Versão 5 do software Easy Cut Studio chega ao mercado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2020
Mecanismo de 64 bits é um dos diferenciais da nova versão do aplicativo para plotters

Mecanismo de 64 bits é um dos diferenciais da nova versão do aplicativo para plotters

A desenvolvedora EasyCut anunciou a versão 5 do Easy Cut Studio, software de corte e o design de sinalização. Além de suportar mais de 600 modelos de plotters, o aplicativo é compatível com o mais recente sistema operacional da Apple, o macOS 10.15 Catalina.

Segundo a empresa, o Easy Cut Studio 5 é o resultado de dois anos de desenvolvimento e pesquisa com dezenas de fabricantes de plotters de recorte e centenas de clientes no mundo todo.

Com recursos para criar e editar gráficos vetoriais, o software possui um mecanismo de 64 bits que aumenta a velocidade de produção. Além disso, o aplicativo conta com os seguintes recursos e características:

- Suporte para plotters GCC RXII, UKCutter SMURF, Cotek, FlyCut, Bridge, Bascocut, Vinyl Express GRC, ArtSign e EastSign;

- Opção “sensitivity” para USCutter TITAN3 ARMS;

- Opção TCP para plotter Janome;

- Exportar no formato PDF;

- Guidelines personalizadas;

- Cor personalizada para Cutting Mat;

- Funções adicionais para o Trace Image.

O Easy Cut Studio 5 roda em Windows XP/Vista/7/8/10 (32/64 bits) e macOS 10.10-10.15. Uma licença custa 59,95 dólares. Os clientes licenciados recebem suporte técnico gratuito e serviço gratuito de pós-venda.

Os atuais usuários do Easy Cut Studio 4 podem fazer gratuitamente o upgrade para a versão 5 do programa.

Fonte: EasyCut



Esko lança mesa de corte Kongsberg C Edge

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/04/2019
Principal característica da C Edge é seu sistema modular

Principal característica da C Edge é seu sistema modular

A fabricante Esko anunciou no mercado internacional o lançamento da Kongsberg C Edge, mesa de corte com design modular, que pode ser atualizado de acordo com as necessidades produtivas dos usuários.

Indicada para produção de embalagens e peças de sinalização, a máquina é capaz de rodar na velocidade de até 75m/min, com aceleração de 1G.

A máquina pode ser equipada com a adaptador “Fast Tool”, para reduzir as trocas manuais de ferramentas e diminuir o tempo de inatividade. Com duas ferramentas “Fast Tool”, a mesa pode render mais e melhorar a qualidade dos acabamentos, sobretudo em materiais de sinalização como vinis. A C Edge também está disponível com ou sem transportador.

Para os fabricantes de embalagens de papelão ondulado, a Edge C também pode ser equipada com uma unidade de força descendente de 50kg, para produzir vincos de alta qualidade com uma roda de vinco de 150mm.

A Edge C também pode empregar a CorruSpeed, ferramenta exclusiva para corte de papelão ondulado em altas velocidades e sem oscilações.

Fonte: Esko



Epson investirá 16 bilhões de ienes em novo centro de inovação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

A Epson, fabricante de impressoras digitais, investirá 16 bilhões de ienes (aproximadamente 142 milhões de dólares) para construir um novo edifício na cidade de Shiojiri, no Japão. Trata-se de um centro de inovações que abrigará um laboratório de teste de estamparia têxtil e uma fábrica para prototipagem e sistemas comerciais e industriais de impressão de grandes volumes.

Com área total de 37.650m², o centro terá três andares: o primeiro conterá a fábrica e o laboratório de teste, o segundo e o terceiro abrigarão uma série de escritórios.

O trabalho de construção está programado para começar em 2018. Já as operações deverão começar em torno de março de 2020.

Parte de um plano que visa a expansão no mercado de impressão digital, o novo edifício reforça a capacidade da Epson em pesquisa, desenvolvimento e produção de equipamentos para impressão comercial e industrial. A empresa também espera obter maior eficiência operacional, unindo departamentos relevantes em um mesmo local.

Segundo a empresa, a impressão digital comercial e industrial é uma área muito importante nos planos de médio e longo prazo da Epson. Já nos mercados de sinalização e estamparia têxtil digital, a marca está expandindo e atualizando suas linhas de impressoras.

Fonte: Epson