Wasatch lança versão 7.2 do SoftRIP

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2015

Novas ferramentas do SoftRIP Version 7.2 permitem operações de pré-impressão mais rápidas

Novas ferramentas do SoftRIP Version 7.2 permitem operações de pré-impressão mais rápidas

A Wasatch, desenvolvedora de softwares, lançou a versão 7.2 do SoftRIP, aplicativo dedicado à impressão de grande formato.

As novas ferramentas da solução aumentam o controle e a qualidade da reprodução de imagens em tecidos e fine arts. Além disso, o software apresenta novos opcionais para Fotoba Marks, CHROMix Curve3 e calibração G7.

Segundo a empresa, também foram realizadas melhorias em ferramentas "Repeats" e nos controles usados para ajustar diferentes configurações de encolhimento dos tecidos.

Fine arts

O SoftRIP 7.2 inclui algoritmos de geração de cores e gradientes para produções de fine arts, por meio dos quais é possível obter imagens mais suaves e com maior qualidade. De acordo com a empresa, essa característica é particularmente interessante para sublimação em substratos rígidos.

G7 e Curve3

A Wasatch fez melhorias no uso da CHROMix Curve3 e do método de calibração G7. Segundo a empresa, ficou mais fácil obter a certificação G7 por meio do SoftRIP.

Marcas de corte e novos drivers

A ferramenta atualizada Fotoba Option dá mais controle em relação às marcas de controle e acabamento. O operador pode combinar as marcas a fim de melhorar o fluxo de trabalho e oferecer combinações adicionais ao imprimir marcas Fotoba.

A versão 7.2 do SoftRIP também inclui novos drivers de impressoras digitais recém-lançadas, como HP Latex 310/330/360, Mutoh VJ-426UF, HP Designjet Z6600/Z6800, DGI FD-1908, entre outras.

Fonte: My Print Resource



Roland DG Brasil inaugura o novo Creative Center

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2013

Em solenidade realizada no dia 12 de março, foi inaugurado, na sede da Roland DG Brasil, em Cotia, o novo Creative Center — um espaço dedicado a exibir aplicações executadas por meio das máquinas e soluções fabricadas pela empresa.

O objetivo do centro é apresentar (a empresários, técnicos e clientes) as potencialidades dos equipamentos, que não se limitam a trabalhar apenas com banners de lona e envelopamentos de vinis adesivos.

Novo Creative Center, da Roland, é repleto de produtos saídos de impressoras digitais

Novo Creative Center, da Roland, é repleto de produtos saídos de impressoras digitais

A ideia do espaço foi plantada em 2007, durante uma reunião, no Brasil, com executivos de várias subsidiárias internacionais da Roland. Na ocasião, o então presidente da Roland brasileira, Takao Shirahata, apresentou diversas aplicações incomuns, criativas e personalizadas desenvolvidas por birôs e gráficas digitais do país.

Tomando a ideia emprestada, os executivos da Roland italiana montaram o primeiro Creative Center do mundo. Bem-sucedida, a proposta espalhou-se entre as subsidiárias da fabricante japonesa, até ser colocada em prática no país que a inspirou, o Brasil.

Ambiente apresenta objetos personalizados para decoração e arquitetura

Ambiente apresenta objetos personalizados para decoração e arquitetura

Segundo Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, o Creative Center serve como referência não apenas para os clientes, mas também às revendas dos equipamentos da marca. "A ideia é reunir todas as aplicações que as máquinas conseguem fazer, mostrando como expandir negócios e abrir mercados", declara Clayton.

Na solenidade, também estiveram representantes de revendas Roland. Entre os presentes, estava Cláudio Gurgel, da Textos e Contextos, parceira da marca japonesa desde 1998. O executivo disse ter grande interesse em implantar, também, um espaço similar ao Creative Center no show room da empresa, a fim de expor materiais diferenciados aos seus clientes no Rio de Janeiro.

Envelopamentos e adesivação não podiam faltar ao Creative Center

Envelopamentos e adesivação não podiam faltar ao Creative Center

O espaço, atualmente, agrega as seguintes instalações e produtos:

  • Itens de vestuário (personalizados com sublimação);
  • Itens de vestuário (personalizados com sublimação);
  • Itens de decoração, como puffs, almofadas e adesivos de parede;
  • Brinquedos personalizados;
  • Quadros: reprodução de fotografias e obras de arte (fine arts);
  • Móveis: mesas e cadeiras customizadas;
  • Rótulos e etiquetas em garrafas e embalagens;
  • Artigos para festas;
  • Pisos decorados.

Fonte: Roland DG Brasil



Alltak lança vinil Ultra Fantasy Black

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/08/2017
Vinil apresenta acabamento especial com cristais coloridos

Vinil apresenta acabamento especial com cristais coloridos

A Alltak, fabricante nacional de películas adesivas, lançou o Ultra Fantasy Black, vinil com acabamento preto cintilante especial. O diferencial da mídia é que ela contém cristais coloridos que refletem luz de acordo com o ângulo de visão do observador.

Segundo a empresa, o Ultra Fantasy Black pode ser utilizado não só para envelopar veículos, mas também para decoração de objetos, eletrodomésticos, móveis, entre outras aplicações.

A película é composta por PVC calandrado polimérico 100 micra, liner de 150g/m2 e adesivo acrílico reposicionável.

Vendida em bobinas de 1,38m x 25 m, a mídia incorpora tecnologia Airflow anti bolhas e pode durar até 12 meses.

Fonte: Alltak