Artigo: Como o uso eficiência do tempo afeta a produtividade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/09/2019
A chave do sucesso é gerir o tempo adequadamente

A chave do sucesso é gerir o tempo adequadamente

À medida que fazemos a transição para a segunda metade de 2019, percebo-me valorizando o tempo como um bem precioso. Em termos de negócios, na minha opinião, a chave do sucesso não é “gastar” tempo, mas “investir” nele.

Se você administra uma empresa de impressão de grande formato e sinalização, está ciente dos inúmeros processos que consomem muito tempo. A elaboração do design é um deles. Você já calculou as horas necessárias para criar apenas um trabalho? Em caso positivo, você provavelmente já explorou maneiras de reduzir isso. Afinal, tempo é dinheiro.

A boa notícia é que há soluções de software para aliviar isso e otimizar o fluxo de trabalho. Os principais fornecedores continuam a apresentar produtos ricos em recursos que atendem necessidades de ponta a ponta. Alguns até oferecem um poderoso RIP de 64 bits, de alta velocidade. Essa potência e uma série de recursos que economizam tempo garantem uma funcionalidade sem precedentes, especialmente na fase de criação e design. Do ponto de vista comercial, isso significa que você pode exceder as expectativas do cliente em relação às rotinas de trabalho e maximizar o rendimento e aumentar os resultados.

As soluções que economizam de tempo não param por aí. Os fornecedores vanguardistas continuam a olhar para o futuro e oferecem soluções de valor agregado que poupam tempo no fluxo de trabalho, como bancos de dados com um extenso catálogo de modelos de peças de sinalização e comunicação visual. Com eles, você pode localizar e baixar rapidamente logos, fontes ou projetos de envelopamento de veículos. Os trabalhos são executados com mais rapidez, e você fica apto a começar outros trabalhos.

Talvez você já esteja sorrindo por ter economizado tempo com essas ferramentas. Isso é ótimo, embora o tempo - ou a falta dele - seja um problema sempre presente, eu encorajo você a ficar atento às tecnologias inovadoras que podem ajudar a aliviar esse problema.

Estamos vendo as tecnologias de realidade aumentada (RA) e inteligência artificial (IA) entrarem no mercado de sinalização e formato grande. Embora seja improvável num futuro imediato, a IA tem o potencial de revolucionar a forma de produzir comunicação visual. Ela poderá ajudar os designers de sinalização ao sugerir fontes, imagens e layouts, o que, por sua vez, pode automatizar os processos e aumentar a produtividade para empresas de grandes formatos.

Então, se você acha que um tempo desnecessário está sendo gasto na criação e pré-impressão, talvez seja hora de mudar. Pense: no fim do dia, você não pode compensar o tempo perdido, só pode tentar fazer melhor no dia seguinte.

Este artigo foi escrito por Marcelo Chagas, gerente de vendas da SAi para a América Latina

 



HP anuncia impressoras da série Latex 300

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/04/2014

Latex 360 faz parte da nova sperie de impressoras de grande formato da HP

Latex 360 faz parte da nova série de impressoras de grande formato da HP

A HP, fabricante de impressoras digitais, apresentou na ISA Sign Expo, feira norte-americana que aconteceu de 24 a 26 de abril, a nova geração de equipamentos látex, a HP Latex 300. A série é composta por três modelos:

HP Latex 310

Impressora de entrada de 1,37m de largura. Compacto, o modelo apresenta carregamento frontal de substrato, para melhor aproveitamento da área de produção.

HP Latex 330

Com 1,62m e velocidade de até 50m2/h, a impressora combina versatilidade de aplicações e permite rodar bobinas de substratos maiores e mais pesadas.

HP Latex 360 

Com 1,62m de largura, a impressora trabalha na velocidade de até 91m2/h e apresenta coletor de tinta para tecidos porosos. A máquina também possui registro automático front-to-back para impressão dupla face.

As impressoras empregam tinta HP 831 Latex, que oferece resistência a arranhões, e RIP SAi FlexiPRINT Basic Edition (apenas as HP Latex 310 e 330).

Fonte: Large Format Review



Graphtec anuncia nova plotter plana de recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/06/2018
FCX4000 opera na velocidade máxima de 750mm/s

FCX4000 opera na velocidade máxima de 750mm/s

A fabricante Graphtec GB ampliou sua linha de plotters planas de recorte e lançou o modelo FCX4000, que substitui o FC4500 e incorpora recursos encontrados no FCX2000.

Indicada para produção de vestuário, decoração, sinalização, embalagem e etiqueta, a FCX4000 está disponíveis em duas dimensões (660mm x 488mm ou 976mm x 660mm) e trabalha com força de corte 600 gf e velocidade máxima de 750mm/s.

Fornecida com uma variedade de acessórios, a plotter inclui uma lâmina de corte de aço, uma caneta com ponta de fibra à base d’água e uma ferramenta de vincar. Os programas de design e produção Pro Studio e Cutting Master 4, da Graphtec, também fazem parte do pacote.

A FCX4000 vem com a versão 6.0 do sistema patenteado ARMS (Advanced Registration Mark Sensing). Além disso, a máquina oferece operação de corte offline por meio da memória USB, monitoramento do desgaste da lâmina de corte e gerenciamento de dados por código de barras.

A plotter trabalha com muitos tipos de mídias de várias espessuras, como vinil fluorescente ou refletivo de até 0,2mm, papel-cartão de até 0,5mm, papelão de até 1,5mm, filme refletivo de até 1mm, entre outros substratos.

A FCX4000 é compatível com o Windows 7, 8, 8.1 e 10 e está em conformidade com todos os padrões relevantes de segurança e desempenho da CE.

Fonte: Graphtec