swissQprint apresenta nova impressora UV Oryx LED

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
Oryx LED possui mesa de impressão de 2,5m x 2m

Oryx LED possui mesa de impressão de 2,5m x 2m

A fabricante swissQprint anunciou no mercado internacional a Oryx LED, impressora UV que estará disponível a partir de novembro de 2017.

Com novos refinamentos mecânicos, a impressora pode imprimir mídias diversas a uma velocidade de até 65m2/h, em uma mesa 2,5m x 2m.

As impressoras swissQprint são adaptáveis e expansíveis. Cada máquina é construída de acordo com os requisitos do cliente e pode ter opcionais acrescentados posteriormente, como uma nova configuração de tinta (até nove canais de cores) ou uma nova configuração de sistema de alimentação de substratos (opção rolo a rolo, opção de mídias rígidas com até 4m de comprimento e até um robô de carregamento de materiais).

A empresa tem outros dois modelos de impressoras LED: a Impala tem as mesmas dimensões da Oryx, mas produz a 180m2/h. Já a Nyala roda a 206m2/h e tem mesa de 3,2m x 2m.

Segundo a empresa, a tecnologia LED amplia o alcance das aplicações, é altamente econômica e deixa uma pequena pegada ambiental. Portanto, a cura LED prevalecerá sobre as demais.

Maurus Zeller, gerente de produto da swissQprint, declarou: “Desde o lançamento da Impala LED e da Nyala LED, percebemos que a maioria dos clientes prefere a solução LED em vez das lâmpadas de vapor de mercúrio”.

Fonte: swissQprint



Top Value anuncia novo tecido DigiPanorama

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/12/2016
DigiPanorama é indicado para impressoras digitais látex

DigiPanorama é indicado para impressoras digitais látex

A Top Value, fornecedora norte-americana de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional o lançamento do DigiPanorama, tecido especialmente desenvolvido para impressoras digitais látex.

Segundo a empresa, o tecido apresenta um exclusivo revestimento superficial que melhora a qualidade das imagens impressas com tinta látex.

O DigiPanorama foi otimizado para uso em impressoras de tecnologia HP Latex. A mídia, que é uma espécie de malha de poliéster, também atende às especificações NFPA 701 FR.

Mike Compton, gerente de marketing da Top Value Fabrics, declarou: “Este tecido é resultado dos inúmeros pedidos dos clientes por tecidos específicos para impressão de látex. A impressão látex está crescendo em popularidade, e a demanda continuará a crescer à medida que a tecnologia continua a evoluir”.

Fonte: Top Value



Kornit apresenta nova impressora têxtil industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/07/2016
Vulcan pode estampar 250 peças por hora

Vulcan pode estampar 250 peças por hora

A fabricante Kornit lançará oficialmente a Vulcan, impressora digital para estamparia têxtil, entre os dias 11 e 29 de julho, em sua fábrica nos EUA, durante um open house dedicado a clientes interessados em customizações em massa executadas por equipamentos direct-to-garment (DTG).

O protótipo da Vulcan foi apresentado aos visitantes da feira ITMA 2015. Depois de receber aperfeiçoamentos, a máquina passará a ser comercializada a partir do terceiro trimestre de 2016.

Segundo a empresa, a Vulcan é capaz de produzir 250 peças por hora (roupas claras ou escuras) e de rivalizar com a serigrafia em produções de médios e grandes volumes, pois opera em alta velocidade em função de suas 60 cabeças de impressão com sistema de recirculação de tinta.

Com configuração de seis cores e branco, a máquina emprega o processo patenteado NeoPigment e tintas originais à base d’água, que podem estampar em uma variedade de fibras naturais, sintéticas e mistas. Os insumos serão vendidos em garrafas de 4 litros. Após a impressão, as peças de vestuário são curadas com um secador de ar quente.

Também de acordo com a Kornit, a Vulcan, quando comparada a outros sistemas da própria Kornit, pode reduzir o custo por impressão em até 40%. Além disso, atende trabalhos com peças de várias dimensões, mas com tamanho máximo de 70cm x 100cm. Ela também possui um método novo de transporte de vestuário para o processo de impressão.

Rich Thompson, diretor de marketing da Kornit, declarou: “Trabalhamos continuamente para melhorar o ponto de equilíbrio entre os métodos de impressão analógicos e digitais. Com custo de consumo de tinta drasticamente reduzido, a Vulcan compete com carrosséis serigráficos, não apenas em pequenas tiragens, mas também para médias e grandes. Além disso, ela possibilita a confecção de peças de qualidade, com impressões fotorrealistas e dados variáveis. Em essência, a Vulcan é uma tecnologia inovadora na qual estamparias e serigrafias deveriam se interessar”.

Fonte: Kornit