Software da ColorGate passa a suportar novos modelos de espectrofotômetros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/12/2018
Entre os novos dispositivos suportados estão equipamentos da X-Rite e da Konica Minolta

Entre os novos dispositivos suportados estão equipamentos da X-Rite e da Konica Minolta

A desenvolvedora Colorgate anunciou que o software Productionserver passou a suportar os espectrofotômetros X-Rite Ci6X, Techkon SpectroDens, Color Sentinel Systems CSS110 e Konica Minolta FD-5, FD-7 e FD-9.

Os espectrofotômetros dispositivos de medição para gerenciamento de cores e criação de perfis, em aplicações de para embalagens, decoração, estamparia digital têxtil e impressão em metais, por exemplo.

Depois de criados os perfis de cor, eles permanecerão armazenados no software da Colorgate e garantirão a melhor transformação de cores possível dos trabalhos de impressão. As variações de cor podem ser detectadas com a tecnologia de medição adequada e corrigidas pela recalibração.

Um dispositivo de medição especializado, por exemplo, é o espectrofotômetro de esfera, que pode fornecer medições de refletância de duas maneiras: especulares incluídas (SPIN) e especulares excluídas (SPEX). Ele pode ser usado para medir amostras transparentes e translúcidas, amostras fluorescentes e cor e aparência separadamente.

Fonte: ColorGate



Graphtec atualiza suas opções de software de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/01/2019
Aplicativos acompanham os novos equipamentos de corte da Graphtec

Aplicativos acompanham os novos equipamentos de corte da Graphtec

A Graphtec, fornecedora de soluções de corte acabamento, passou a oferecer dois novos softwares da própria marca, o Pro Studio e o Pro Studio Plus.

Baseados no FlexiSign, desenvolvido pela SAi, os softwares da Graphtec acompanham as plotters de recorte da marca e oferecem compatibilidade com mais de 30 formatos de arquivo, como AI, CMX, EPS e DXF.

Os aplicativos oferecem ferramentas avançadas, como edição de formas, rastreamento automático e soldagem combinada. Os principais recursos incluem criação automática de marcas de registro, criação de várias cópias do mesmo objeto, adição de linhas de corte, atribuição de ferramentas e configurações de operação (força e velocidade de corte).

O Pro Studio também suporta a versão 6 do sistema ARMS (Automatic Registration Mark Sensing) da Graphtec, usado para alinhar os materiais e aumentar a precisão dos cortes. Já o Pro Studio PLUS oferece funções adicionais para aumentar a produtividade. Isso inclui a capacidade de transformar gráficos, ativar códigos de barras, criar códigos QR, entre outras funções.

A Graphtec também está fornecendo o Cutting Master 4 como opção plug-in para Adobe Illustrator, CorelDraw e EnRoute V6 (com funções 2D e 3D).

Fonte: Graphtec



Três motivos para usar sinalização digital interativa

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2019
Tecnologias causam impacto e envolvimento

Tecnologias causam impacto e envolvimento

Não está convencido(a) se a sinalização digital interativa serve para os seus negócios? Aqui vão três razões pelas quais a tecnologia está se tornando cada vez mais obrigatória em ações de divulgação de marcas, produtos e serviços:

Engajamento

O que pode causar mais engajamento? Uma tela com um slogan estático ou uma tela que oferece opções de conteúdos interativos? Certamente é a segunda opção. É bem óbvio que estamos mais propensos a abordar um quiosque interativo do que uma sinalização estática (mesmo veiculada numa tela digital).

Com o marketing interativo, as empresas podem aumentar a notoriedade de suas marcas e a fidelidade do cliente. No varejo, usar anúncios de sinalização digital interativos aumenta a probabilidade de um cliente consumir. De fato, muitos profissionais de marketing descobriram que o conteúdo interativo é mais eficiente na conversão de visitantes. Assim, em vez de exibir uma foto ou um vídeo de produtos, ofereça maneiras pelas quais seus clientes interajam com os produtos.

Atenção

O que chama mais atenção? Uma tela com um slogan estático ou uma tela que oferece opções de conteúdos interativos? Mais uma vez, é a segunda opção! Isso porque a sinalização digital é inerentemente mais memorável do que a sinalização tradicional. A publicidade interativa consegue manter a atenção do consumidor. Por isso, ele vai se lembrar do conteúdo veiculado por mais tempo.

Hoje, em média, uma pessoa é bombardeada com o equivalente a 174 jornais de dados todos os dias. Isso é muita informação distrativa. Na realidade, a pessoa média retém apenas cerca de 10% dessas informações em apenas três dias depois de absorvê-las. A sinalização digital interativa aumenta a probabilidade de que seu conteúdo esteja entre os 174 jornais de informações que absorvemos diariamente.

Impacto

Atualmente, os consumidores estão procurando interações significativas em um mar de constantes distrações. É aí que entra a sinalização digital interativa.

O conteúdo interativo facilita a coleta de métricas impactantes (quantas pessoas estão interagindo, com o que estão interagindo, por quanto tempo e para onde estão indo), que ajudam os profissionais de marketing a tomar decisões com base em dados.

É importante considerar cuidadosamente o conteúdo que funciona melhor, tanto para a estratégia digital e quanto para os clientes. Se a sinalização digital interativa soa como uma boa opção para ambos, então ela pode ser algo realmente impactante!

Fonte: DigitalSignageToday