Avery lança vinis adesivos com acabamento muito brilhante

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/10/2015
Películas da linha Supreme Wrapping Diamond reproduzem efeito “diamante” em objetos envelopados

Películas da linha Supreme Wrapping Diamond reproduzem efeito “diamante” em objetos envelopados

A Avery Dennison, fabricante de películas adesivas, anunciou mais uma leva de novos vinis da linha Supreme Wrapping, desenvolvida especialmente para envelopamento de veículos. Trata-se da série de “Diamond” (Diamante), com acabamento brilhante luminoso e que incorpora as seguintes cores: branco, vermelho, roxo, azul, prata e âmbar.

Os novos vinis Diamond são uma combinação de filme cast colorido e de filme para laminação. Além disso, são vendidos em diversos tamanhos de bobinas e apresentam a tecnologia Easy Apply RS, que permite o reposicionamento do material, cujo adesivo é removível.

Roxanne McSpadden, diretora de marketing da Avery Dennison, declarou: “Os vinis brilham e chamam atenção em ambientes internos e externos com qualquer tipo de luz. As cores variam do fogo ao gelo, para proporcionar glamour e brilho a itens que requerem atenção especial, como veículos, sinalizações ambientais e até mesmo instrumentos musicais”.

Kevin Kempf, dono do birô PG Nola, em New Orleans (EUA), declarou: “Os flocos metálicos nos filmes Diamond são incríveis. Aplicamos o vinil em uma moto Harley Davidson. O cliente é parado por pessoas o tempo todo, que comentam sobre as cores e a forma como elas brilham sob a luz”.

Harley Davidson envelopada com vinil da linha Supreme Wrapping Diamond

Fonte: Avery Dennison



Cabeça de impressão à base d’água amplia portfólio da Xaar

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/06/2017
Xaar 5501 é indicada para impressoras têxteis

Xaar 5501 é indicada para impressoras têxteis

A fabricante Xaar anunciou a Xaar 5501, nova cabeça de impressão com tecnologia à base d’água. O dispositivo, que complementa as famílias Xaar 1201 e Xaar 5601, é indicado para fornecedores que trabalham em regime OEM e foi desenvolvido em colaboração com a Xerox.

Com tecnologias piezo e Xaar Drive Electronics, a cabeça imprime a 1200 dpi em aplicações como tecidos (diretamente ou com sublimação) e sinalização (banners, cartazes e displays).

A Xaar 5501 possui 5544 nozzles, dispara gotas de 5 picolitros e oferece largura de impressão de 115mm, além de ser compatível com uma variedade de fluidos, como tintas aquosas, tintas UV com baixa viscosidade.

A cabeça emprega usa um sistema de posicionamento e alinhamento por meio de software. Isso uma configuração rápida e fácil das impressoras. Além disso, não requer um sistema de recirculação de tinta, o que diminui custos de integração. A peça também pode ser empregada em aplicações de alta produtividade, em sistemas de impressão única passada.

Jason Remnant, gerente de produto da Xaar, declarou: “Agora temos uma gama completa de soluções para atender a maioria das aplicações que usam cabeças de impressão a jato de tinta de baixa viscosidade. A Xaar 5501 é uma solução muito rentável para impressoras têxteis e de amplo formato, e estará amplamente disponível para parceria OEM no final de 2017”.

Fonte: Xaar



Bordeaux lança tinta digital látex

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

Eden TX foi desenvolvida para impressão de tecidos

Eden TX foi desenvolvida para impressão de tecidos

A Bordeaux, fabricante de insumos para impressão digital, lançou a Eden TX, série de tintas látex compatíveis com tecidos de fibras naturais, sintéticas ou misturadas.

Trata-se de uma tinta pigmentada à base d’água que pode imprimir diretamente (sem a necessidade de pré ou pós-tratamento) em substratos de algodão ou de poliéster – versatilidade que a fabricante enxerga como fundamental no mercado atual de impressão digital.

Por imprimir em qualquer mistura de tecidos (100% algodão, 100% poliéster ou uma mistura de ambos), a Eden TX dispensa os birôs de estocarem vários tipos de tinta para imprimir em diferentes tipos de tecidos.

Segundo a empresa, a tinta látex da Bordeaux foi desenvolvida para ser empregada em cabeças de impressão piezoelétricas da Epson.

Fonte: Bordeaux