Tinta para impressora Roland Texart XT-640 está 25% mais barata

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/03/2017
Indicada para sublimação, tinta da Texart XT-640 está com preço mais acessível

Indicada para sublimação, tinta da Texart XT-640 está com preço mais acessível

A filial brasileira da Roland DG, fabricante japonesa de plotters e impressoras digitais, anunciou que a tinta original para equipamentos do modelo Texart XT-640 ficou 25% mais barata. O insumo está disponível em 4 cores (CMYK) e é fornecido em cartuchos de 1 litro.

A Texart XT-640 é uma impressora sublimática indicada para estampar uniformes esportivos, artigos de moda, peças de comunicação visual, decoração de interiores e propaganda. Com 1,6m de largura, a máquina oferece gerenciamento remoto, emprega sistema automático e inclui inteligente de limpeza, para trabalhar em resolução de até 1.440 dpi ou velocidade máxima de 102m2/h.

Segundo a empresa, clientes que desejam estampar cores especiaies (laranja, violeta e fluorescente), a impressora Texart XT-640 pode ser adquirida com as configurações de 7 ou 8 cores, em bags de 500 ml.

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, declarou: “Toda a linha caracteriza-se pelos resultados incríveis, secagem rápida e qualidade impressionante, com detalhes mais nítidos, para tecidos sublimados, peças de decoração e material de sinalização”.

Fonte: Roland DG Brasil



Mutoh anuncia edição especial do software FlexiSign & Print

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/12/2015
Programa tem novas ferramentas exclusivas para impressoras Mutoh

Programa tem novas ferramentas exclusivas para impressoras Mutoh

A filial norte-americana da Mutoh, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento da versão “Mutoh Edition” do FlexiSign & Print, software RIP especialmente desenvolvido para impressão digital e comunicação visual. O programa foi desenvolvido para acompanhar impressoras das linhas ValueJet Eco-Ultra e UV-LED.

Compatível com Microsoft Windows 7, 8 e 10, a versão especial do FlexiSign & Print para equipamentos Mutoh tem as seguintes novidades e ferramentas:

- Visualização e mudança de corte do vinil: permite aos usuários ver o padrão no qual os objetos do arquivo serão cortados e permite que sejam alterados manualmente. A ferramenta também otimiza automaticamente o ponto de partida de corte de cada objeto;

- Visualização animada de corte: por meio de uma prévia animada que mostra os movimentos de corte, os usuários poderão visualizar como as imagens serão cortadas;

- Ferramentas de acabamento de banners: prepara todos os aspectos do acabamento, como marcas de corte, dobras, sangrias, entre outros. Oferece também configurações automáticas para facilitar o processo;

- Ferramentas de nesting: com apenas um clique, é possível alinhar corretamente as imagens para melhor aproveitamento de mídias;

- Aprovação de arte: com essa ferramenta exclusiva, é possível enviar artes por meio de uma conta na SAi Cloud. O cliente que recebe o arquivo pode fazer anotações e aprovações com o uso de um web browser. Depois da apresentação das alterações, o birô pode prosseguir com o processo;

- Geração de QR e Data Matrix Code: uma série de códigos pode ser criada automaticamente com a ferramenta Auto Serialization, o que poupa tempo e garante precisão.

Fonte: Mutoh



Estudo aponta números do mercado de impressão digital e comunicação visual

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/04/2013

A IT Strategies, consultoria norte-americana, completou sua 19ª previsão sobre o mercado de impressão de grande formato. O estudo, realizado anualmente há quase duas décadas, mostrou que o mercado continua a crescer.

De acordo com a pesquisa, o segmento de impressoras digitais à base d’água ficou estável. Já as vendas de impressoras ecossolvente e látex cresceram cerca de 5% ao ano (com algumas marcas se destacando mais do que outras). E os modelos UV mantêm um crescimento na casa de um dígito.

Para os estudiosos do IT Strategies, esses números não representam um mercado em crise — eles são reflexos das inovações técnicas e produtivas pelas quais as impressoras têm passado. Isto é, os equipamentos estão ficando mais rápidos e eficientes, além de durarem mais. Antes, as máquinas tinham vida útil de quatro a cinco anos, mas agora elas chegam a durar entre sete e oito — o que faz com que os birôs e gráficas adiem a compra das próximas gerações de impressoras.

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

O estudo do IT Strategies também mostra números sobre tintas e substratos. Acredita-se que o aumento das mídias chegue aos 7% (ao ano) e o de tintas alcance os 8% (ao ano) até 2017.

Outro dado interessante apresentado pelo estudo foi que, no mundo todo, a soma de impressoras em grande formato vendidas ultrapassou os 39 bilhões de dólares em 2012 — o que representa uma parte ainda pequena dos 600 bilhões de dólares de equipamentos vendidos no mercado de impressão.

Observação: os números acima dizem respeito ao estudo global realizado pela IT Strategies, não refletindo necessariamente os números do mercado brasileiro.

Fonte: What They Think