L

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/04/2021
Lançamento conta com um novo tipo de tinta

Lançamento conta com um novo tipo de tinta

Em 2021, a Epson está fazendo jus ao seu amplo histórico de inovação no mercado das inkjet. Nesse ano, no Brasil, a fabricante anunciou, até o momento, quatro lançamentos para o setor. Além da menor impressora sublimática e de um modelo de entrada para estamparia digital têxtil, a marca apresentou um equipamento UV plano e a nova tecnologia de tinta de resina, a SureColor R5070L, que pode personalizar vinis adesivos, cartazes, tecidos, papéis de parede, papéis não revestidos e todos os substratos com base de celulose e até 1mm de espessura.

Com sistema rolo a rolo e seis canais de tinta colorida, a SureColor R5070L entra para competir no segmento acirradíssimo das impressoras de 1,6m, dominado atualmente pelas tecnologias solvente, látex e UV. Porém, a nova aposta da Epson tem qualidades únicas para se destacar entre seus concorrentes. A mais significativa, certamente, é a sua tinta de resina à base d'água, que entrega impressões de alta qualidade e prontas para laminação imediata, em mídias duráveis e resistentes a arranhões.

Tinta de resina

Com a primazia de utilizar tinta inkjet de resina multiuso, a SureColor R5070L vem com sistema alimentador composto por duas entradas de bags por cor. Cada bolsa, que pode ser substituída durante o funcionamento da impressora, contém 1,5 litro de tinta, em um total de 3 litros por canal. A fabricante garante que essa configuração aumenta a eficiência produtiva e reduz os custos operacionais da máquina.

Desenvolvidas e fabricadas pela Epson, as tintas empregadas na SureColor R5070L fazem parte da linha UltraChrome RS, que contém sete opções: preto, cyan, magenta, amarelo, light magenta, light cyan e otimizador. A descarga de otimizador cria uma camada base estável no substrato, para a subsequente impressão das tintas coloridas, com o fim de reproduzir imagens de alta qualidade, com linhas nítidas e detalhes excepcionais. Há também um canal exclusivo para o líquido de manutenção. 

Projetado para utilizar apenas as tintas originais da Epson, o equipamento dá saída a impressos que duram pelo menos três anos.

Além das opções CMYK, light cyan e light magenta, a impressora utiliza um otimizador e um líquido de manutenção

Tecnologia de impressão

Capaz de rodar em modos que variam entre 9,5m²/h e 34,3m²/h, a SureColor R5070L pode trabalhar na resolução máxima de 1.200 x 2.400dpi. A peça que garante a alta qualidade das imagens é a cabeça PrecisionCore Micro TFP de 2,6 polegadas e 1.600 nozzles. Exclusividade da Epson, essa tecnologia é outro diferencial da máquina, por disparar gotas de volumes variáveis e ser facilmente substituída pelo operador, que também não precisa se preocupar com a manutenção das cabeças. Isso porque um sistema automático, composto por um rolo de tecido (fabric wiper), executa a higienização da superfície delas antes do início das impressões.

Lançada em 2013, a PrecisionCore consolidou-se em diversos segmentos da inkjet de uso profissional, especialmente por proporcionar um controle preciso das gotas de tinta (Precision Droplet Control) nas impressões de qualidade superior. Além disso, é uma tecnologia estável e não aquece.

Outro recurso que torna a impressora mais produtiva é o seu sistema de secagem em três fases (pré, central e pós-aquecimento). O mecanismo promove a cura uniforme das tintas durante a impressão e ajuda a dar saídas prontas para o acabamento. Os aquecedores são controlados por meio do visor touch de 4,3 polegadas, que também oferece acesso a outras funções do equipamento, como a seleção de mídias, o modo de cor e o tempo estimado para cada trabalho.

O operador faz toda a interação com a impressora por meio do Epson Edge, software de fluxo de trabalho Print que inclui um motor Adobe PostScript 3, para o gerenciamento de todas as etapas integradas de design e impressão. O aplicativo também oferece ferramentas para que os usuários possam controlar a impressora remotamente.

Dois bags de 1,5 litro são usados por cor

Manutenção e instalação

Além de utilizar cabeças substituíveis pelo operador, a SureColor R5070L requer pouca manutenção. Isso porque ela conta com diversos sistemas automáticos de limpeza. No entanto, uma vez por mês, é necessário higienizar manualmente a região onde ficam instaladas as cabeças — procedimento fácil e que não toma muito tempo.

Para instalar a impressora, é preciso providenciar uma sala com temperatura e umidade controladas e um computador com sistema operacional Windows 8.1 (mínimo). Entre as condições elétricas básicas, o equipamento exige duas tomadas, para consumir aproximadamente 4,6kW (em funcionamento) e 1,0W (quando desligado).

A SureColor R5070L tem um ano de garantia oferecida pela Epson. A marca também disponibiliza serviços de suporte e indica assistências técnicas autorizadas de seus produtos.

Vantagens

A SureColor R5070L cai bem em fluxos de trabalho de birôs e gráficas que precisam de dinamismo e oferecem diferentes tipos de serviços. Segundo a fabricante, trata-se de um equipamento econômico, prático, produtivo e que permite estampar diferentes tipos de substratos. Além disso, sua principal vantagem é a produção de impressões com cores vivas e qualidade superior.

Montado com todos os componentes produzidos pela Epson, o equipamento está disponível no Brasil por meio dos revendedores oficiais da marca. A empresa, que está no país desde 1982, inaugurou uma fábrica em Barueri (SP) em 1997 e atualmente possui unidades em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Manaus.