Xeikon anuncia novas impressoras inkjet para rótulos e etiquetas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
Xeikon PX3000 possui largura de impressão de 330mm

Xeikon PX3000 possui largura de impressão de 330mm

A fabricante Xeikon expandiu a linha Xeikon Panther, composta por impressoras inkjet de rótulos e etiquetas. A série passou a contar com o modelo PX3000, disponível na largura de 330mm e nas configurações de 4 (CMYK) ou 5 cores (CMYK e branco). A série Xeikon Panther também inclui o modelo de entrada PX2000 (largura de 220mm).

Todas as máquinas da linha trabalham na velocidade de 50m/min e empregam tintas UV PantherCure. Capazes de reproduzir imagens com 600dpi, elas são indicadas para empresas que imprimem em substratos autoadesivos, como papel revestido, PP, PE, vinil, BOPP e PET.

As tintas PantherCure são patenteadas e curam por meio de uma combinação de luzes de lâmpadas de mercúrio e LED. Segundo a empresa, trata-se de uma tecnologia que oferece benefícios. Entre eles, cura mais consistente, menor consumo de energia, maior vida útil mais das fontes de cura e exposição de calor limitada ao substrato, o que permite imprimir emsubstratos sensíveis ao calor.

As tintas PantherCure oferecem resistência a luz, produtos químicos, água e arranhões, o que a torna indicada para etiquetas utilizadas nos mercados de bebidas, saúde, beleza, química industrial e produtos químicos domésticos e industriais. Além disso, oferecem acabamento tátil, com aparência 3D e brilho uniforme.

Filip Weymans, vice-presidente global de marketing da Xeikon, declarou: “Nosso objetivo é apresentar o portfólio mais abrangente de impressoras de etiquetas digitais da indústria. Além de oferecer serviços que ajudem nossos clientes a determinar qual a melhor solução para seus negócios. Nossa oferta também inclui fluxos de trabalho e acabamento, pois eles são cruciais para permitir um processo de produção totalmente integrada, no espírito da Indústria 4.0”.

O modelo de 5 cores da Xeikon PX3000 estará disponível a partir de março de 2018.

Fonte: Xeikon



EFI adquire fabricante de equipamentos têxteis Reggiani Macchine

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/07/2015

Além da Matan, EFI anunciou a compra de fabricante italiana de impressoras para estamparia têxtil

Além da Matan, EFI anunciou a compra de fabricante italiana de impressoras para estamparia têxtil

A EFI, fabricante de soluções para impressão, anunciou a aquisição da Reggiani Macchine, fabricante italiana de equipamentos para estamparia digital têxtil.

O portfólio inkjet da Reggiani, que passará a se chamar EFI Reggiani, abrange impressoras digitais que empregam tintas corantes, dispersas, ácidas, pigmentadas e reativas. Com mais de 60 anos, a empresa italiana possui clientes em mais de 120 países, servidos por uma ampla rede de distribuição e representantes em mais de 40 regiões. A força de trabalho da Reggiani tem aproximadamente 190 funcionários e será agregada à EFI.

Para adquirir todas as ações restantes da Reggiani, a EFI saldará a dívida da empresa (que soma cerca de 20,1 milhões de euros), pagará ex-acionistas (cerca de 27,4 milhões euros) e distribuirá entre os acionistas da fabricante italiana cerca de 27,4 milhões euros em ações da EFI, além de pagar até 50 milhões euros pelos próximos 30 meses, conforme as conquistas de receita e rentabilidade dos negócios da EFI Reggiani.

Guy Gecht, CEO da EFI, declarou: “Essa aquisição proporciona à EFI uma posição de liderança imediata em uma das maiores indústrias no mundo, que está passando pela transformação de impressão analógica para digital. O mercado de impressão têxtil está no começo das transições, o que permitirá aos fabricantes optarem pela fabricação sob demanda, e isso atende ao aumento nas produções de tiragens curtas e customizações”.

Ambrogio Caccia Dominioni, ex-acionista da Reggiani e futuro diretor geral da EFI Reggiani, declarou: “Os clientes da Reggiani reconhecem que a tecnologia inkjet é a mais importante para o futuro da indústria têxtil. Eu gostaria que nossa empresa fizesse parte da EFI não somente para nos unirmos à empresa líder mundial em tecnologia de jato de tinta industrial, mas também porque a EFI é líder em soluções de fluxo de trabalho para a indústria de impressão, além de ter uma plataforma de vendas e marketing muito maior em todo o mundo”.

Fonte: EFI



Durst Brasil tem novo diretor geral

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/04/2014

Viscom 2012 foi o palco de estreia da Durst Omega 2

Anunciado novo diretor geral da Durst Brasil

A filial brasileira da Durst, fabricante de impressoras digitais, anunciou o novo diretor geral da empresa, Ricardo Pi Martin Vieira, que substitui Flávio Hirata. O executivo também atuará como gerente de vendas para a região latino-americana.

Ricardo é pós-graduado em gerenciamento de negócios estratégicos e, entre outras qualificações, é coach profissional com foco no ambiente corporativo. O executivo tem 18 anos de experiência no segmento de impressão digital e seu último trabalho foi na Océ-Canon, onde atuou como gerente de vendas para a América Latina na divisão DGS.

Sobre o novo desafio, Ricardo comentou: "Chego à Durst em um momento extremamente importante, quando a companhia está lançando produtos e soluções. Essa mudança demonstra como a Durst está focada em investir em seus negócios na América Latina".

Fonte: Durst Brasil