Summa lança o fluxo de trabalho Twin

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/11/2017
Twin ajuda a escolher o equipamento mais apropriado para cada tipo de trabalho

Twin ajuda a escolher o equipamento mais apropriado para cada tipo de trabalho

A Summa, fabricante de equipamentos para corte e acabamento, anunciou o Twin, fluxo de trabalho desenvolvido para aumentar a produtividade dos equipamentos da marca.

Segundo a empresa, com o Twin é possível decidir se, depois de impresso, o material será cortado em uma mesa Summa da série F ou da série S Class 2. Além disso, o fluxo de trabalho permite usar os mesmos dados de corte nos dois tipos de máquinas. Portanto, o Twin garante que o tipo de máquina mais apropriado seja usado para cada trabalho.

Para aumentar a facilidade de utilização, ambos os equipamentos podem ler códigos de barras Summa Postnet.

Assista ao vídeo do Twin (em inglês):

Fonte: Summa



Influência da temperatura na instalação de vinis adesivos

Por Eduardo Yamashita em 28/07/2015
Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Todo vinil adesivo sofre influência de temperatura. O frio extremo pode afetar o desempenho do filme de PVC e dificultar a instalação. Por outro lado, o calor extremo pode tornar o adesivo muito agressivo. Portanto, ao instalar imagens de vinil no Pará ou Rio Grande do Sul, em janeiro ou junho, é preciso enfrentar alguns desafios ambientais. Quais são os riscos? E como saber quando está muito frio para a instalação planejada?

Em ambientes muito frios

A baixa temperatura do ambiente ou da superfície reduz a plasticidade do filme de PVC, o que pode roubar sua capacidade de se conformar a uma superfície curva ou ligeiramente texturizada. No entanto, não haverá problema se a superfície de aplicação for lisa e plana. Em outras palavras, a elongação do filme de PVC diminui, deixando-o mais quebradiço.

Mas conformação é apenas parte do problema. O vinil mais conformável do mundo só vai ficar parado (adesivado) se o adesivo trabalhar. Em temperaturas abaixo da mínima, o adesivo torna-se tão frágil que não se molda à superfície. Se estiver perto da temperatura mínima da superfície, o filme pode aderir, mas não vai se relacionar bem o suficiente para tornar-se permanente. Isso poderia causar falha adesiva após a entrega ao cliente.

Qual a temperatura ideal para evitar o fracasso das aplicações? Depende. Cada vinil é diferente, mas em geral a temperatura mínima varia entre 4ºC e 7ºC para vinis cast e entre 8ºC e 10ºC para calandrados. Para ter certeza dos valores ideais, consulte sempre os dados publicados pelos fabricantes.

Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos
Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos

Intemperismo e armazenamento

Ao armazenar vinis em local separado do espaço de trabalho, é preciso adaptá-los à temperatura do ambiente antes da aplicação. Se estiver 22ºC em sua mesa e 3ºC na área de armazenamento, o vinil pode não estar pronto para o trabalho. Logo, será necessário aquecer a mídia para que fique entre 20ºC e 25ºC. Esse procedimento também é válido para fitas adesivas, filmes de laminação e outros materiais autoadesivos.

Entretanto, se o seu vinil está quente e será instalado em um veículo em uma garagem com a temperatura mais baixa, será necessário aquecer a superfície antes da instalação. A temperatura da superfície é tão importante quanto a do próprio vinil.

Lembre-se que, geralmente, leva alguns dias para o adesivo curar na superfície. Então, se você tem de instalar vinis em clima frio, faça-o em local climatizado. Além disso, tente organizar o ambiente para manter a superfície recém-decorada ou o veículo por alguns dias (mínimo de dois dias) descansando antes de liberá-lo para o cliente.

Agora você sabe que “depende” é a resposta para a questão “é quente o suficiente para instalar o vinil?”.

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos
Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos



Condé lança skin de vinil personalizável para iPhone 4/4S

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/04/2016
Película de vinil confere aspecto exclusivo a dispositivos móveis

Película de vinil confere aspecto exclusivo a dispositivos móveis

A Condé Systems, fornecedora de mídias, anunciou nos EUA a SubliWrap Vinyl Skin, película empregada para envelopar dispositivos iPhone 4/4S. Trata-se de um tipo de capa pré-marcada usada para personalizar laterais e a parte de frente e de trás do smartphone. De vinil, a mídia pode ser personalizada com fotos, textos e artes para conferir um aspecto novo e exclusivo a qualquer iPhone 4/4S.

O SubliWrap Vinyl Skin apresenta um adesivo que pode ser aplicado e removido muitas vezes, sem deixar resíduos. A empresa afirma que os recortes da película são precisos e não interferem nas entradas para carregador, USB e fone de ouvido.

A mídia é a mais recente adição à grande variedade de produtos da Condé, indicados para personalizar diversos tipos de dispositivos eletrônicos, como celulares, laptops, netbooks e e-readers.

Fonte: Condé