Feira Serigrafia Sign volta a ser realizada em julho no Expo Center Norte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/11/2016
Próxima edição da feira ocorre entre os dias 12 e 15 de julho de 2017

Próxima edição da feira ocorre entre os dias 12 e 15 de julho de 2017

Em 2017, a Serigrafia Sign, mais tradicional feira de impressão e comunicação visual do país, voltará a ser realizada no mês de julho (entre os dias 12 e 15), no Expo Center Norte (SP), em dois pavilhões, totalizando mais de 30 mil metros quadrados de área.

A Informa Exhibitions, organizadora do evento, frisa que a próxima edição da Serigrafia Sign dará ênfase à disseminação de mais conteúdo e informação aos visitantes de todos os segmentos participantes.

Liliane Bortoluci, diretora da feira, declarou: “Entendemos que um evento, para se manter por tantos anos, deve proporcionar atrações inéditas e exclusivas para seus visitantes. Por isso, investiremos fortemente em conteúdo – com o envolvimento dos expositores – como parte do compromisso em ajudar os visitantes a implantar novas estratégias e tecnologias em suas áreas de atuação”.

Entre as novidades preparadas para 2017, a organizadora do evento destaca as seguintes ações:

- Serigrafia em Ação: espaço para a apresentação de técnicas e aplicações de serigrafia onde o visitante poderá se atualizar e conhecer detalhes de processos e técnicas para abrir ou ampliar seu negócio;

- Arena do Conhecimento: espaço destinado à atualização dos visitantes que trabalham com grandes formatos e comunicação visual. Terá palestrantes de renome e oficinas práticas;

- FutureTEXTIL: área pensada para a atualização e capacitação do setor de impressão têxtil digital, com palestras, desfiles, apresentações práticas, estamparias modelos, entre outros conteúdos;

- Blog: as revistas SIGN e SILK-SCREEN, reconhecidas setorialmente, transformaram-se no Blog da Serigrafia Sign. A estratégia de conteúdo setorial é um dos principais diferenciais da feira para atrair visitantes qualificados e manter um diálogo com expositores e mercado ao longo do ano.

Fonte: Serigrafia Sign



Fujifilm inaugura fábrica de tintas digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/01/2013

A planta tem 1800 metros quadrados

A planta tem 1800 metros quadrados

Tradicional fabricante de insumos para impressão digital, a Fujifilm acaba de anunciar a inauguração de uma nova planta em Broadstairs, no Reino Unido. Segundo a empresa, foram gastos mais de quatro milhões de euros para o planejamento e desenvolvimento da construção, além de um adicional de dois milhões e meio de euros para a atualização do departamento de pesquisa e desenvolvimento da fábrica. Ao todo, foram dois anos para a implementação do projeto.

O novo edifício tem 1800m2 e foi construído para aumentar em 56% a produção anual de tintas da empresa, para atender às novas demandas do mercado, que está migrando cada vez mais dos sistemas analógicos (serigrafia, por exemplo) para os digitais.

A fábrica tem a capacidade de produzir seis mil toneladas anuais de tinta, que depois é embalada e vendida em frascos, bolsas ou cartuchos, dependendo do modelo de impressora no qual ela será utilizada.

Mais de 340 empregados trabalham na planta e 80% deles estão envolvidos com pesquisa e desenvolvimento de tintas digitais.

Mais de 340 empregados trabalham na nova fábrica da Fujifilm

Mais de 340 empregados trabalham na nova fábrica da Fujifilm

Colin Boughton, diretor de operações da Fujifilm, comentou: "Nós planejamos tudo meticulosamente, levando em conta a nossa liderança na tecnologia de tintas digitais. Precisávamos ter equipamentos de ponta para garantir uma produção de alto nível, além de ter de aumentar o nosso volume".

Segundo a empresa, todo o projeto faz uso de métodos e processos produtivos que reduzem impactos ambientais. A fábrica emprega, por exemplo, uma caldera que consome 40% a menos de combustíveis fósseis que os sistemas mais convencionais de aquecimento.

Além disso, apenas 7% dos refugos gerados pela fábrica vão para aterros; 23% do lixo retorna como combustível. O restante, 70%, é reciclado. Isso significa que 93% do lixo é reusado de alguma forma.

A fábrica é certificada nas normas ISO 14001 e ISO 9001. E no meio de 2013, a empresa promete a certificação OHSAS 18001, voltada para saúde e segurança no trabalho.

Fonte: Fujifilm. Texto: InfoSgin



Memjet anuncia a falecimento de seu presidente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2020
Len Lauer atuava na empresa há 10 anos

Len Lauer atuava na empresa há 10 anos

No dia 12 de abril, Len Lauer, CEO da Memjet, faleceu inesperadamente em sua casa em La Jolla, Califórnia (EUA). Ele tinha 62 anos.

O executivo foi nomeado CEO da fabricante gráfica em 2010 e assumiu o cargo de presidente em 2012, para supervisionar e garantir o crescimento e o desenvolvimento das tecnologias de impressão inkjet da Memjet.

Lauer nasceu em Springfield, Massachusetts. Em 1979, se diplomou no curso de economia da Universidade da Califórnia, em San Diego (EUA). Por mais de 30 anos, ocupou cargos de liderança em empresas de tecnologia como Qualcomm e IBM.

Sua atuação na Memjet foi marcada pela perspicácia nos negócios combinada com seu espírito competitivo e fortes valores familiares, o que impulsionou a construção de equipes e parcerias fortes.

Tony Duddy, presidente do grupo Memjet, declarou: “Em nome de nosso conselho de administração e de nossos colaboradores, estendemos nossas mais profundas simpatias à família de Len durante esse período muito difícil. Len foi Líder excepcional e visionário em tecnologia de impressão digital inovadora e de alta qualidade. Foi um defensor incansável da Memjet. Mais importante, era um marido, pai e amigo dedicado. Todos sentiremos falta da sua tremenda presença em nossas vidas”.

Fonte: Memjet

Tags: Memjet,