Top Value Fabrics apresenta tecidos para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/11/2014

Linha Dye Sub Performance Textile é indicada para empresas que trabalham com sublimação digital

Linha Dye Sub Performance Textile é indicada para empresas que trabalham com sublimação digital

A Top Value Fabrics, fornecedora de mídias, anunciou no mercado internacional a Dye Sub Performance Textiles, linha de tecidos para impressão digital sublimática. As mídias são indicadas para confecção de banners, displays, estandes, entre outras aplicações de sinalização e comunicação visual.

A série inclui substratos como Tri Poly, Triple White, Display Fabric, Heavy Knit e Ultra White Blockout, que estão disponíveis em larguras que vão de 60 a 120 polegadas.

Segundo a empresa, depois de impressos, os tecidos oferecem excelente consistência de cor, nitidez de imagem e ampla variedade de cores.

Jeff Nonte, gerente da Top Value Fabrics, declarou: "A Dye Sub Performance Textile estreou na feira SGIA 2014 e foi muito bem recebida. As mídias não possuem revestimento e foram desenvolvidas para impressoras sublimáticas. Esses tecidos são uma excelente opção para empresas que trabalham com aplicações de luxo".

Fonte: My Print Resource



Mimaki lança dispositivo para impressão de objetos cilíndricos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/12/2016
Kebab é ferramenta opcional para impressoras desktop da Mimaki

Kebab é ferramenta opcional para impressoras desktop da Mimaki

A Mimaki, fabricante de impressoras e plotters, anunciou no mercado internacional a Kebab, ferramenta opcional para os modelos UJF-3042 MkII e UJF-6042 MkII. Trata-se de um dispositivo com rolos rotativos que permite estampar objetos cilíndricos com diâmetros entre 10mm e 110mm, como garrafas de bebidas e frascos de cosméticos.

De acordo com a empresa, com o Kebab é possível abrir novos negócios e receitas em mercados como a indústria de cosméticos. Também pode-se atende à demanda de personalização de garrafas de vinhos distribuídas em eventos especiais.

Mike Horsten, gerente de marketing da Mimaki EMEA, declarou: “O Kebab permite a impressão direta de produtos cilíndricos. Isso possibilita, por exemplo, a personalização de garrafas para serem distribuídas em eventos especiais. Também é viável a impressão direta de garrafas de vinho. Estamos muito entusiasmados com as possibilidades que a Kebab oferece, e é por isso que estamos disponibilizando este dispositivo para nossa geração mais recente de impressoras”.

Fonte: Mimaki



Como escolher uma impressora para sublimação

Por João Leodonio em 22/12/2017
Saiba o que é melhor para o seu negócio: pequeno ou grande formato

Saiba o que é melhor para o seu negócio: pequeno ou grande formato

Qual é a melhor impressora sublimática para o meu negócio? Essa é uma das perguntas mais elementares para quem busca entrar no mercado de sublimação. No entanto, esse não deveria ser o primeiro questionamento. Antes, é fundamental conhecer a fundo o segmento (ver tópicos a seguir) no qual pretende-se atuar, além dos formatos que ele demanda.

Pequeno Formato

Atende principalmente os ramos de brindes e de pequenas tiragens, pois as impressoras são limitadas aos formatos A3 e A4, e a velocidade de impressão é baixa. É possível sublimar canecas, camisetas com estampas localizadas, chinelos, porta-copo, azulejos e vários tipos de brindes que utilizam impressão no formato máximo de 29,7cm x 42cm (A3).

Impressora para pequeno formato: recomenda-se um equipamento que atenda a demanda do seu público-alvo. Em relação à marca, o ideal é escolher uma que venda equipamentos que precisem de pouca manutenção. Escolha um pacote de perfil de cores e insumos que corresponda à qualidade esperada. Evite comprar pacotes que tenham impressora, prensas e outros equipamentos, pois pode haver um kit pronto com formatos e dispositivos que não atendam à demanda esperada.

Impressora de pequeno formato é indicada basicamente para brindes e produtos similares

Grande Formato

Atende um tipo de atividade mais voltada para a impressão total e tiragens maiores de peças com formatos menores. Equipamentos com larguras entre 1,10m e 1,80m atendem à sublimação total em camisetas e vestuário, além de painéis e banners de tecido.

Impressora de grande formato: depois de definir a largura e a velocidade, recomenda-se pesquisar e fazer muita conta, pois os valores de investimento são mais elevados. Opte pelo melhor pacote, que tenha boa relação entre preço, garantia, assistência técnica e insumos. Outra recomendação é fugir das marcas que não ofereçam reposição rápida de peças.

Impressora de grande formato atende ao segmento de vestuário e sinalização
Sobre o autor: João Leodonio atua no segmento gráfico há 10 anos, como gerente de produção e consultor. Tecnólogo em produção gráfica, atuou como palestrante pela Imprensa Oficial, de Angola, e como consultor de processos produtivos. É proprietário da Pari Transfer Sublimático