Xerox e Fotoba apresentam solução de impressão digital e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/04/2015

Fotoba FHS42 integra-se à impressora Xerox Wide Format IJP 2000 para formar solução única de grande formato

Fotoba FHS42 integra-se à impressora Xerox Wide Format IJP 2000 para formar solução única de grande formato

A Xerox, fabricante de impressoras, e a Fotoba, fabricante de equipamentos para acabamento, lançaram uma solução integrada que produz posters, banners e peças de sinalização a uma velocidade de 420m2/h. Trata-se de um equipamento que incorpora a cortadora Fotoba FHS42 e a impressora de grande formato Xerox IJP 2000.

A cortadora tem uma lâmina de corte horizontal e quatro verticais para possibilitar o acabamento total das peças impressas. O sistema lê marcas para alinhar e ajustar cortes com precisão de 1mm.

A Xerox fechou parceria com a Fotoba a fim de personalizar a cortadora, para que ela se ajustasse às especificações técnicas e produtivas da IJP 2000, incluindo a sincronização de alimentação de mídias, como películas revestidas, backlits e acetinadas.

Segundo a empresa, com a solução é possível produzir qualquer trabalho sem ter de estocar vários rolos, o que economiza tempo e dinheiro. As lâminas autoafiadas da cortadora também diminuem custos com manutenção.

Fonte: Xerox



Trotec lança máquina a laser SP2000

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/04/2017
SP2000 é equipamento de corte e gravação de grande formato

SP2000 é equipamento de corte e gravação de grande formato

A Trotec, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou a SP2000, máquina a laser de grande formato com área de trabalho de 1.680mm × 2.510mm. Com laser de CO2, o dispositivo é indicado para a produção de peças de sinalização e brindes de acrílico, madeira, tecidos, entre outros substratos.

A SP2000 é o modelo mais recente da série Trotec SP, que também inclui a SP3000, com área de trabalho de 2.200mm × 3.200mm.

Alexander Jauker, gerente de produto da Trotec, declarou: “Nossas máquinas de grande formato são acessíveis pelos quatro lados. Isso porque elas contam com um design aberto, o qual permite descarregar e carregar materiais durante a produção. Com estes equipamentos, os fornecedores de serviços de impressão e as empresas de sinalização que oferecem o corte de contorno de materiais impressos poderão expandir seus negócios”.

Segundo a empresa, o acabamento criativo de peças de sinalização e decoração confere vantagens competitivas e possibilita maiores margens de lucro. Uma chapa acrílica impressa ou uma folha de papel podem se tornar produtos altamente vendáveis por terem um acabamento melhorado. Para esse tipo de trabalho, recomenda-se o emprego de máquinas a laser.

Fonte: Trotec



Influência da temperatura na instalação de vinis adesivos

Por Eduardo Yamashita em 28/07/2015
Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Todo vinil adesivo sofre influência de temperatura. O frio extremo pode afetar o desempenho do filme de PVC e dificultar a instalação. Por outro lado, o calor extremo pode tornar o adesivo muito agressivo. Portanto, ao instalar imagens de vinil no Pará ou Rio Grande do Sul, em janeiro ou junho, é preciso enfrentar alguns desafios ambientais. Quais são os riscos? E como saber quando está muito frio para a instalação planejada?

Em ambientes muito frios

A baixa temperatura do ambiente ou da superfície reduz a plasticidade do filme de PVC, o que pode roubar sua capacidade de se conformar a uma superfície curva ou ligeiramente texturizada. No entanto, não haverá problema se a superfície de aplicação for lisa e plana. Em outras palavras, a elongação do filme de PVC diminui, deixando-o mais quebradiço.

Mas conformação é apenas parte do problema. O vinil mais conformável do mundo só vai ficar parado (adesivado) se o adesivo trabalhar. Em temperaturas abaixo da mínima, o adesivo torna-se tão frágil que não se molda à superfície. Se estiver perto da temperatura mínima da superfície, o filme pode aderir, mas não vai se relacionar bem o suficiente para tornar-se permanente. Isso poderia causar falha adesiva após a entrega ao cliente.

Qual a temperatura ideal para evitar o fracasso das aplicações? Depende. Cada vinil é diferente, mas em geral a temperatura mínima varia entre 4ºC e 7ºC para vinis cast e entre 8ºC e 10ºC para calandrados. Para ter certeza dos valores ideais, consulte sempre os dados publicados pelos fabricantes.

Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos
Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos

Intemperismo e armazenamento

Ao armazenar vinis em local separado do espaço de trabalho, é preciso adaptá-los à temperatura do ambiente antes da aplicação. Se estiver 22ºC em sua mesa e 3ºC na área de armazenamento, o vinil pode não estar pronto para o trabalho. Logo, será necessário aquecer a mídia para que fique entre 20ºC e 25ºC. Esse procedimento também é válido para fitas adesivas, filmes de laminação e outros materiais autoadesivos.

Entretanto, se o seu vinil está quente e será instalado em um veículo em uma garagem com a temperatura mais baixa, será necessário aquecer a superfície antes da instalação. A temperatura da superfície é tão importante quanto a do próprio vinil.

Lembre-se que, geralmente, leva alguns dias para o adesivo curar na superfície. Então, se você tem de instalar vinis em clima frio, faça-o em local climatizado. Além disso, tente organizar o ambiente para manter a superfície recém-decorada ou o veículo por alguns dias (mínimo de dois dias) descansando antes de liberá-lo para o cliente.

Agora você sabe que “depende” é a resposta para a questão “é quente o suficiente para instalar o vinil?”.

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos
Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos