Como sua empresa de impressão pode sobreviver à crise do coronavírus

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2020
Empresários australianos compartilham estratégias para manter a perspectiva em tempos de pandemia

Empresários australianos compartilham estratégias para manter a perspectiva em tempos de pandemia

Em meio à crise causada pela pandemia de covid-19, empresas do setor estão se mobilizando para ajudar a comunidade de impressão internacional. Uma das maiores gráficas digitais da Austrália, a Mediapoint compartilhou algumas das suas estratégias para atravessar esse momento difícil:

Saúde dos colaboradores

A saúde dos profissionais, bem como de suas famílias, vem em primeiro lugar. Certifique-se disso. Seus clientes entenderão esse ponto.

Conheça seu status atual

Você precisa conhecer seu capital de giro atual, para determinar quanto tempo você pode realmente sobreviver. Você também precisa calcular quanto dinheiro seus clientes estão devendo, além de saber o que você deve aos seus fornecedores.

Descobrir seu ponto de equilíbrio

Descubra quais são suas despesas gerais essenciais e quais os direitos da equipe que você precisa pagar no caso de um “lockdown”.

Por quanto tempo seu negócio pode se manter?

Divida seu capital de giro pelo ponto de equilíbrio mensal e veja quantos meses você pode durar.

Você está confortável?

Se você não se sentir confortável com o tempo que sua empresa pode se manter, você pode enxugar despesas gerais? Você pode pedir ajuda ao banco? Você pode estender os pagamentos? Você precisa tomar decisões duras? A cada 10% economizado mensalmente em seu fluxo de caixa, você ganha 10% mais de tempo de operação.

Funcionários

Cuide de sua equipe o máximo que puder, para que ela possa sobreviver. Mas a prioridade número um é garantir que seus colaboradores tenham um local de trabalho para quando voltarem. Quando a pandemia chegar ao fim, mais pessoas ficarão desempregadas; portanto, quanto mais vagas você puder manter, melhor.

Mantenha a calma

Esta é a melhor oportunidade que você terá para mudar seus negócios, então use-a com sabedoria.

Fonte: Mediapoint



MultiCam lança opcionais de segurança para equipamentos de corte e gravação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/06/2014

Routers podem receber incremento de segurança operacional

Routers podem receber incremento de segurança operacional

A MultiCam, fabricante de equipamentos de corte e gravação, lançou equipamentos de segurança dedicados a proteger operadores de routers, máquinas de acabamentos e máquinas a laser, plasma, faca e jato d’água. O conjunto de dispositivos contém opções como cortina de luz, tapetes e óculos de segurança.

A cortina de luz possui transmissores fotoelétricos que lançam feixes de luz infravermelha a um receptor da máquina. Eles interrompem a operação do equipamento caso um objeto ou uma pessoa atravesse os feixes.

Os tapetes de segurança devem ser instalados em torno da máquina, para proporcionar uma área segura aos operadores que precisam parar a máquina ou fechar o obturador mecânico.

Já o uso de óculos especiais servem de proteção aos olhos dos operadores que trabalham com máquinas a laser.

Fonte: SGIA



Vanguard lança impressora UV VK300D

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/05/2016
Plana, a VK300D pode imprimir até 40 placas em uma hora

Plana, a VK300D pode imprimir até 40 placas em uma hora

A fabricante Vanguard anunciou no mercado internacional a VK300D, impressora plana UV capaz de trabalhar com substratos no formato máximo de 1,5m x 3,1m e 10cm de espessura.

Segundo a empresa, a VK300D utiliza conjunto de tintas composto pelas cores CMYK e branco e emprega cabeças Kyocera (com 2.656 nozzles) capazes de disparar gotas com 4, 8 ou 12 picolitros. Além disso, a máquina incorpora tecnologia de impressão para garantir a reprodução de uma gama de cores do escopo “G7-certified”, em modos de produção de 40 placas por hora (alta produtividade) ou 30 placas por hora (em alta qualidade).

Outro diferencial da VK300D é a tecnologia ajustável de cura LED, a qual possibilita maior controle de processo ao trabalhar com substratos diversos, tanto rígidos quanto flexíveis.

A VK300D complementa o portfólio da Vanguard, composto também pelo VR5D, modelo de impressora UV que emprega cabeças Ricoh Gen5 e BandGuard, tecnologia que utiliza alinhamento simétrico das cabeças (CMYK-KCMY) a fim de eliminar banding.

Tanto a VR5D quanto a VK300D podem receber upgrades e cabeças de impressão adicionais para ficarem mais produtivas.

Jim Peterson, fundador da Vanguard, declarou: “Essa impressora é um novo marco. Os visitantes da feira ISA, onde lançamos a máquina, ficaram maravilhados com a qualidade de cores da VK300D”.

Fonte: Vanguard