Tendências da sublimação para 2019

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/02/2019
Especialista da Sawgrass aponta novas possibilidades para quem trabalho com sublimação

Especialista da Sawgrass aponta novas possibilidades para quem trabalho com sublimação

A sublimação continua em alta. É o que aponta Jimmy Lamb, especialista em sublimação da Sawgrass, fornecedora de produtos para impressão sublimática. Segundo Lamb, “em 2018, uma série de aplicações geraram enorme entusiasmo. Entre elas, a sublimação de tecidos de algodão, além de mídias sublimadas para ambientes externos e novos tipos de materiais para decoração interna”. O especialista aponta que as aplicações incipientes de 2018 serão grandes tendências para 2019. Conheca cada uma delas:

Sublimação em algodão

Em 2018, novos materiais e papéis de transferência possibilitaram a sublimação em tecidos de algodão. Lamb dá como exemplo as mídias da PrintLAT e da Forever e a solução Virtuoso Print Manager. Há também novas opções de mídias para estampar tecidos escuros de algodão. São opções de transferência que abrem novos negócios e abrem oportunidades para aumentar as vendas em 2019.

Aplicações em ambientes externos

Em 2018, o especialista da Sawgrass aponta que houve um aumento na oferta de tintas sublimáticas mais resistentes aos efeitos da luz UV. O uso desses materiais possibilitou o aumento das aplicações de sinalização em eventos ao ar livre, instalações em jardims, placas e decorações de quintal, instalações de arte e cartazes domésticos.

Bebidas

Aplicação pouqquíssima explorada no Brasil, a sublimação em receinpientes para bebidas tornou-se incrivelmente popular em países como os EUA. Uma razão para isso é a demanda por copos duplos isolados a vácuo, que mantêm as bebidas quentes e frias por horas. O especislita da Sawgrass também aponta novos tipos de drinkware personalizados, como canecas de cerveja, copos de shot e taças de vinho revestidos. Essa diversidade de produtos para bebidas abre possibilidades criativas para nivchos como cervejarias artesanais e restaurantes temáticos.

Decoração sublimada

Muitos produtos sublimados podem transformar os ambientes domésticos. Com a sublimação, é possível estampar cobertores, travesseiros, fronhas, tapetes, toalhas, cabides e muitos outros itens que as pessoas usam em casa ou podem dar de presente. Trata-se de um nicho que demanda personalização, um trabalho de mais valor agregado e preços mais altos.

Fonte: Sawgrass



Como é a adesivação dos carros Renault de Fórmula 1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/05/2018
Equipe Renault tem um estúdio especial para produzir adesivos para seus veículos

Equipe Renault tem um estúdio especial para produzir adesivos para seus veículos

Em fevereiro, a equipe Renault revelou seu carro para a temporada 2018 da Fórmula 1: um bólido com design preto e amarelo e vários gráficos, marcas e logos impressos. Para essa composição, a montadora francesa usou (e usa) adesivos estampados e recortados por uma impressora Roland TrueVIS VG-640 e uma plotter Roland CAMM-1 GX, equipamentos instalados num centro técnico sediado em Enstone, na Inglaterra, onde os carros de corrida são projetados e fabricados.

Os carros da Renault, que competirão em 21 Grands Prix, serão exibidos por mais de 400 milhões de telespectadores. É uma exposição enorme, em que as marcas desempenham um papel essencial nos programas de patrocínio. Portanto, é preciso o máximo de zelo na reprodução delas. Se algum adesivo ficar avariado, a equipe deve substitui-lo imediatamente. Por isso, os carros sempre viajam com vários conjuntos de adesivos.

Joe McNamara, chefe de pintura e gráficos da equipe Renault de Fórmula 1, explicou: “A equipe sempre carrega 30 versões de cada adesivo. Isso equivale a cerca de 1.400 adesivos para cada corrida, e 80% deles são relacionados ao patrocinador. Então, eles precisam ser substituídos com precisão absoluta”.

Embora a equipe tenha suas próprias ferramentas, ela conta com o apoio dos usuários da Roland em todo o mundo, que podem imprimir os adesivos dos carros com rapidez e precisão, se necessário.

Além de impressora e plotter, o estúdio da Renault possui quatro fresadoras Roland MDX-540, para fabricar núcleos de espuma para algumas peças de carros que exigem esse material.

Fonte: Roland DG



Esko lança ferramenta para corte em papelão ondulado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
CorruSpeed melhora a qualidade do corte e a velocidade do acabamento

CorruSpeed melhora a qualidade do corte e a velocidade do acabamento

A Esko, fabricante de equipamentos para acabamento digital, lançou a CorruSpeed, ferramenta para mesas de corte Kongsberg das séries C, X, XP e XE. Segundo a empresa, com o novo dispositivo é possível obter cortes mais limpos e precisos em papelão ondulado.

A CorruSpeed possui uma base flutuante com pressão ajustável que permite cortar uma grande variedade de tipos de papelões ondulados com até 7mm de espessura. A ferramenta também permite produzir trabalhos podem em alta velocidade, o que melhora a produtividade do acabamento. Outro diferencial é um indicador lateral ou superior, que aponta claramente o nível de pressão aplicada.

Ainda de acordo com a fabricante, empresas dos segmentos de embalagens e sinalização têm dificuldade em produzir cortes digitais de papelão ondulado, pois geralmente eles deixam rebarbas nas mídias, o que prejudica a qualidade do produto final. No entanto, com a CorruSpeed, esse problema pode ser eliminado, pois ela produz cortes suaves, com linhas que impedem a degradação do liner.

Knut Johansen, gerente de produto da Esko, declarou: “A experiência com essa nova ferramenta de corte demonstrou tanto melhor na qualidade de corte quanto aumento de economia de tempo, mesmo com papelões ondulados com alto nível de conteúdo reciclado”.

Fonte: Esko