Epson inaugura showroom de soluções têxteis no Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/02/2020
É o primeiro Centro de Soluções da Epson na América Latina

É o primeiro Centro de Soluções da Epson na América Latina

A fabricante Epson inaugurou em Barueri (SP) um showroom totalmente dedicado às suas tecnologias de estamparia digital têxtil. O Centro de Soluções (Solutions Center), que pode ser visitado por qualquer profissional interessado nos produtos da marca, está atualmente equipado com impressoras industriais (Monna Lisa Evo Tre 16), sublimáticas (SureColor F9370) e DTG (SureColor F2100 e F3070).

Fábio Neves, presidente da Epson do Brasil, declarou: “O Brasil é um dos principais atores da indústria têxtil mundial. Produzimos desde a fibra até o produto final manufaturado. Foi com base neste mercado que a Epson desenvolveu as suas tecnologias de sublimação. Por isso, o país foi escolhido para sediar o primeiro Solutions Center da América Latina. Ele é um exemplo de como podemos fazer mais com menos, sem deixar de lado as questões ambientais. É tudo o que o empresário precisa, somado a um rápido retorno de investimento”.

Além de impressoras DTG e sublimáticas, o showroom acomoda máquinas de porte industrial

Outro objetivo do Centro de Soluções é apresentar a todos os segmentos do mercado têxtil as inovações dos maquinários da Epson e impulsionar a digitalização e a sustentabilidade nos processos de estamparia. Para tanto, ele mostra que, em apenas 200m², é possível estampar 20 mil e 200 mil m² de tecido por mês. Em comparação, uma estamparia analógica precisaria de um espaço dez vezes maior para produzir a mesma quantidade.

De acordo com a ONU, a indústria da moda é o segundo setor econômico que mais consome água e produz cerca de 20% das águas residuais do mundo. O Brasil, segundo a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), tem a maior cadeia têxtil do Ocidente e é um dos setores que mais emprega no país: são 1,5 milhão de empregados diretos e quase 8 milhões de indiretos.

No Centro de Soluções Epson, o visitante depara com diversas impressoras e aplicações têxteis

Fonte: Epson Brasil



Pigment.inc lança impressora para estamparia têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2015

RoTX 2600 apresenta largura de 2,6m

RoTX 2600 apresenta largura de 2,6m

A Pigment.inc, fornecedora internacional de equipamentos para estamparia, anunciou para a Fespa 2015, na Alemanha, o lançamento da RoTX 2600, impressora têxtil digital. A máquina começará a ser vendida em junho pela Graphics One na América do Sul.

Com 2,6m de largura, a máquina inclui uma estação de cura em linha, um sistema específico de manipulação de mídias, a capacidade de trabalhar com praticamente qualquer tecido e um sistema rolo a rolo opcional de pré-tratamento.

O equipamento pode trabalhar na resolução de 1440dpi, apresenta oito canais de cores e oferece opções de uso de tintas sublimáticas, pigmentadas (para algodão), reativas (fibras naturais) e ácidas (seda e nylon).

Segundo a empresa, a impressora emprega o roto-trac, sistema de alimentação de substrato que elimina o uso de cintas adesivas e acomoda 95% de todos os tipos de tecidos que podem receber impressão digital.

Fonte: My Print Resource



Roland DG doa equipamento para projeto Fab Lab Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/12/2015
Laboratório brasileiro da rede Fab Lab recebeu uma modeladora da Roland DG Brasil

Laboratório brasileiro da rede Fab Lab recebeu uma modeladora da Roland DG Brasil

A Fab Lab é uma rede mundial de laboratórios de fabricação digital compostos por máquinas, softwares e ferramentas eletrônicas. Com o objetivo de democratizar tecnologias e incentivar o conhecimento aberto, cada unidade atua localmente para dar contribuições a diversos mercados internacionais. Criada há onze anos no IMT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), a rede atualmente possui 800 laboratórios ao redor do mundo.

No Brasil desde 2013, a Fab Lab vem ganhando força e recebeu recentemente uma doação da Roland DG, que tem uma parceria mundial com a rede desde o início do projeto.

Heloísa Neves, do Fab Lab, declarou: “As vantagens dos equipamentos Roland são diversas, principalmente porque são máquinas simples, de fácil manuseio e não dão problemas com manutenção. Fatores muito importantes, pois quando você coloca a tecnologia na mão de uma pessoa que está aprendendo, o equipamento precisa funcionar bem, para que a pessoa não fique frustrada”.

Para reafirmar a parceria, a Roland DG Brasil doou uma unidade da iModela, modeladora 3D compacta de fácil operação, que se encaixa facilmente em qualquer espaço de trabalho. O equipamento foi desenvolvido para explorar ao máximo a criatividade de quem opera.

De acordo com Willians Lotti, gerente de produto da Roland DG, essa doação é só o início: “Nosso objetivo é ampliar cada vez mais a parceria e mostrar para o mercado todos os benefícios de ter um equipamento Roland DG”.

Fonte: Roland DG Brasil