Estão abertas as inscrições para o Cambea 2017

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/11/2016
Sétima edição da competição será realizada na Fespa Brasil 2017

Sétima edição da competição será realizada na Fespa Brasil 2017

Envelopadores, anotem na agenda: entre os dias 15 e 18 de março de 2017, dentro da Fespa Brasil, será realizada a próxima edição do já tradicional Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo (Cambea). O vencedor da competição disputará o World Wrap Masters Series, sediado na Fespa de Hamburgo, na Alemanha.

O campeonato é dividido em duas modalidades. Uma delas é o Cambea Pro, em que as equipes (formadas por envelopador e auxiliar) adesivam na primeira fase uma lateral e um capô em uma hora e meia. Na final, são cinco horas para adesivar o carro todo. A segunda modalidade é o Cambea Fast, em que os participantes têm a missão de envelopar um capô no menor tempo possível. O recorde atual é de Calebe San Martin, com o tempo de 3min28s.

As inscrições para o Cambea Pro podem ser feitas pelo site. As demais provas receberão as inscrições gratuitas durante o evento.

Novamente, o Cambea receberá Justin Pate, considerado um dos maiores especialistas em envelopamento automotivo do mundo, que marcará presença na arena Cambea Lab.

Marcelo Souss, idealizador e organizador do Cambea, declarou: “É o local onde os envelopadores do Brasil inteiro se encontram, trocam informações e experiências, tiram dúvidas, fazem contatos, aprendem novas técnicas, adquirem ferramentas, ou seja, agregam muito valor ao seu trabalho. É um evento obrigatório a quem atua com envelopamento”.

A grande novidade para 2017 será o concurso cultural Cambea Creative, que objetiva valorizar e reconhecer o trabalho do designer gráfico, fundamental no sucesso da comunicação em veículos e responsável pela funcionalidade, beleza e a objetividade dos envelopamentos. Serão premiados os três melhores projetos. O vencedor terá seu trabalho adesivado no carro oficial do Cambea, além de receber prêmios de empresas de design, como o Grupo PhotoPro. Mais informações sobre o concurso serão divulgadas em breve.

Fonte: Fespa Brasil



Mimaki apresenta novas tintas látex LX101 na Fespa 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/06/2013

Durante a Fespa 2013, em Londres, a Mimaki vai apresentar sua nova linha de tintas látex LX101, compatível com a série de impressora digitais JV400. A novidade traz as cores laranja e verde, o que aumenta a gama de cores das reproduções impressas.

"Nossas impressoras látex têm se mostrado muito populares, e acreditamos que nossos clientes ficarão muito animados com estes acréscimos. As tintas LX101 são mais ecológicas do que as tintas à base de solvente", comentou Mike Horsten, gerente geral de marketing da Mimaki.

Mimaki apresenta novas tintas látex

Mimaki apresenta novas tintas látex

"Essas novas tintas oferecem cores vivas e brilhantes, e estamos muito animados para mostrá-las na Fespa 2013, pois acreditamos que elas podem trazer excelentes resultados para os nossos clientes", acrescentou Horsten.

As impressoras Mimaki JV400-130 e JV400-160 trabalham com uma grande variedade de substratos, incluindo papel não revestido, utilizando tintas látex, para aplicações internas e externas.

Fonte: Mimaki Europa



Agfa lançará impressora Anapurna H3200i LED na SGIA 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/08/2016
H3200i LED complementa a série de impressoras híbridas da Agfa

H3200i LED complementa a série de impressoras híbridas da Agfa

A Agfa, fornecedora de impressoras e tintas digitais, estará presente na edição 2016 da SGIA, feira que ocorrerá entre os dias 14 e 16 de setembro, em Las Vegas, EUA. No evento, a fabricante promete lançar o Anapurna H3200i LED, equipamento híbrido de impressão de grande formato com largura de 3,2m.

Acionada por correia, a impressora pode trabalhar com todos os tipos de mídias em rolo com largura de até 3,2m, tanto na configuração de rolo único como na de dois rolos. A máquina também possibilita a impressão em materiais rígidos de 2m × 3m.

Outro diferencial do equipamento é a função de tinta branca, que inclui pré-branco, pós-branco, ponto e sanduíche. Além disso, a máquina é operada com o Asanti 3.0, sistema de fluxo de trabalho dedicado a impressão de grande formato.

A Anapurna H3200i LED também incorpora tecnologia de cura por UV LED refrigerada a ar, que permite a utilização de maior variedade de mídias, além de economizar energia, aumentar o tempo de utilização do sistema e reduzir despesas operacionais.

Willy Van Dromme, gerente de marketing de grande formato da Agfa Graphics, declarou: “Com o fluxo de trabalho Asanti, a cura por LED UV e a série Anapurna ampliada com a H3200i LED, frisamos nosso compromisso com os mercados em que atuamos. Nossos clientes se beneficiarão com a economia operacional, o maior leque de mídias e as vantagens ambientais que a cura por UV LED confere aos sistemas, sem comprometer a qualidade de impressão e a produtividade”.

Além da nova impressora da linha Anapurna, na SGIA 2016 a Agfa apresentará a FB2540i LED (plana), a RTR3200i LED (rolo a rolo), a Jeti Mira (plana com sistema rolo a rolo acoplável) e a Jeti Tauro (híbrida com ¾ de automação).

Tecnologia UV LED da série Anapurna i

Os equipamentos da linha Anapurna i incorporam lâmpadas UV LED de 16 W/cm² refrigeradas a ar, e as tintas da Agfa combinam com as frequências ultravioleta específicas das lâmpadas.

Graças à menor emissão de calor, é possível imprimir em um leque maior de mídias, inclusive em substratos sensíveis ao calor, como estireno de camada fina e materiais de tecido de PVC.

A tecnologia de cura de LED ultravioleta também oferece outras vantagens operacionais e ambientais. Ao contrário das lâmpadas de mercúrio, a vida útil do LED condiz com a vida útil de uma impressora, que é, em média, de cinco anos.

As lâmpadas de LED podem ser acesas e apagadas instantaneamente, sem degradação da intensidade. Consequentemente, tanto o custo como os períodos de inatividade devido à substituição das lâmpadas são menores. Além disso, a potência – um elemento importante para a conservação das características físicas da impressão – se mantém consistente durante a vida útil dos LEDs.

Finalmente, as lâmpadas de LED prescindem de aquecimento e resfriamento, o que reduz o consumo de energia durante a impressão, diminuindo-o a um mínimo absoluto durante as pausas – e isso resulta na redução do valor da conta de energia.

Fonte: Agfa