Digital Sign lança cartuchos para limpeza de cabeças

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2014

Cartuchos da InkJetClean é compatível com impressoras que usam cabeças Epson

Cartuchos da InkJetClean são compatíveis com impressoras que usam cabeças Epson

A Digital Sign Technologies, fornecedora de materiais para impressão digital, lançou no mercado internacional cartuchos da linha InkJetClean, composta por insumos para limpeza, manutenção e recuperação de cabeças de impressão da Epson. Os cartuchos são compatíveis com equipamentos ecossolvente Mimaki, Roland e Mutoh.

O fluido passa pelas cabeças e recupera os nozzles avariados. Além disso, limpa as tubulações e o capping station da impressora.

Em minutos, os cartuchos melhoram a condição das cabeças, economizando tempo e eliminando riscos associados ao desgaste das peças.

Os cartuchos podem ser usados quando o operador da impressora notar problemas decorrentes do entupimento dos nozzles. A manutenção assegura a consistência e a qualidade de saída dos impressos, além de aumentar o tempo de vida útil das cabeças.

Fonte: My Print Resource



Bordeaux lança quatro tintas digitais compatíveis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/06/2014

Uma das tintas da nova linha da Bordeaux é a Fuze Eco PR4

Uma das tintas da nova linha da Bordeaux é a Fuze Eco PR4

A Bordeaux, fabricante de tintas digitais, anunciou o lançamento de quatro insumos. Conheças as principais características técnicas das novas tintas compatíveis:

Fuze Eco PR4

Tinta solvente compatível com impressoras Roland Soljet Pro 4 XR-640, Soljet Pro 4 XF-640 e VersaCAMM Vsi. Segundo a fabricante, o insumo é ideal para aplicações indoor e outdoor que exigem resistência a luz e água. Possui baixo nível de odor e garante até dois anos de durabilidade.

Fuze MS 3, MS 33 e MS 5 (version 2)

As tintas Fuze MS 3, MS 33 e MS 5 são compatíveis com impressoras Mimaki JV3, Mimaki JV33 e Mimaki JV5, respectivamente. Podem ser usadas em máquinas que empregam cabeças Epson DX4, DX5 e DX6.

O insumo contém solvente médio (mild  solvent), apresenta baixo odor, rápida secagem, alta resistência a riscos e pode ser usado em aplicações indoor ou outdoor.

Fonte: Bordeaux



Versão 5 do software Easy Cut Studio chega ao mercado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2020
Mecanismo de 64 bits é um dos diferenciais da nova versão do aplicativo para plotters

Mecanismo de 64 bits é um dos diferenciais da nova versão do aplicativo para plotters

A desenvolvedora EasyCut anunciou a versão 5 do Easy Cut Studio, software de corte e o design de sinalização. Além de suportar mais de 600 modelos de plotters, o aplicativo é compatível com o mais recente sistema operacional da Apple, o macOS 10.15 Catalina.

Segundo a empresa, o Easy Cut Studio 5 é o resultado de dois anos de desenvolvimento e pesquisa com dezenas de fabricantes de plotters de recorte e centenas de clientes no mundo todo.

Com recursos para criar e editar gráficos vetoriais, o software possui um mecanismo de 64 bits que aumenta a velocidade de produção. Além disso, o aplicativo conta com os seguintes recursos e características:

- Suporte para plotters GCC RXII, UKCutter SMURF, Cotek, FlyCut, Bridge, Bascocut, Vinyl Express GRC, ArtSign e EastSign;

- Opção “sensitivity” para USCutter TITAN3 ARMS;

- Opção TCP para plotter Janome;

- Exportar no formato PDF;

- Guidelines personalizadas;

- Cor personalizada para Cutting Mat;

- Funções adicionais para o Trace Image.

O Easy Cut Studio 5 roda em Windows XP/Vista/7/8/10 (32/64 bits) e macOS 10.10-10.15. Uma licença custa 59,95 dólares. Os clientes licenciados recebem suporte técnico gratuito e serviço gratuito de pós-venda.

Os atuais usuários do Easy Cut Studio 4 podem fazer gratuitamente o upgrade para a versão 5 do programa.

Fonte: EasyCut