Sun Chemical exibirá nova geração de tintas digitais na Fespa 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/02/2016
Novidades, as séries SunTex e Aquacure serão mostradas em primeira mão em feira internacional

Novidades, as séries SunTex e Aquacure serão mostradas em primeira mão em feira internacional

A SunJet, divisão da Sun Chemical especializada em tintas para impressoras de grande formato, estará presente na Fespa 2016, feira que ocorre de 8 a 11 de março, em Amsterdã, Holanda. Durante o evento, a empresa lançará a Aquacure, nova geração de tinta digital que combina tecnologias UV e à base d’água. Trata-se de um insumo aquoso capaz de aderir a uma ampla gama de substratos, além de apresentar baixo odor e uma série de benefícios ambientais.

A SunTex será outra linha para grandes formatos apresentada em primeira mão na Fespa 2016. Segundo a empresa, a série é composta por dois tipos de tintas (sublimático e disperso) desenvolvidas especificamente para aplicações têxteis. A sublimática é indicada para aplicações com papéis transfer que demandam a aplicação de uma película de tinta altamente resistente. O insumo do tipo disperso emprega corantes e é indicado para impressão direta de bandeiras e banners em que a mesma imagem tem de ser reproduzida em ambos os lados do material.

Para a Fespa 2016, a Sun Chemical também levará a Streamline, linha de tintas à base de solvente compatíveis composta pelas ESL2 (de baixo odor), TBJ (para HP TurboJet) e SGX (para cabeças Epson).

Fonte: Sun Chemical



Ricoh adquire AnaJet

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/01/2016
Equipamentos de impressão direta em camisetas da Anajet passarão a ser fabricados sob a marca da Ricoh

Equipamentos de impressão direta em camisetas da Anajet passarão a ser fabricados sob a marca da Ricoh

A Ricoh, indústria japonesa de eletrônicos, anunciou a compra da AnaJet, fabricante norte-americana de impressoras DTG (direct-to-garment).

Segundo a Ricoh, a aquisição faz parte de sua estratégia para reforçar negócios no mercado de tecnologia inkjet, além de oferecer a seus clientes novas soluções e ideias. A AnaJet se tornará uma subsidiária da Ricoh Printing Systems America Inc.

Fundada em 2006, a AnaJet foi uma das primeiras empresas do mundo a produzir impressoras DTG em massa. Hoje, está entre as principais fornecedoras do segmento. A maioria dos produtos disponíveis atualmente pela AnaJet empregam cabeças de impressão inkjet fabricadas pela Ricoh.

Até então, a Ricoh tem dado ênfase à fabricação de impressoras a jato de tinta para escritórios e similares. Ao adicionar o portfólio da AnaJet, a empresa japonesa ampliará sua atuação no segmento inkjet industrial.

Junichi Matsuno, gerente geral da divisão inkjet da Ricoh, declarou: “Nossos clientes poderão se beneficiar de uma equipe de apoio maior, além de ter acesso a um portfólio de soluções para ajudá-los a crescer. A AnaJet já possui uma reputação comprovada como líder no segmento de impressão DTG e, como tal, é uma grande adição ao amplo portfólio da Ricoh”.

A AnaJet continuará a operar pela mesma equipe e sob o mesmo nome. Atualmente, a empresa emprega mais de 50 profissionais e possui sede em Costa Mesa, na Califórnia, EUA.

Fonte: Ricoh



Global Inkjet Systems lança placa gerenciadora de impressão USB 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

A Global Inkjet Systems (GIS), desenvolvedora de drivers e peças eletrônicas para cabeças de impressão, acrescentou a tecnologia USB 3.0 à sua família de placas gerenciadoras de impressão (Print Manager Boards, PMB). Com isso, a empresa passa a produzir e vender a nova PMB-C8-3.

Segundo a companhia, o novo dispositivo aumenta a taxa de transferência de dados para mais de 2.700Mb/s, permitindo o gerenciamento de um número maior de cabeças de impressão, o que reduz a quantidade de conexões no sistema de produção.

A nova PMB-C8-3 é também compatível com USB 2.0 e não substitui outros produtos da empresa. Mas a fabricante espera que ela seja mais utilizada em sistemas que empregam cabeças de alta resolução e alta velocidade, como a Kyocera KJ4, a Konica Minolta 1800i e a Ricoh Gen 5.

Nick Geddes, CEO da GIS, comenta: "As impressoras, principalmente as de única passada, têm empregado um número cada vez maior de cabeças, para proporcionar mais velocidade e resolução. Por isso, estamos sempre procurando melhorar todo o sistema. Ao adotar a tecnologia USB 3.0, estamos aumentando a confiabilidade das impressoras e dando início à próxima geração dessa tecnologia".

Fonte: Global Inkjet Systems