Vinil adesivo: conheça as superfícies onde ele pode ser aplicado

Por Eduardo Yamashita em 28/03/2014

Na comunicação visual, há muitos projetos confeccionados com vinis adesivos, que podem ser processados por meio de recorte eletrônico ou impressão (digital, serigrafia e flexografia). As imagens obtidas com essas mídias precisam ser aplicadas (instaladas) numa determinada superfície (ou substrato). Em relação a isso, a pergunta mais importante a fazer é: A imagem ficará adesivada na superfície?

Para isso, precisamos entender o conceito técnico e as características das superfícies. Com essas informações, é possível responder à pergunta sem errar. A classificação das superfícies pode estar relacionada ao tipo, à curvatura e ao acabamento.

Conheças as principais características das superfícies onde o vinil adesivo pode ser aplicado

Conheças as principais características das superfícies onde o vinil adesivo pode ser aplicado

Tipo de superfície

Nada mais é que o material de que é composta a superfície, como:

  • metal: ferro, aço e alumínio;
  • plástico: vinil (PVC), poliéster, polipropileno, polietileno e acrílico;
  • madeira: compensada, aglomerada, laminada e maciça;
  • alvenaria: concreto, argamassa e gesso.

Há também superfícies com revestimentos, uma vez que elas terão contato direto com o adesivo da película:

  • papel;
  • PVC/vinil;
  • pintura;
  • verniz;
  • melamínico.
Antes de realizar a aplicação, considere sempre o material de que é composta a superfície

Antes de realizar a aplicação, considere sempre o material de que é composta a superfície

Curvatura da superfície

São as "deformações" que a superfície apresenta:

  • plana: sem curva (não confundir com o termo "lisa"). Exemplo: uma parede "reta";
  • curva: pode ser dividida em:
  1. simples: curva com um único sentido. Exemplo: um tubo cilíndrico;
  2. composta: curva em dois ou mais sentidos. Exemplo: uma bola;
  • combinada: possui a conjugação das superfícies citadas anteriormente, e pode ser:
  1. corrugada: composição de superfícies planas. Exemplo: um caminhão baú corrugado;
  2. baixo-relevo: composição de superfícies planas, pode ter curvas simples (exemplo: canaleta de van) e/ou curvas compostas (exemplo: quina da canaleta de van, maçanetas e frisos de veículos).
Exemplo de superfície corrugada

Exemplo de superfície corrugada

Acabamento da superfície

Outro aspecto que o aplicador deve conhecer para fazer a instalação correta do vinil é o tipo de acabamento da superfície, que pode ser:

  • liso: sem irregularidade, totalmente regular, como se fosse polida;
  • poroso: apresenta uma desigualdade, é assimétrica, com "lacunas".
Exemplo de superfície porosa

Exemplo de superfície porosa

Classificação

É importante ressaltar que as classificações (tipo, curvatura e acabamento) são intercambiáveis, ou seja, há diversos tipos de superfícies combinadas. A figura abaixo ajuda a compreender melhor o conceito.

Classificação das superfícies

Classificação das superfícies

Após esse entendimento é possível julgar se a superfície responderá à expectativa de resultado em relação à imagem aplicada. Pode-se também definir quais são os tratamentos que as superfícies específicas devem receber, para atender aos requisitos de durabilidade do projeto. E importante: jamais esqueça as técnicas de aplicação para cada tipo de superfície.

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual



Hexis apresenta nova linha de vinis adesivos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/03/2013

Novos substratos da Hexis serão apresentados na ISA 2013

Novos substratos da Hexis serão apresentados na ISA 2013

A Hexis dos Estados Unidos está se preparando para apresentar novos vinis adesivos na feira ISA Sign Expo, que ocorre no mês de abril, em Las Vegas. Dentre as novidades, estão materiais com acabamentos texturizados da série HX30000, que incluem carbono e couro, por exemplo.

Além do lançamento oficial no evento, a marca deverá promover ações para apresentar suas películas e fazer demonstrações sobre o manuseio correto e as técnicas de aplicação dos materiais.

Fonte: Output Magazine



Spandex apresenta nova mídia têxtil para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2015

Substrato faz parte da linha ImagePerfect

Substrato faz parte da linha ImagePerfect

A Spandex, fornecedora europeia de substratos para comunicação visual, ampliou a série de mídias ImagePerfect ao adicionar mais um tecido para decoração de paredes.

De acordo com a empresa, a ImagePerfect Self-Adhesive Wall Textile é autoadesiva, opaca e resistente à água. Além disso, é compatível com tintas ecossolvente, solvente, UV e látex.

O tecido, similar a um papel de parede, é ideal para revestimentos e instalações indoor e outdoor. Pode também ser utilizado em pontos de venda, eventos, escritórios e outras aplicações na indústria têxtil.

A série ImagePerfect consiste de 160 mídias, como vinis adesivos, filmes para laminação, lonas, tecidos, papéis, entre outras.

Fonte:Spandex