Zünd lança Zünd Cut Center 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/12/2017
ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

A Zünd, fabricante de mesas de corte, anunciou a versão 3.0 do Zünd Cut Center (ZCC). O software passou a oferecer métodos de registro aprimorados e um painel de controle adicional, para acesso remoto às informações de produção.

O ZCC 3.0 inclui algoritmos para capturar as marcas com mais precisão. Assim, a câmera ICC visa apenas marcas críticas, ignorando as demais. Isso gera economia de tempo e aumenta a produtividade.

A dashboard é outro destaque da nova versão do aplicativo. Por meio dela, é possível visualizar os dados de desempenho das mesas de corte Zünd, para gerenciamento e acesso remoto a todos os dados de produção. O status do trabalho em tempo real pode ser visualizado a qualquer hora e em qualquer lugar. As estatísticas fornecem uma visão clara e instantânea da produção.

O Cut Queue do ZCC 3.0 oferece uma paleta de ferramentas de planejamento de produção e gerenciamento de tarefas. Muitas configurações podem ser manipuladas manualmente ou automaticamente por meio de hot folders, através do Cut Editor.

Os hot folders geram automaticamente arquivos para programas de CAD e layout. Isso acelera a preparação e elimina as etapas manuais. O software também otimiza automaticamente os dados de corte, para diminuir o tempo de processamento.

O Cut Editor também oferece funções de corte, vinco e nesting.

Fonte: Zünd



Konica Minolta lança série de impressoras UV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/09/2018
Linha contém os modelos AccurioWide 160 e 200

Linha contém os modelos AccurioWide 160 e 200

A filial norte-americana da Konica Minolta, fabricante de soluções para impressão, anunciou o lançamento comercial dos modelos AccurioWide 160 e 200, equipamentos inkjet UV LED de grande formato com sistema híbrido de alimentação de substratos.

Com cabeça Konica Minolta KM1024i, as máquinas estampam na resolução média de até 1440x720dpi e incorporam tecnologia de impressão que emprega mais pigmento por gota disparada, o que reduz o consumo total de tinta.

Segundo a empresa, o AccurioWide 160 opera em vários modos de produção e pode imprimir com quatro cores e tinta branca ou seis cores. O AccurioWide 200 é mais produtivo e tem uma largura maior, além de empregar seis cores e tinta branca.

Com capacidade de impressão para uma ampla variedade de mídias, as impressoras AccurioWide permitem aplicações tradicionais desinalização, como banners e peças de pdv, e aplicações de nicho, como impressão direta em alumínio ou metal para produtos especiais.

Os equipamentos rodam com o AccurioPro WideDirector, software de fluxo de trabalho com ferramentas de gerenciamento de cores e pre-flight, para análise automática de trabalhos e sugestões para melhoria da qualidade das imagens. O aplicativo também oferece layout de trabalho com ferramentas de repetição e aninhamento de imagem para várias impressoras. O AccurioPro WideDirector também possui compatibilidade com o espectrofotômetro Konica Minolta FD-9 e com outros dispositivos de terceiros, para criação de perfis de cores. Em breve, o software também fornecerá suporte para os equipamentos Konica Minolta FD-5 e FD-7.

Dino Pagliarello, vice-presidente de gerenciamento de produtos da Konica Minolta, declarou: “As impressoras AccurioWide 160 e 200 são os primeiros produtos de grande formato da Konica Minolta. Eles representam nossas conquistas e conhecimentos contínuos com a tecnologia de imagem”.

Assista ao vídeo promocional da linha de impressoras AccurioWide:

Fonte: Konica Minolta



Benefícios da cura LED UV na impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2014

Pouca geração de calor e baixo consumo de energia elétrica são alguns dos benefícios do LED na cura de tintas UV

Pouca geração de calor e baixo consumo de energia elétrica são alguns dos benefícios do LED na cura de tintas UV

Na indústria de impressão digital, algo novo está sempre sendo apresentado. À medida que a tecnologia cresce, é importante que o conhecimento sobre ela também aumente. Por exemplo, você sabia que a tecnologia LED usada na cura de tintas UV consome 75% menos eletricidade que as lâmpadas tradicionais?

De acordo com a Hybrid Services, distribuidora britânica de equipamentos Mimaki, os clientes estão cada vez mais preocupados com os impactos ambientais. E também têm se esforçado para reduzir custos operacionais. Nesse caso, o uso da tecnologia LED UV pode trazer benefícios, tais como:

  • consumo menor de eletricidade (75% menos que sistemas tradicionais de impressão de cura UV);
  • geração mínima de calor;
  • durabilidade de 5.000 horas;
  • operação livre de ozônio;
  • menor geração (aproximadamente 75% menos) de CO2;
  • intensidade de emissão ajustável.

A Hybrid Services informa que a maioria das fabricantes de impressoras UV atualmente utilizam lâmpadas tradicionais "quentes". No entanto, há empresas, como a Mimaki, que são pioneiras em empregar LEDs de cura "fria".

Há milhares de impressoras Mimaki com LED UV operando no mundo. São máquinas capazes de imprimir diretamente em displays para PDV, produtos promocionais, painéis de membrana, sinalização, mídias rígidas, capas de telefone, canetas, chaveiros, vestuário, fine arts, vinis para envelopamento de carro, cartazes, papéis de parede, peças para decoração e uma série de outras aplicações.

A Hybrid Services informa ainda que a tecnologia LED paulatinamente tem se tornado mais eficaz e acessível, em comparação com as lâmpadas "quentes", e os benefícios dela têm ficado cada vez mais evidentes.

Fonte: led-uv.co.uk