Durst comercializará linha de impressoras Tau no Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/05/2016
Modelo Tau 330 é o carro-chefe da linha

Modelo Tau 330 é o carro-chefe da linha

A filial brasileira da Durst, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou que a partir de junho de 2016 passará a englobar as ações comerciais diretas que envolvem a linha Tau. Anteriormente, as operações estavam a cargo de uma empresa parceira.

Da linha, o destaque fica por conta da Tau 330, impressora inkjet para rótulos e etiquetas que trabalha com resoluções de até 720 x 1.260 dpi, mídias com até 330mm e tecnologia de ponto variável. A máquina pode ser equipada com até sete cores (CMYK, laranja, violeta e branco). Por ter alta opacidade, a tinta branca garante cobertura total em apenas uma passada, o que reduz o consumo de tinta e, por conseguinte, o custo de produção. 

Outro fator importante das mudanças na comercialização da linha Tau no Brasil refere-se à política de garantia e de peças de reposição. A Durst Brasil oferece 12 meses de garantia para os equipamentos.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: “Além disso, mantemos um estoque de peças no Brasil, o que evita problemas com prazos e burocracia para importação em caso de paradas técnicas”.

Drupa 2016

A Durst anunciou o lançamento da Tau 330E durante a Drupa 2016, feira que ocorre na Alemanha entre os dias 31 de maio e 10 de junho. Trata-se de uma impressora que incorpora tecnologia de tinta pigmentada e oferece alta produtividade na produção de rótulos e etiquetas. Indicado para pequenas e médias empresas, o equipamento pode trabalhar com até cinco cores (CMYK e branco) e roda na velocidade de 48 metros lineares por minuto.

Ricardo Pi fez também a seguinte afirmação: “Enxergamos um grande potencial para o mercado de rótulos e etiquetas produzidos com impressão inkjet digital UV no Brasil. A tecnologia inkjet UV traz diferenciais competitivos importantes diante de seus concorrentes que usam toner e tintas, como, por exemplo, maior produtividade e, devido à sua velocidade, custo operacional menor”.

Fonte: Durst Brasil



Museu londrino usa sinalização digital em mostra

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

As mídias de sinalização digital já fazem parte do nosso cotidiano, não apenas em cafés e restaurantes, mas em locais como museus e galerias. Prova disso é uma recente mostra realizada no Victoria and Albert Museum, de Londres (Inglaterra).

Para a exibição "British Glamour Since 1950", o museu fez uma instalação inusitada: contou com projetores Projectiondesign F32 para apresentar imagens na parte superior das quatro alcovas do ambiente (construído na segunda metade do século XIX, o edifício conta com formas abaloadas em seu interior).

O sistema desenvolvido pela Sysco em parceria com a Electrosonic usou o software Watchout (da Dataton), para ajustar as imagens projetadas.

"As alcovas do museu têm curvaturas que produzem uma superfície de projeção incomum, por causa disso foi preciso deformar as imagens projetadas, para que elas casassem perfeitamente com o ambiente".

Para Fredrik Svahnberg, diretor da de marketing da Dataton, essa foi uma boa oportunidade para mostrar o quanto a sinalização digital pode enaltecer um local público: "Estão usando a nossa tecnologia como um meio de explorar a beleza da arquitetura", concluiu.

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Fonte: ScreenMedia. Texto: InfoSign



Ritrama apresenta três novos vinis monoméricos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/03/2017
Mídias foram desenvolvidas para profissionais com pouca experiência em aplicação de vinis adesivos

Mídias foram desenvolvidas para profissionais com pouca experiência em aplicação de vinis adesivos

A Ritrama, fabricante italiana de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional a Easy Application Solutions, nova série de vinis monoméricos para aplicações de curta e média duração. Segundo a empresa, os materiais são indicados a profissionais que procuram soluções fáceis de serem aplicadas em lojas de varejo, vitrines, painéis, fachadas, displays, entre outras aplicações de sinalização. Confira as principais características de cada um dos vinis:

RI-DOT

Com 100µ e acabamento transparente ou branco fosco, o RI-DOT lança mão de uma nova tecnologia de revestimento: um padrão especial com áreas não adesivas que, segundo a Ritrama, permite que todo o ar seja removido do material durante a aplicação, o que evita a formação de bolhas. A mídia é indicada para aplicações de curto prazo em ambientes fechados e pode receber impressão inkjet ecossolvente e látex.

RI-JET 100

Com 100µ, adesivo removível e tecnologia Airflow, RI-JET 100 é fácil de ser removido de superfícies de vidro. Disponível em acabamento transparente ou branco fosco, a mídia foi concebida para decorar vitrines para campanhas promocionais de curta duração. Além disso, é adequada para personalizar mobiliário e instalações temporárias em superfícies planas de veículos. Pode receber impressão digital UV, solvente, ecossolvente e látex.

RI-FIX

Com 170µ e acabamento transparente ou branco fosco, a RI-FIX é indicada para aplicações em ambientes internos de curta e média duração. A mídia é indicada para personalizar superfícies de vidro e plástico e contém um adesivo que permite a remoção sem deixar resíduos. É compatível com impressão digital UV, solvente e ecossolvente.

Fonte: Ritrama