Wasatch lança versão 7.4 do SoftRIP

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/11/2016
SoftRIP 7.4 vem com novas ferramentas e funções para fluxo de trabalho e garment printing

SoftRIP 7.4 vem com novas ferramentas e funções para fluxo de trabalho e garment printing

A Wasatch, desenvolvedora de softwares, anunciou a versão 7.4 do SoftRIP, aplicativo dedicado a impressão de grandes formatos. Uma das principais ferramentas do novo RIP é a Automation Option, que permite configurar a escala de produção em uma ou várias impressoras em uma pequena rede local ou pela internet.

A nova versão do SoftRIP também possui uma interface simplificada projetada para imprimir etiquetas. Funções dedicadas são encontradas na tela principal juntamente com as ferramentas de gerenciamento de cores.

Na nova edição do aplicativo, filas de impressão podem ser excluídas automaticamente. Todas as entradas podem ser limpas rotineiramente ao iniciar o SoftRIP através da configuração Management Tools. Além disso, as filas podem ser bloqueadas e protegidas por senha. Isso significa que os gerentes de produção podem manter de forma segura as filas do SoftRIP e manter ou excluir entradas conforme necessidade.

A Wasatch também adicionou ferramentas para gerenciar a impressão de tinta branca em roupas escuras. Trata-se de uma função especialmente desenvolvida para empresas que trabalham com equipamentos de impressão inkjet direta em vestuário. Com ela, os operadores podem gerar automaticamente tinta branca em arquivos que contêm transparência. Isso pode reduzir o tempo de preparação de arquivos e aumentar a confiabilidade da impressão.

A Wasatch afirma ainda que adicionou diversos novos drivers para impressoras como Mutoh 1938TX, Mimaki TS300P, MS JP3, Epson P10000 e P20000.

Fonte: Wasatch



Xaar amplia instalações fabris na Inglaterra

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/01/2014

A Xaar, fabricante de cabeças de impressão, alugou um terceiro prédio dentro do Cambridge Science Park, prestigiado aglomerado de indústrias de alta tecnologia localizado na Inglaterra. Com a nova unidade, o setor de pesquisa e desenvolvimento da empresa cresceu 50%, e atualmente conta com 48 mil metros quadrados e 130 funcionários.

E 2013, a empresa ampliou o seu leque de atuação e expandiu os negócios não apenas em setores consolidados (como o de comunicação visual), mas também em novas áreas (como a de cerâmica). De acordo com a fabricante, as vendas cresceram 78% no primeiro semestre de 2013 em relação ao mesmo período de 2012, e os lucros subiram 231%.

Em 2013, Xaar teve ótimo resultado de vendas e ampliou o departamento de P&D

Em 2013, Xaar teve ótimo resultado de vendas e ampliou o departamento de P&D

Recentemente, a empresa também passou por uma reestruturação, para manter-se em sincronia com as demandas dos novos e velhos mercados em que atua. Agora, a Xaar conta com a divisão Bulk Piezo Technology, especializada no desenvolvimento de novos produtos e aperfeiçoamento de tecnologias já disseminadas da empresa, e a divisão Thin Film Piezo Technology, cujo foco é criar produtos para novos mercados e aplicações.

Ramon Borrell, diretor de P&D da Xaar, declarou: "Temos uma enorme oportunidade de penetrar ainda mais em mercados grandes e bem estabelecidos. Nossa tecnologia está transformando uma série de setores".

Fonte: Xaar



Como escolher a resolução para a sua impressora digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/12/2012

resolução impressão

A escolha da resolução depende de fatores como a distância de visualização

Em dúvida sobre qual resolução usar na sua impressora? Então faça o seguinte: pergunte ao seu cliente onde o impresso será instalado e por quem e como ele será visualizado.

Se o impresso for visualizado a grandes distâncias, use resoluções menores. Isso porque, quanto mais o observador se afasta, mais dificuldade ele tem de enxergar os pequenos pontos que compõem a imagem. Ocorre uma ilusão óptica.

Já quando o impresso for visualizado a distâncias pequenas, use resoluções maiores, porque os observadores conseguem enxergar os detalhes da imagem.

Portanto, há uma relação inversamente proporcional: maior distância, menor resolução. Menor distância, maior resolução.

Sabendo disso, fica fácil aplicar a seguinte tabela:

Distância de visualização (metros) Resolução (dpi)
Mais de 15 75
Entre 3 a 15 Entre 150 e 300
Entre 1,5 a 3 Entre 360 e 720
Entre 0,5 a 1,5 Entre 720 a 1440
Menos que 0,5 Mais de 1440

Observação: ao escolher a resolução da sua impressora, também leve em consideração o gasto de tempo e de tinta. Existe uma relação diretamente proporcional: quando você opta por usar resoluções maiores, mais tempo e tinta você gastará para imprimir — o que vai encarecer o seu trabalho.

Por exemplo: um dada impressora trabalha na velocidade de 35m2/h, na resolução de 360 dpi, gastando 3ml/m2 de tinta. Se ela operar com 720dpi, gastará 5ml/m2 e vai imprimir na velocidade de 7,5m2/h (frisa-se que esse é apenas uma exemplo para fins didáticos).

O que é resolução de impressão

Segundo o "Guia Xaar para inkjet industrial", a resolução está relacionada com a precisão ou apuro visual de uma imagem. Ou seja, a habilidade de separar visualmente os objetos contidos numa imagem (e os seus limites). Para uma pessoa com acuidade visual média, isso significa distinguir uma par de objetos que compreendem um ângulo visual de 1 arco-minuto (1/60 de grau).

A resolução de impressoras digitais é medida em dpi (dots per inch — pontos por polegada). Se a resolução máxima de uma impressora é de 600dpi, isso quer dizer que ela imprime até 600 pontos (lado a lado) em uma polegada linear. Uma polegada equivale a 2,5cm.

Observação importante: não confundir resolução de impressão (medida em dpi) com resolução de dispositivos de visualização (como monitores), medida em ppi (pixel per inch — pixel por polegada).

Esse artigo é de autoria do InfoSign. Pulicado originalmente no dia 15 de dezembro de 2012.