Xerox lança impressora de grande formato IJP 2000

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/06/2013

IJP 2000: nova impressora digital da Xerox

IJP 2000: novidade da Xerox

A Xerox, fabricante de impressoras digitais, lança o IJP 2000, equipamento de grande formato de alta velocidade para produção de cartazes, banners, entre outros materiais de sinalização indoor.

"A IJP 2000 ultrapassa o que temos hoje em termos de velocidade de impressão. Desenvolvemos uma operação ininterrupta nesta impressora", comentou Dustin Graupman, vice-presidente de negócios da Xerox.

Entre as principais características da novidade, estão:

  • Velocidade de impressão: pode chegar a 420m2/h. Segundo a empresa, pequenas peças de sinalização podem ser impressas em cinco segundos;
  • Cabeças de impressão fixas: permitem que o substrato se mova sob cinco cabeças de impressão, em sistema "única passada";
  • Secagem instantânea da tinta: os substratos secam rapidamente, evitando danos às peças impressas;
  • Xerox FreeFlow VI Design Express: plug-in que simplifica a criação de materiais com dados variáveis. Também inclui templates e instruções;
  • Software de fluxo de trabalho Caldera GrandRip+: mantém o dispositivo funcionando na velocidade total durante o processamento dos trabalhos. Inclui ferramentas para manter a consistência de cores entre impressões.

Fonte: Xerox



Anunciada terceira geração de impressoras UV da swissQprint

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
Série é composta por cinco modelos

Série é composta por cinco modelos

A swissQprint anunciou a terceira geração de impressoras UV fabricadas pela empresa. Além de aprimoramentos em recursos de qualidade e estabilidade, as máquinas incluirão uma opção de sistema rolo a rolo capaz de estampar duas bobinas simultaneamente.

Segundo a empresa, os engenheiros da swissQprint criaram um sistema de controle completamente novo e redesenharam a arquitetura do dispositivo onde fica a cabeça de impressão. Várias adaptações mecânicas também foram incorporadas.

A nova geração é composta por cinco impressoras (todas com a mesma base): Nyala 3, Impala 3, Oryx 3, Nyala 3S (roda na velocidade máxima de 370m²/h) e Impala 3S (produz na velocidade de até 317m²/h).

Embora tenham sistema plano de alimentação de substratos, as cinco impressoras podem ser expandidas e receber o sistema rolo a rolo, que foi melhorado e possui um rolo espalhador que suaviza a mídia e, portanto, evita falhas.

Os clientes que já possuem impressoras swissQprint da segunda geração poderão se beneficiar do novo sistema rolo a rolo, que se adapta às máquinas da série antecessora.

Fonte: swissQprint



Designer usa Dibond para criar exposição de arte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/03/2019
Exposição foi sediada em museu britânico

Exposição foi sediada em museu britânico

O Museu de História Natural de Oxford, na Inglaterra, recebeu a exposição "Settlers: Genetics, geography and the peopling of Britain" ("Colonizadores: Genética, geografia e povoamento da Grã-Bretanha"), que ficou aberta ao público de 9 de fevereiro a 9 de setembro de 2018.

Para criar a comunicação visual da exposição, o museu, com projeto arquitetônico neogótico vitoriano, convidou o designer gráfico Ian Kirkpatrick, acostumado a criar imagens digitalmente e reproduzi-las em mídias como aço inoxidável, vinil, papelão ondulado, acrílico e Dibond, material composto de alumínio fabricado pela 3A Composites.

Para a exposição “Settlers”, Kirkpatrick escolheu diversas placa gráficas Dibond e criou uma série de seis painéis intitulada “De onde viemos? O que somos? Para onde estamos indo?”.

Dibond é um material composto por duas folhas pré-pintadas de alumínio. Ambas são ligadas a um núcleo de polietileno sólido. A mídia pode receber impressão digital direta e receber acabamento de routers.

Kirkpatrick passou quatro meses pesquisando, planejando e criando os seis painéis para a exposição que, de acordo com o museu, exploram as causas sociais e naturais por trás da migração humana, tanto nos tempos antigos quanto nos dias atuais.

Quatro grandes painéis, com 360cm × 150cm, foram montados para ilustrar uma cena panorâmica dentro dos arcos e colunas de pedra do primeiro andar do museu. Dois painéis menores, com 240cm × 86cm, foram montados para exibição em arcos de pedra próximos à exposição “Settlers”.

O birô Dock Street Signs utilizou uma impressora Durst Rho para estampar digitalmente as imagens nos painéis. Cada um dos seis painéis chegou como duas metades impressas que seriam unidas na instalação, um processo desafiador, pois o prédio histórico do museu deveria se manter intacto. Para não danificar os arcos de alvenaria com perfuração ou colagem, a gerência do museu criou peças de compensado cortadas à mão para dar suporte aos painéis de Dibond, que não ficaram em contato nenhuma superfície do próprio museu.

Fonte: WhatTheyThink